Vai começar, de verdade, o Mundial!



Com as esperadas eliminações do Al-Ahly, do Egito, e do Capitanes de Arecibo, de Porto Rico, o Campeonato Mundial masculino encerra a fase de classificação e entra na hora da verdade.

Nesta sexta-feira, no Ginásio Divino Braga, em Betim, acontecerão as duas semifinais, com transmissão da ESPN:

Zenit Kazan (RUS) x UPCN (ARG) – 17h30

Sada/Cruzeiro x Paykan (IRA) – 20h

E chegou a hora de a onça beber água (quem souber o autor desta interessante expressão avise, por favor).

Os russos, com uma verdadeira seleção mundial, são os caras a serem batidos. Venceram o Sada, na quarta, por 3 a 1, demonstrando muito poder ofensivo com o trio Anderson/Leon/Mikhaylov, tem um líbero em ótima fase (o búlgaro Salparov) e uma dupla veterana mas muito eficiente no bloqueio (Apalikov e Kuleshov). E olha que no banco sobram ainda Spiridonov, Sivozhelez e Verbov, titulares atuais ou recentes da seleção russa. O “porém” neste elenco estrelado está na posição de levantador. Ficou provado na primeira fase que Kobzar não passa de esforçado. Para tentar colocar o Zenit em apuros os adversários precisam tirar o passe da mão dele, já que falta categoria e precisão para ele.

Spiridonov, ou Tin Tin, para os íntimos, em ação em Betim (FIVB Divulgação)

Spiridonov, ou Tin Tin, para os íntimos, em ação em Betim (FIVB Divulgação)

Nesta quinta, diante do time de Porto Rico, o técnico Vladimir Alekno poupou durante todo o tempo Leon, Kuleshov e Salparov. Os demais titulares, com exceção do limitado Kobzar, participaram de parte do 3 a 0. Pela vaga na final os russos irão duelar com a UPCN, equipe argentina, mas com um caminhão de europeus no elenco. Sendo muito sincero (e com todo respeito) não aposto um real em zebra nesta partida.

Já a outra semifinal promete ser um espetáculo bem melhor e, talvez, mais equilibrado. O Sada/Cruzeiro, para começar, precisa errar menos. E em todos os fundamentos. Não é de hoje que o time vai para o risco no saque forçado. Mas ele ainda não entrou, com constância, neste Mundial. No ataque também é preciso um melhor nível de atuação da dupla Wallace/Leal. Força eles têm de sobra. Por uma vaga na decisão será preciso mais regularidade da dupla.

Já o Paykan, base da seleção iraniana, conta até agora com um inspirado Nikolov na competição. O búlgaro vem bloqueando muito até aqui. Hoje, na vitória sobre a UPCN por 3 a 0, ele desequilibrou e fez a diferença. O passe cruzeirense também será testado pela variação de saque de Ghafour e Ghaemi, os dois principais atacantes.

Nikolov, búlgaro bom de bola do Paykan (FIVB Divulgação)

Nikolov, búlgaro bom de bola do Paykan (FIVB Divulgação)

E, por fim, esta semi vai marcar um interessante duelo entre os experientes Vermiglio e William no levantamento. É jogo para lotar o Divino Braga, que até agora não recebeu públicos que um Mundial merece.

 



  • Gilberto Gonçalves Freire

    A única chance do Sada ser campeão, em passando pelo time iraniano, é o Zenit Kazan sentir o calor no jogo final, já que será sábado no início da tarde. O Time Russo é muito favorito.

    • Billy

      Acho muito difícil que isso venha acontecer.Se o Sada conseguir chegar à final,tenho a mais absoluta certeza que o Zenit passará o rolo-compressor por cima deles novamente.Depois é só eles irem chorar a perda do título(novamente) na cama,que é um lugar quente.

      • Gilberto Gonçalves Freire

        Nenhum time brasileiro jamais tinha ganhado.. só o Cruzeiro mesmo. Então o que vier é lucro..kkkk

        • Billy

          Concordo com voce Gilberto.

          • Gilberto Gonçalves Freire

            Cruzeiro quem passou o rolo compressor.. como eu disse..o calor foi um forte alidado e o Sada jogou mto bem.

    • Billy

      Concordo com voce.

  • Billy

    Esse timeco ximfrim do Sada Cruzeiro vai perder feio novamente do Zenit Kazan que é INFINATAMENTE SUPERIOR.Periga até o Sada perder a semifinal e nem chegar à sonhada final.O que esperar de um time com jogadores velhos baixos e ultrapassados,tipo Felipe e William Arjona(¨prá mim vulgo ¨mago de araque¨)E o que é também aquele assistente careca,insignificante e com cara de imbecil do técnico Marcelo Mendez? Sempre com a cara azeda e feia dele e se achando grande coisa,quando na verdade é um verdadeiro ZÉ-NINGUÉM.Resumindo…não estou torcendo para esse time FURRECO do Sada Cruzeiro.Beijinhos…

    • Gilberto Gonçalves Freire

      Qual time brasileiro chegou ao menos perto de vencer esse torneio além desse time que vc escalou?

  • Edu

    Prezado Daniel, Fabíola anunciada oficialmente é como nova titular do levantamento do Vollero Zurich.De desempregada pelo bloqueio da FIVB ao Krasnodar, junto com a Garay, pelos débitos financeiros relativos a equipe russa cai direto na disputa da Champions em sua segunda rodada.Com a aparência um pouco abatida pelas semanas de insegurança de sua situação de atleta fora do nosso continente encara um novo desafio.Vale comentários adicionais mais tarde, com sua permissão, sobre a situação das jogadoras brasileiras mais conhecidas no exterior. Sheilla amargando uma declarada reserva no Vakifbank,Garay já anunciando a Russia e página virada e a contratação da Fabíola para a Champions pelo Vollero em razão do retorno da levantadora Ozdemir ao Eczasibasi ,titular dos seus direitos federativos.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo