Unilever vence apático Sollys e é campeão simbólico do turno



Luca, meu filho de dois anos e meio, pela primeira vez foi a um jogo de vôlei, neste sábado, no Maracanãzinho. Thiago, o mais velho, já com quatro anos, viu alguns em Belo Horizonte, na Arena Vivo e no Ginásio do Mackenzie, e até deu dicas. “Tá muito barulho aqui, hein. Mas não precisa ficar assustado”. Entre um biscoito, uma corrida pelos corredores do ginásio, a troca de fralda e um bate-papo com velhos amigos, como Virna, deu para ver que a Unilever tem um time mais consistente do que o Sollys nesta metade de Superliga Feminina.

A vitória por 3 a 1, de virada, mostrou que as cariocas, com menos selecionáveis do que as paulistas no elenco, oscilam e erram menos, além de  possuírem um sistema de passe/defesa bem mais eficiente.

Admito que, sem Carol Gattaz, imaginei que a Unilever fosse sofrer no meio-de-rede pela falta de altura de Valeskinha e Juciely. Pelo que as duas mostraram neste sábado, estou redondamente equivocado. Juciely, inclusive, foi eleita a melhor jogadora da partida, depois de anotar NOVE pontos de bloqueio. Vale destacar ainda o excelente momento de Sheilla no ataque, a constância de sempre de Fabi no passe e na defesa, a evolução da distribuição de Dani Lins após o primeiro set, além de Regiane e Suelle, mais do que coadjuvantes, dando qualidade para o passe.

Já o Sollys me decepcionou. Apático, para não dizer desmotivado, errando demais. Irreconhecível. Difícil até de apontar alguma coisa boa. A irregularidade no passe fez com que Carol sofresse na distribuição e facilitasse o bloqueio carioca. Luizomar ainda mexeu bastante, mas nada deu certo do segundo set em diante.

A vitória representa o título simbólico do primeiro turno para o time de Bernardinho, invicto após 11 jogos. De quebra, 33 toneladas de alimentos serão doados para as vítimas da chuva na Região Serrana do Rio. Com certeza, o ponto mais bonito do clássico deste sábado.



MaisRecentes

Entrevista Skowronska: “Estou apaixonada pelo Brasil”



Continue Lendo

Duelo entre pai e filho pelo Campeonato Paulista



Continue Lendo

Brasil perde segunda para os Estados Unidos



Continue Lendo