Unilever vence sete seguidas, mostra força e apaga má impressão



A Unilever que vai terminar o turno da Superliga feminina apaga a má impressão deixada nos jogos iniciais da temporada.

O time do início de 2012 não é mais o mesmo que perdeu na estreia para o Sesi e que viu o Rio do Sul ganhar um set na quarta rodada. Já são sete vitórias seguidas, as quatro últimos por 3 a 0 e nenhuma delas perdendo mais do que 20 pontos em um set.

Na noite de terça, avalassalador triunfo sobre o ascendente Usiminas/Minas, parciais de 25-19, 25-12 e 25-17.

Fernanda Venturini já está mais à vontade em quadra e o entrosamento com as principais atacantes é muito melhor. O passe, grande vilão do time, também está mais consistente. Tanto que Regiane, uma das ponteiras, foi eleita a melhor em quadra diante das mineiras.

Aos poucos, Mari, Sheilla e Fabi, que vinham de um período instável na Seleção Brasileira, também voltam a mostrar um melhor jogo. E assim a Unilever volta a impor respeito na Superliga.

Para a líbero Fabi, a evolução da Unilever se deve à semana passada na Suíça para a disputa do Top Volley, na Suíça, em dezembro.

– O torneio foi muito importante para dar continuidade ao nosso trabalho. Nos três últimos jogos, começamos a encaixar melhor as jogadas. A partida desta terça-feira foi taticamente perfeita, com bloqueio e defesa funcionando muito bem, o que é uma característica da Unilever. O time voltou a ter confiança e a jogar com alegria.



MaisRecentes

Brasil larga bem na segunda fase do Mundial



Continue Lendo

Os prováveis participantes do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo

Brasil “mapeia” os perigos para duelo com a Austrália



Continue Lendo