Uma escadinha, literalmente, na classificação da Superliga



1) Sesi – 34 pontos

2) Vôlei Futuro – 33

3) Cimed/Sky – 32

4) Sada/Cruzeiro – 31

5) Vivo/Minas – 30

Os cinco primeiros colocados da Superliga masculina, após  a quarta rodada do returno, estão separados por apenas cinco pontos.  Por ironia do destino, cada posição é separada por um mísero ponto.

A campanha do quinteto é igual: 15 jogos, 11 vitórias e quatro derrotas para cada um. A diferença está nos triunfos ou derrotas no quinto set, que passaram a ter diferentes pesos na pontuação nesta temporada.

Quem tem a comemorar na rodada é o Sesi, que passou sufoco no ABC contra o BMG/São Bernardo, vencendo por 3 a 1, mas em um jogo que o tie-break era quase uma certeza. O atual campeão sentiu a falta de Murilo, poupado após sentir dores musculares. Mas somou três importantes pontos e dorme na frente na classificação.

O Vôlei Futuro precisou de cinco sets para passar pelo Medley/Campinas, que ainda briga para se firmar no G8. Já o ex-líder Cimed/Sky caiu, também no tie-break, diante do RJX, que se firma em sexto lugar (24 pontos), mas dificilmente vai entrar no equilibrado G5. Já os mineiros Sada/Cruzeiro e Vivo/Minas também se deram bem, vencendo seus jogos contra Londrina/Sercontel e BMG/Montes Claros, respectivamente, por 3 a 1.

Assim, a reta final do returno ganhará ainda mais emoção, já que muita gente vai começar a fazer as contas para saber quem poderá enfrentar nos playoffs. Está bonito de ver a acirrada disputa.

Alguém arrisca como ficarão os duelos nos playoffs?



  • Afonso (RJ)

    Noutro dia, durante a transmissão de um jogo pelo SporTV, o Nalbert ou o Carlão (não lembro bem qual dos dois, pois além do reumatismo, minha memória já não é mais a mesma), comentou que o vôlei masculino está cada dia que passa mais “físico”.

    Honestamente, faz algum tempo que o volei masculino já não me atrai como antigamente. É muita pancadaria, muita força física, testosterona demais para o meu gosto. Claro que a técnica e a disposição tática ainda contam, mas não tanto quanto há tempos atrás.

    Fica a pergunta: será que o masculino está sendo bem mais disputado porque basta colocar gigantes em quadra (ou como se diz na gíria do vôlei – “cavalos”) para que qualquer time possa pelo menos criar dificuldades para o adversário? E que os jogadores mais técnicos estão enfrentando cada vez mais dificuldades de evoluir o seu jogo em função da pura força física dos adversários? Em suma, em que proporção esse nivelamento seria pela técnica em relação à pura força física? Eu honestamente não saberia dizer.

    • Guga

      Essa evolução é natural, é cabe ao jogador se destacar perante suas limitações.. Por ex: hoje os atacantes são super altos e vooam em quadras, dai vem um Bell (da Cuba) ou Hernandes (Cuba) que são considerados pequenos e no entanto dão Show.. A Falta de força fisica hoje em dia limita muito os jogadores que terminam rotulados como Jogadores de Recepçao, como eh o Caso do Murilo da Seleção e Leo Mineiro do Sesi, e a Sassa (tambm da selecao).

      • Afonso (RJ)

        A verdade é que cada vez mais me afasto do vôlei masculino, pois guardadas as devidas proporções, e com as devidas excessões, os jogos estão se tornando mais e mais não uma competição de técnica, habilidade e estratégia, mas uma competição puramente de altura e força física.

        • Rubens

          Mas essa é uma característica geral do esporte masculino, infelizmente não tem como fugir disso. Mas ainda assim podemos ver jogos masculinos muito bem jogados, de encher os olhos, com força física sim, mas nao baseados apenas nisso. A força física ajuda a equilibrar as situações, mas ainda acho que a tática e técnica que faz os vencedores. Seja nível clube ou seleção.

    • Carlos Eduardo BH

      Realmente, as vezes é até cansativo ver os jogos masculinos atualmente, raramente tem rallys, grandes viradas, tipo um time está ganhado de 20×15 e o outro vira 22×25, por isso eu prefiro o vôlei feminino que é muito mais disputado, equilibrado e bonito de se ver. Principalmente a Mari Paraíba do Usiminas/Minas rsrs.

      Torcida do Minas vamos comparecer amanhã na arena vivo pois terá rodada dupla hein, dois jogões:
      Usiminas/Minas x Sesi(fem.) e Vivo/Minas x Cimed/Sky(masc.).

      #GoUsiminasMinas

  • Simone Gomes

    Daniel, realmente está muito equilibrada essa SL.
    Isso está deixando nós torcedores muito anciosos.
    Que Campeonato maravilhoso.

    Acredito que o mata-mata será:

    Sesi x Campinas
    Cimed x São Bernardo
    VF x RJX
    Sada x Vivo

    Pensa? Esses quatro times de realmente matar o torcedor nessa fase do Campeonato. Lindo de se ver!!!!

  • Simone Gomes

    Ah! Um exemplo de como está cada vez mais difícil esse Campeonato Masculino é só ver a 4ª Rodada, deu 03 ties breaks e nehuma partida com resultado 3 a 0. demaisssssss!

  • Carlos Eduardo BH

    Acho que o mata-mata será:

    Sesi-SP x Medley/Campinas
    Cimed/Sky x RJX
    Volei Futuro x BMG/São Bernardo
    Sada Cruzeiro x Vivo/Minas

    • Luciano

      Meu palpite tb é esse…

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo