Um verdadeiro jornalista multímidia



Foi bacana ver a realização de um companheiro de trabalho no treino da Seleção, nesta quarta-feira, em Ancona.

Por mais que de longe soe estranho, a presença do Alexandre Oliveira como levantador no time reserva da Seleção só aconteceu porque ele tem condições de ajudar numa emergência, como esta de ficar sem o Marlon por mais de uma semana.

Para quem não sabe, Alê foi reserva do próprio Marlon na Unisul, na temporada 2002/2003. No ano seguinte, foi reserva de Marcelinho, que jogou a última Olimpíada, e estava à frente do próprio Bruninho naquele time, já que o atual titular da Seleção estava seu primeiro ano como adulto.

Em 2005, escolheu por seguir somente a profissão de jornalista. No treino, não fez feio, para quem diz não jogar vôlei “de verdade” há muito tempo. Como Alê mesmo disse, o sonho, ainda como jogador, era um dia chegar à Seleção. E ele foi concretizado, no dia 29 de setembro de 2010. Dúvido que ele vá esquecer deste dia.



MaisRecentes

Conheça Kadu, a novidade da Seleção nos jogos pré-Mundial



Continue Lendo

Em dia de justa homenagem por ouro em Pequim, Brasil perde a quarta seguida



Continue Lendo

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo