Unilever negocia com Gol espaço no uniforme do time



Notícia divulgada no Máquina do Esporte, site especializada em negócios, do amigo Erich Beting.  A Unilever pode ter a marca da Gol em seu uniforme na temporada 2011/2012. Vejam a íntegra da reportagem:

A companhia aérea possui um acordo com a Confederação Brasileira de Vôlei desde o fim de 2009. Pelo contrato, a empresa venderia à CBV 18 passagens aéreas por equipe a cada rodada da Superliga. A entidade revenderia os tíquetes para os clubes, com desconto fornecido pela Gol, que paga a taxa de R$ 10 mil de cada time para participar da temporada.
 
Apesar do patrocínio da empresa à competição, nenhuma equipe é forçada a usar os benefícios cedidos pela companhia aérea. Quem o faz, no entanto, tem que negociar diretamente com a empresa porque ela exige exposição no uniforme dos beneficiados.
 
Unilever era uma das equipes que não usava o benefício e, assim, mantinha o seu uniforme com destaque para o próprio grupo. Para a temporada seguinte, o cenário pode ser diferente. A cúpula do clube tem negociado com a Gol e deve passar a usar as passagens da companhia, com os seus devidos descontos.
 
No vôlei, o grande investimento da Gol está no Vôlei Futuro, mas não com a marca da companhia. A equipe de Araçatuba tem como um dos seus principais patrocinadores o grupo Reunidas, que faz parte da Gol Linhas Aéreas. Já a Unilever tem usado o uniforme do clube para acionar algumas de suas marcas. Neste ano, a líbero da seleção brasileira e da equipe, a Fabi, foi escolhida para prestar uma homenagem aos 80 do grupo. Ela usou 13 camisas distintas durante a temporada, cada uma com uma marca diferente, entre Ades, Dove, Omo e Rexona, por exemplo.



  • Morris

    Este blog me surpreende cada vez mais! Eu não sabia que a Reunidas pertence ao mesmo grupo da Gol e, de quebra, ao Sr. Constantino Oliveira. Quem diria… Agora muita coisa faz sentido ao se falar da Superliga, equipes e suas diretorias. Valeu, novamente, pelas informações, Daniel!

    • Renato

      Não tenho tanta certeza mas acredito que a Gol não tem participação nenhuma com o time do VF pois o time jogou a SL sem usar o logotipo da Gol nas camisas (um dos poucos times não usar esse beneficio nos descontos; nos jogos da fases finais “bancou” vôos fretados).Apenas têm laços familiares já que a Aurivânia Constantino ( Reunidas) é irmã do Constantino Jr. (Gol) mas em termos de investimentos é “bancado” sozinho pelo grupo de Araçatuba.Devemos agradecer a Família Aurivânia Constantino levando com o orgulho o nome de Araçatuba.Avante Família Volei Futuro!!!

  • Leonardo

    A Reunidas é administrada pela filha do Constantino, se você for um pouquinho bem informado vai saber que ela não motivos para orgulhar-se do pai já que ele até mandou matar o marido dela(pode procurar edições antigas da Revista Veja que você vai ver). A Gol é admistrada pelo irmão dela é uma companhia não tem nada a ver com a Reunidas. Pode ter certeza que não tem um centavo da Gol no Volei Futuro. Prestem atenção nesses detalhes antes de publicar uma notícia dessas. Mais uma vez a imprensa está colocando o público contra o Volei Futuro.

    • Daniel Bortoletto

      Sem teoria da conspiração, Leonardo. A notícia é de um site sério de negócios do esporte. Ninguém que leva a profissão como ela deve ser faz campanha contra o Vôlei Futuro

  • Alberto Rio Claro

    Bom dia querido sobrinho.
    Não vou comentar vôlei, mas quero mandar-lhe apenas saudações bicampeã e quando nos encontrarmos levarei a camisa do Santos, que sei ser seu sonho secreto.
    Boa sorte e sucesso.
    Beijos.

    • Daniel Bortoletto

      diria que o resultado foi justo desta vez, tio

MaisRecentes

Vaivém: Ju Carrijo em Bauru



Continue Lendo

Vaivém: Primeiros nomes certos em Campinas



Continue Lendo

Lançamento do uniforme em grande estilo



Continue Lendo