Unilever sem estrangeiras



O torcedor da Unilever talvez não veja estrangeiras no time na próxima temporada, uma exceção à regra dos últimos anos.

Nesta quarta-feira, uma nota oficial confirmando mais reforços diz que a equipe “fechou seu elenco” com as chegadas da ponta Natália (Vôlei Amil), da oposto Andréia ( Pinheiros), das meios de rede Mayhara (Banana Boat/Praia Clube) e Paula Barros (Rio do Sul) e da levantadora Giovanna (do Minas).

São cinco caras novas, que se juntarão a 11 atletas que renovaram contrato: as levantadoras Fofão e Roberta, as líberos Fabi e Juju, as pontas Gabi, Regiane, Drussyla e Amanda, a oposta Bruna, além das meios de rede Juciely e Carol. Ou seja: grupo com 16 atletas e mais nenhuma brecha aparente. Não faria sentido ter uma outro oposto gringa com a chegada de Andréia e muito menos uma ponta com Natália e Gabi juntas. E acho que as vagas de Sarah Pavan e Mihajlovic estão muito bem preenchidas.

Bernardinho analisou assim as novidades:

– Temos o retorno da Natália, campeã conosco na temporada 12/13. Sem dúvida ela trará um equilíbrio para nosso passe, junto da Fabi e da Gabi, além de reforçar nosso bloqueio. Chega também a Andréia, que tem uma enorme capacidade de bloqueio e um ataque mais rápido que as opostas tradicionais, usando muito o ataque tipo china. A Mayhara é uma jovem de ótimo potencial, veloz e com um lastro de crescimento grande no bloqueio. Ela chega para compor nosso grupo de centrais com a Juciely, a Carol e a Paula, nossa outra contratada, que é experiente e é carioca. Trouxemos ainda a Giovanna, levantadora jovem, com passagem pelas seleções brasileiras de base.

Para vocês, a Unilever 100% nacional de 2014/2015 é melhor ou pior, no papel, do que a Unilever de 2013/2014?



MaisRecentes

Vaivém: “Livre”, Thaisa seguirá atuando no Brasil



Continue Lendo

Jaqueline chega ao Japão para substituir Drussyla



Continue Lendo

Vaivém: Abouba espera aproveitar chance da vida no EMS/Taubaté



Continue Lendo