Vaivém: A difícil equação do mercado feminino no Brasil



O fim do patrocínio da Amil ao time de Campinas “bagunçou” o mercado no Brasil, principalmente para jogadoras com mais pontos no ranking da CBV.

Algumas já haviam até recebido propostas do time do interior paulista. E ficaram a ver navios. Outras, que nem estavam nos planos do Vôlei Amil, também foram afetadas. Explica-se: com menos times capazes de pagar salários top, jogadoras tornam-se “reféns” (não interpretem ao pé da letra). Lei do mercado. Você recebe uma proposta mais baixa do que imaginava. Se não aceitar, o exterior passa a ser o destino. Muitas vezes, o único.

Uma equação difícil de fechar: grana + ranking polêmico com – vagas em times grandes = nó no mercado.

Vou citar o caso em particular aqui: Fabiana.

A central do Sesi foi um dos destaques da Superliga. Talvez esteja até no melhor momento da carreira. E assim valorizada após vencer o Sul-Americano e ser finalista do torneio nacional. Consequentemente, abriu o olho dos dois rivais do Sesi: Unilever e Molico/Osasco. Eu não me surpreenderei com ela em nenhum destes times citados.

O time carioca tem “espaço” para jogadoras com pontuação máxima no ranking. Mas vale lembrar que ela já saiu da Unilever e foi parar no adversário, quando se imaginava que ela sairia do Brasil. Já o paulista, sem espaço para 7´s no elenco, teria uma opção: se desfazer de Thaisa, mantendo Sheilla. E aí vem a outra pergunta: Thaisa então ficaria entre Unilever x Sesi? Ou teria de seguir para Turquia, Rússia ou Itália?

Este quebra-cabeças complicado, com poucos participantes, só vai ser mais claro após o Mundial de Clubes, já que várias as personagens principais estarão presentes na Suíça.

 

 

 



  • Alan

    Thaísa já renovou com o Osasco. O site da Globo.com já informou isso. Sheilla, com a graça de Deus, já saiu do Osasco. Não sentirei falta.

  • Rodrigo Coimbra

    Thaisa, Adenizia e Camila Brait já renovaram…

  • Mister Volei

    Não há quebra cabeça nesse cenário. A finalidade desse ranking acabou sendo alterada, o que era inicialmente para equilibrar os times acabou por limitar as escolhas das jogadoras e de certa forma “punindo” as jogadores por elas serem “as melhores”, vejam só o absurdo que acontece as jogadoras estão sendo prejudicas por jogarem bem e se destacarem.Então de certa forma ficará assim o mercado: Thaísa e Dani Lins no Osasco, Sheila e Fernanda Garay na Turquia, Tandara no Praia Clube, Fabiana podendo escolher entre Sesi e Rio de Janeiro, Jaqueline talvez consiga a vaga de Dani Lins no Sesi. Agora quem está em pior situação é Natália pois se Fabiana ficar no Sesi o mercado se fecha para ela no Brasil pois acredito que o Rio de Janeiro não vai aceita-la de volta depois dela ter abandonado o time para ir para o Campinas. Resumindo o cenário é esse.

    • Mister Volei

      Simplesmente não acredito no que aconteceu!Natália não está jogando nada, abandonou o Rio de Janeiro Pelo Campinas e ainda assim o Rio de Janeiro a quis de volta. Isso serve para mostrar que muita das vezes nós torcedores ficamos mais indignados com certas situações que ocorrem nos clubes dos que os próprios clubes, assim devemos rever se toda essa torcida e devoção a um clube tanto de vôlei quanto de futebol se vale mesmo a pena!

  • Cadu

    Fabiana em Osasco só se a Dani fosse junto, essa daí é jogadora de uma levantadora só.

    • Serrano

      Fabiana jogadora de uma levantadora só? Bem, coloquem-na para jogar com a Fofão e veremos. Unilever: Fofão/Brankika; Natália/Gabi; Carol/Fabiane; Fabi. Seria uma equipe muito boa.

      • Cadu

        Falando dessa forma parece que Fofão é uma jogadora qualquer… O que a Fabiana fez no Vôlei Futuro por exemplo? Fabiana é a versão feminina do Lucão.

    • ROGER

      FABIANA É UMA JOGADORA COMPLETA CAI BEM EM QUALQUER TIME..ANO PASSADO ACREDITO QUE FOI O SEU PIOR ANO POR CAUSA DO PASSE DO SESI QUE ESTAVA HORRIVEL, ESSE ANO MELHOROU E OLHA O RESULTADO FINAIS CONSECUTIVAS COM A FABI COMO DESTAQUE..É QUESTÃO DE ANALISE.. SE NÃO SABE ANALISAR NÃO COMENTA.

  • Diogo

    Danil vc tem informaçoes sobre a possivel ida de Dani Lins ao Osasco??
    Torcerei pra q vc me fale q ñ existe essa possibilidade..ñ quero ela no meu time 😉

    • Alan

      Eu quero ela no meu time! Será muito bem vinda no Osasco!

      • Diogo

        Vc quer ela e quem + pras pontas??
        Ivna,Monique??quem??
        Ñ vejo q ter ela ajudaria muito..pq ñ sobra ninguem pra jogar nas pontas..
        Que ela passe beeeem longe do meu time!!

  • Osmar Cordeiro

    Se não surgir novo patrocinador forte em Campinas ou novos parceiros para as demais clubes a CBV vai ter q quebrar a norma para as nossas jogadoras ficarem no Brasil , se não vai acontecer uma debandada para o exterior . Clubes como Pinheiros , São Bernardo , Minas e outros merecem um apoio que ajude o projeto e com isto ocorra novas contratações , o ranking apenas diminui a força de 1 ou 2 equipes fortes se o restante não tem condição de contratar jogadoras de 4 pontos , imagine de 7 ?

    • ROGER

      A VERDADE É QUE MESMO QUE APAREÇA OUTRO PATROCINADOR EM CAMPINAS A EQUIPE SERÁ BEM INFERIOR A DESSE ANO COM A SAIDA DA TANDARA PARA O PRAIA NATALIA E POSSIVELMENTE MONIQUE VOLTANDO PARA O RIO A EQUIPE SERIA BEM INFERIOR..PORQUE SE DEMORAR MUITO TODAS AS EQUIPES ESTARÃO FORMADAS AI FICA DIFICIL ACHAR JOGADORAS FORTES NO MERCADO.

  • Edu

    Era o caso da Tandara que estava negociando com o Campinas,Praia e o RJ.Como o Campinas encerrou as atividades as outras equipes já sabem que podem reter mais a negociação pois o mercado de jogadoras procurando espaço aumentou.Parece que agora o Praia esta mais perto de levar.A Natália,parece, que vai para o RJ ganhando menos que ganhou lá há dois anos e como uma especie de puxão de orelhas pois saiu sem ouvir a proposta de renovação direto para o Campinas.O Osasco renovou com a Brait e a Adenizia e , pelos boatos, não conta com a Sheilla.O restante fica para depois do mundial até para examinar bem o elenco diante de adversários mais qualificados.Num exame frio abriria mão hoje da Thaisa – que tem mercado – pelo tempo com a equipe ,desgaste da relação, e se confirmarem os boatos, o poder de interferência forte que ela tem para avaliar e vetar suas colegas de time.

  • Raffael

    Sabemos que essa regra a princípio prejudica as atletas, porém tudo se normaliza no decorrer das contratações. Dani e Thaisa no Osasco. Natalia e Fabiana no Rio. Tandara no Praia. Jaque no Sesi. Sheilla e Garay optaram pelas melhores propostas da Europa, ja que o Sesi ainda teria uma vaga pra uma das duas… Me preocupa mais a situação das demais atletas. Muitas jovens que são obrigadas a largar o sonho de ser atleta por falta de mercado e assim tentam uma nova profissão, e tambem as mais experiêntes, que tanto fizeram pelo esporte e ficam sem mercado quando passam dos 30.

  • Guga

    Ela poderia ir pro Rio, o ranking não iria atrapalhar já que não tem nenhuma jogadora pontuação 7….

  • Juliano Pedrosa

    Daniel, nao fala besteira. Vc se diz bem informado e fala uma groselha dessa. Osasco nao tem espaço pra Fabiana, pois renovou com a Thaisa por 3 anos. Informacao confirmada por ela e pelo clube. E acertou com a Dani. E a Sheilla ja assinou na Turquia. Quanta bobagem, meu caro!

    • Daniel Bortoletto

      Meu caro, só escrevo o que apuro. E a Fabiana foi sondada, sim, pelo Molico antes da renovação da Thaisa. Não escreveria um negócio desse sem ouvir pessoas, Juliano

      • Juliano Pedrosa

        Vc apurou tao bem, Daniel, que quando postou isso a Thaisa ja estava renovada, a Adenizia idem, a Sheilla assinada na Turquia e a Dani Lins certa no Osasco. Ta precisando de fontes melhores

        • Daniel Bortoletto

          Pode abrir o seu blog, então. Quanto mais gente falando de vôlei, melhor

          • Juliano Pedrosa

            Não, Daniel. Obrigado pelo conselho, mas sou advogado e não tenho tempo para ter um blog, diferentemente de você. Apenas estou atento ao que é publicado sobre vôlei, inclusive em sites concorrentes ao seu (ou do grande Walter de Mattos, mas que você acha que é dono). Reconhecer o furo alheio é sinal de grande, ignorá-lo é sinal de fraqueza.

  • Rose

    Quem vem no lugar da Fabiana no Sesi? Será a Waleska ai meus Deus que decadencia…. agora temos que esperar pra ver!!!!

  • ROGER

    e sobre a possivel ida da fabiana para a unilever existe mesmo essa possibilidade ou teremos que esperar o fim do mundial?…parabens pelo blog e pelas informações aquii pra mim o melhor blog de volei com ctz…abraço

MaisRecentes

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo

Corinthians faz melhor jogo na Superliga



Continue Lendo

Coluna: A imprevisível Superliga feminina



Continue Lendo