UPCN calou Belo Horizonte



A vaga sul-americana no Mundial de Clubes masculino ficou com a UPCN.

Com uma atuação irretocável, a equipe argentina derrotou o Vivo/Minas, em BH, por 3 a 0 (30-28, 25-17 e 30-28).

Fiquei impressionado com a frieza da UPCN em momentos decisivos da final, como os eletrizantes finais do primeiro e terceiro sets. Os pontas Olteanu (romeno bom de bola) e Bengolea tiveram um aproveitamento altíssimo. O oposto brasileiro Evandro (olha aí um nome que estava esquecido e pode ser um ótimo reforço para a próxima Superliga!) também teve uma atuação muito boa.

Já os mineiros, que perderam o líbero Lukinha e precisaram improvisar Lucas Loh na função, não conseguiram tomar as rédeas do jogo. Filip não estava inspirado, Lucarelli parou no bloqueio em momentos decisivos e o saque não fez muito estrago na recepção dos hermanos.

E assim o Sul-Americano, desenhado para uma final brasileira, terminou com o merecido título da UPCN.

Nos próximos dias, transferências importantes serão confirmadas, já que agora os atletas ficarão sem contrato. Aguardem!



  • PAPELÃO DO MINAS

    O time do Minas estava uma bosta. Não jogou nada. Os jogadores estavam com cara de merda. Me parece que o Orácio Dileo e o Quiroca estavam querendo que o time argentino ganhasse. Lucareli e Maurício que já pertencem ao RJX e SESI respectivamente não deram o melhor de si. Parece que estavam com medo de se lesionar e atrapalhar a temporada na seleção. O Marcelinho é aquele levantador que só joga com o passe na mão. Outro que estava um lixo em quadra é o central Otávio, o cara não colocou uma bola no chão e não fez um bloqueio. Como pode? Outro que estava com a cabeça na seleção.
    Para mim o que esteve melhor em quadra era o Filip, que rodou muitas bolas, mas depois ficou marcado demais porque era o único que virava as bolas.
    As jogadas do UPCN eram todas nas pontas, e como o Minas não percebeu isso?
    Os centrais do UPCN são ruins, o junior (brasileiro) é podre e o outro é baixo.
    Temos que dar o devido valor, o UPCN jogou muito e humilhou o Minas dentro de casa.
    Támbém o RJX deu vexame. Como o atual campeão da Superliga fez um papelão desses?
    A incerteza do projeto e com vários jogadores pensando em outros clubes atrapalhou.
    Daniel, esse torneio tem que ocorrer durante a temporada de clubes, igual na Liga dos Campeões. Essa confederação sulamericana é igual a CBV, uma bagunça.

  • meyre

    depois da felicidade de ver o Trentino ganhar – que falta fez o Raphael heim. Mas o Sintini conseguiu administrar a pressão, não deve ter sido facil para o levantador assumir uma bucha, em dia de decisão! Parabens ao Trentino! Que jogo, jogaço alias!!
    Eu tive a infelicidade de ver o Minar perder de maneira humilhante 3×0 , sem piedade. Nao parecia o time aguerrido que venceu o RJX no dia anterior. Posso estar sendo cruel, mas é incrivel como o Lucarelli desaparece , no momento em que ele deveria acertar, em tomar as redeas..uma pena…

    • Mario

      Raphael nao fez falta nenhuma na verdade kk

    • PAPELÃO DO MINAS

      Meyre, também observei essa atitude do Lucareli. Estou começando a achar que ele é igual ao Wallace, pipoqueiro nato. Jogador que não chama a responsabilidade.

      • ana maria

        Bom, não acho legal dizer que esse ou aquele pipocou. A questão é maior é de paixão mesmo. E muitas vezes falta paixão e sobra profissionalismo. Antes de escrever aqui eu via um programa do Sportv sobre Nelson Rodrigues. Concordando ou não com ele em vários pontos num eu concordo. Trata-se de mostrar o humano no esporte e isso passa pela paixão.
        Que perda pro Minas não ter levado o Sul-americano. Faltou paixão? Talvez.

        • Afonso RJ

          O Sobrenatural de Almeida decidia algumas bolas para a UPCN, enquanto que a Gã-Fina de Narinas de Cadáver torcia desbragadamente para o time argentino. Mas o que faltou mesmo foi o olho rútilo e o lábio trêmulo para alguns atletas brasileiros. Parecia que assistiam os argentinos jogarem com uma baba elástica e bovina na boca. O que os brasileiros não fizeram, foi tratar a bola como uma cadelinha… Até minha vizinha gorda e patusca sabe disso… E a peleja acabou sendo uma verdadeira pelada shakerpeareana.

        • sal com pimenta

          ah ta , vc nao acha legal dizer que os mercenarios pipocaram… acorda alice!!!

      • Também observei que tinham seis jogadores em quadra. Porque só ele tem que pagar o pato? Para mim foi ansiedade pura de todos..

      • sal com pimenta

        ate que enfim sua ficha caiu … parabens!!!

    • Emanuella

      Como assim que falta ele fez. O jogo que ele jogou levaram de 3×0, nesse que ele não jogou ganharam. Acho que se deram muito bem sem o super Rapha.

  • Sou minastenista ,mas sinceramente o MTC não jogou nada ontem,pareciam estar exaustos após o jogo com o RJX,acho que isso pesou,era visível isto!O time UPCN jogou muito,estavam confiantes e a perda do lukinha comprometeu ainda mais,acho que todo time deveria ter 2 liberos de qualidade,para quando precisar não ficar improvisando,assim como faz o sesi no feminino!Quanto ao Lucarelli vai tarde,tb não acho este cara tudo isto que falam,o MTC ja formou jogadores melhores que ele e com certeza ainda vão formar 20 Lucarellis!!

  • Afonso RJ

    Para mim não foi muita surpresa o desempenho pífio dos dois times brasileiros nesse sulamericano. Era tudo clima de fim de festa, com muitos dos jogadores pensando mais em contratos futuros, transferências ou mesmo nas férias do que nesse campeonato. Pode ser que tenham até tentado fazer bons jogos, como profissionais que são, mas a gente sentia que a cabeça estava em outro lugar. E isso se viu principalmente no RJX, um time que esteve ameaçado de descontinuidade.

    No feminino foi a mesma coisa, mas a disparidade entre a Unilever e os demais times era abismal, mesmo sem a Sarah Pavan e a Natália com a cabeça em Campinas. E mesmo assim as cariocas conseguiram a proeza de perder um set para um time argentino amador.

    Na verdade a impressão que se tem é que os times são montados visando exclusivamente a Superliga. Consegue-se algum sucesso em outros torneios, ou porque são no recesso de fim de ano da superliga (Top Volei) ou no caso desse ano, o Mundial de Clubes que o Sollys levou o entrosamento da seleção recém campeã olímpica. De resto, é superliga e olhe lá.

    • Emanuella

      Concordo. Todos estavam com a cabeça muito longe. O time do RIO fez um fiasco no jogo com o time argentino ainda na fase de classificação. Totalmente desmotivados e ontem foi o Minas. Uma pena o resultado dessa competição.

  • Melina

    Podem reclamar, dizer que estou de cabeça quente/sendo cruel, etc, mas esse time pipocou bonito e, desse jeito, vai continuar sempre no “quase”.

  • Lili

    O LÍBERO LUKINHA fez muita falta ao VIVO/MINAS tanto nos aspectos tático, técnico e psicológico do time.
    LUKINHA é um líder em quadra, orienta o posicionamento de defesa, cobre o passe em grnade parte da quadra, está sempre vibrando e motivando os companheiros.
    Além disso estava defendendo tudo nesse torneio, foi o principal jogador nas vitórias contra o próprio UPCN, na fase de classificação e contra o RJX na semifinal.
    LUKINHA dava muita tranquilidade para o MARCELINHO trabalhar e criar pondo o passe na mão e propiciava vários contra-ataques com defesas incríveis e arrojadas.
    O VIVO/MINAS sentiu muito a baixa do guerreiro LUKINHA e não teve forças para se recuperar.
    LUCAS LOH até se esforçou, mas não conseguiu manter o mesmo nível do LUKINHA, principalmente na parte defensiva e na liderança em quadra.
    Enfim, o UPCN tbém jogou muito bem o ponteiro ROMENO OLTEANU estava inspiradíssimo, o outro ponteiro BENGOLEA é muito técnico, explora bloqueios como ninguém. O gigante oposto EVANDRO tbém ajudou bastante nas bolas difíceis e com um saque inteligente.
    O líbero GARROCQ muito ágil cobria a quadra toda.
    E o levantador GONZALEZ, muito criativo, deu bastante velocidade ao jogo, tanto no meio qto nas pontas com BENGOLEA e OLTEANU.
    A ARGENTINA sempre revelou grandes levantadores como foram KANTOR, WEBER, DE CECO e agora GONZALEZ, que com bastante mérito foi MVP do torneio.
    A ARGENTINA tem evoluído bastante no voleibol, sempre apresentado um voleibol muito bonito de muita técnica e poucos erros.
    Vocês repararam o cuidado que os jogadores do UPCN tinham no saque, não rifavam o saque, sempre um saque bastante inteligente, buscando o ponto mais frágil na recepção adversária, um saque tático e eficiente.
    Ao passo que o VIVO/MINAS, mas principalmente o RJX erraram vários saques forçando a esmo e dando muitos pontos de graça ao adversário.

  • sal com pimenta

    mercenarios.. principalmente o lucareli e mauricio…

MaisRecentes

Praia x Minas e Sesc x Vôlei Nestlé. Quer mais?



Continue Lendo

Agora líbero, Murilo volta a ser relacionado após 8 meses



Continue Lendo

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo