Unilever vence sete seguidas, mostra força e apaga má impressão



A Unilever que vai terminar o turno da Superliga feminina apaga a má impressão deixada nos jogos iniciais da temporada.

O time do início de 2012 não é mais o mesmo que perdeu na estreia para o Sesi e que viu o Rio do Sul ganhar um set na quarta rodada. Já são sete vitórias seguidas, as quatro últimos por 3 a 0 e nenhuma delas perdendo mais do que 20 pontos em um set.

Na noite de terça, avalassalador triunfo sobre o ascendente Usiminas/Minas, parciais de 25-19, 25-12 e 25-17.

Fernanda Venturini já está mais à vontade em quadra e o entrosamento com as principais atacantes é muito melhor. O passe, grande vilão do time, também está mais consistente. Tanto que Regiane, uma das ponteiras, foi eleita a melhor em quadra diante das mineiras.

Aos poucos, Mari, Sheilla e Fabi, que vinham de um período instável na Seleção Brasileira, também voltam a mostrar um melhor jogo. E assim a Unilever volta a impor respeito na Superliga.

Para a líbero Fabi, a evolução da Unilever se deve à semana passada na Suíça para a disputa do Top Volley, na Suíça, em dezembro.

– O torneio foi muito importante para dar continuidade ao nosso trabalho. Nos três últimos jogos, começamos a encaixar melhor as jogadas. A partida desta terça-feira foi taticamente perfeita, com bloqueio e defesa funcionando muito bem, o que é uma característica da Unilever. O time voltou a ter confiança e a jogar com alegria.



MaisRecentes

Coluna: Temos de falar sobre Douglas Souza



Continue Lendo

Atualização do ranking mundial mostra caminhos do Brasil para Tóquio-2020



Continue Lendo

Douglas Souza desbanca Lipe e Tandara na escolha do melhor do ano



Continue Lendo