Uma campeã olímpica por outra



Sai Dani Lins, titular e protagonista na conquista do bi olímpico em Londres-2012. Entra Carol Albuquerque, reserva na campanha do ouro em Pequim-2008.

Admito que a mudança de Talmo me surpreendeu na abertura dos playoffs da Superliga entre Sesi x Banana Boat/Praia Clube. O resultado, porém, dá respaldo ao treinador pela ousada troca.

Dani Lins foi importante em algumas inversões, principalmente no saque. Mas Carol parece ter garantido uma distribuição mais segura para o Sesi, que oscilou demais durante toda a competição.

A vitória por 3 a 1 joga a responsabilidade para o lado mineiro, que agora terá dois jogos em casa, se necessário, no restante do playoff.

Tandara vem sendo o grande nome do Sesi. A ponta parece ter assumido a condição de protagonista e vem chamando a responsabilidade no ataque. Ontem, marcou 22 pontos, colocando no chão 20 de 43 ataques.

Já o bom time de Uberlândia estaria em outro patamar com Herrera em quadra, como já dito algumas vezes aqui. Chamaram a atenção ontem os sete pontos de bloqueio de Angelica e os 11 pontos do time no saque. Mesmo sendo melhor nos dois fundamentos, perdeu para o Sesi. Culpa do ataque. E aí voltamos ao assunto Herrera…



MaisRecentes

Atuação ruim tira Brasil da final da Copa Pan-Americana



Continue Lendo

Vôlei Renata anuncia novidades para a temporada



Continue Lendo

Jaqueline anuncia aposentadoria da Seleção



Continue Lendo