UPCN calou Belo Horizonte



A vaga sul-americana no Mundial de Clubes masculino ficou com a UPCN.

Com uma atuação irretocável, a equipe argentina derrotou o Vivo/Minas, em BH, por 3 a 0 (30-28, 25-17 e 30-28).

Fiquei impressionado com a frieza da UPCN em momentos decisivos da final, como os eletrizantes finais do primeiro e terceiro sets. Os pontas Olteanu (romeno bom de bola) e Bengolea tiveram um aproveitamento altíssimo. O oposto brasileiro Evandro (olha aí um nome que estava esquecido e pode ser um ótimo reforço para a próxima Superliga!) também teve uma atuação muito boa.

Já os mineiros, que perderam o líbero Lukinha e precisaram improvisar Lucas Loh na função, não conseguiram tomar as rédeas do jogo. Filip não estava inspirado, Lucarelli parou no bloqueio em momentos decisivos e o saque não fez muito estrago na recepção dos hermanos.

E assim o Sul-Americano, desenhado para uma final brasileira, terminou com o merecido título da UPCN.

Nos próximos dias, transferências importantes serão confirmadas, já que agora os atletas ficarão sem contrato. Aguardem!



MaisRecentes

Informações sobre as finais da Superliga Masculina



Continue Lendo

Vaivém: Mais dois anos, ao menos, de Vôlei Renata em Campinas



Continue Lendo

Vaivém: Camponesa/Minas confirma Bruna e Carol Gattaz



Continue Lendo