Uma vaga aberta na semi do Mundial: a do Sada/Cruzeiro?



A segunda rodada do Campeonato Mundial de Clubes da Polônia, nesta quarta-feira, garantiu três semifinalistas: Civitanova (ITA), Zenit Kazan (RUS) e Skra Belchatow (POL) por antecipação. E deixou a última vaga entre Sada/Cruzeiro e Zaksa Kedzierzyn-Kozle, que farão o confronto direto nesta quinta, em Opole. Quem vencer passará de fase.

Os brasileiros se mantiveram vivos na competição com o triunfo sobre Sarmaye Bank, do Irã, por 3 sets a 0, parciais de 25-23, 25-20 e 25-22.

Filipe festeja ponto em Opole (FIVB Divulgação)

– Na minha cabeça e na de todo mundo do time está claro que vamos disputar uma final por dia. E este campeonato está em aberto. Precisamos pensar no hoje, no que estamos jogando agora e tentar soltar o jogo. A gente carrega a pressão e a responsabilidade de estar sempre bem e, em alguns momentos, isso atrapalha. Hoje conseguimos controlar os nervos e colocar o nosso melhor em quadra para lavar a alma e nos deixar vivos no campeonato. Amanhã será outra guerra, principalmente por ser contra o time da casa. Deve ser o jogo que decide a vaga na semi e precisamos pensar no ponto a ponto, em cada ação, como fizemos hoje – analisou o líbero Serginho.

Leal “estreou” no Mundial anotando 20 pontos. Foram 18 ataques no chão após 26 bolas recebidas. Um aproveitamento de Leal. Um nível de acerto que precisará ser repetido no confronto com os donos da casa nesta quinta-feira. Evandro e Simon anotaram 15 e 13 pontos, respectivamente, pelo Cruzeiro.

Leal assumiu a responsabilidade contra os iranianos (FIVB Divulgação)

O time de Marcelo Mendez ainda tem muito a crescer no saque e no bloqueio na competição. E um bom momento para os dois fundamentos aparecerem é neste jogo de vida ou morte pela semifinal, às 14h30 (de Brasília), novamente com transmissão pelo SporTV.

Na preliminar, um jogaço entre Civitanova e Zaksa, com vitórias dos italianos no tie-break: 23-25, 25-21, 23-25, 25-21 e 18-16. Foram 26 pontos do búlgaro Sokolov e mais 23 do ítalo-cubano Juantorena. O belga Deroo fez 25 pelos poloneses. Resultado prova que a tarefa cruzeirense não será fácil nesta quinta.

No outro grupo, Zenit Kazan passou sem problemas pelo Shangai, da China, em sets diretos: 25-15, 25-16 e 25-21, com 14 pontos de Mikhaylov. Já o Skra Belchatow virou para cima dos argentinos do Bolívar, parciais de 23-25, 25-15, 25-21 e 25-19, apesar da boa atuação do oposto brasileiro Theo (16 acertos).

 



MaisRecentes

Os números ajudam a entender melhor o Mundial



Continue Lendo

Tabela dos playoffs do Paulista masculino



Continue Lendo

Sorteio coloca EUA e Rússia no caminho do Brasil



Continue Lendo