Unilever, por pouco, não perde título carioca



Parece mentira, mas a Unilever esteve perto de ver sua hegemonia no Rio de Janeiro cair, com todas as estrelas em quadra.

Na final do enfraquecido Estadual, na noite de segunda-feira, uma vitória mais do que suada sobre o Macaé por 3 sets a 2, parciais de 25-20, 25-21, 23-25, 23-25 e 15-13.

A Unilever colocou em quadra quase sua força máxima, com Fernanda Venturini, Sheilla, Mari, Regiane, Valeskinha, Carol e Fabi .

Se alguém viu o jogo, gostaria de saber quais foram os méritos do Macaé e as principais falhas da Unilever. Queria evitar os clichês, como garra do time mais fraco e falta de entrosamento/soberba do mais poderoso.



MaisRecentes

Copa altera o status da Seleção Brasileira masculina



Continue Lendo

Coluna: Vale prestar atenção na vizinhança



Continue Lendo

Coluna: Já esperava ver a Seleção em outro patamar



Continue Lendo