Um jogaço (para quem viu!)



Gostaria de escrever apenas sobre a partida! Que conquista do Sada/Cruzeiro!

Gostaria de escrever apenas sobre a sequência de oito saques seguidos do Lucão no segundo set! Que sequência!

Gostaria de escrever apenas sobre a reação dos mineiros, atrás no jogo e no quinto set! Que reação!

Gostaria de escrever apenas sobre a primeira final de Murilo após delicada cirurgia no ombro! Que superação!

Gostaria de escrever apenas sobre os dois melhores times do Brasil, que podem encarar qualquer rival mundo afora! Que força tem o nosso país!

Gostaria de escrever apenas sobre coadjuvantes que tiveram papel importante no jogo. Diaz, Renan, Lucianinho…

Gostaria de escrever apenas sobre a Seleção Brasileira que poderia ser montada apenas com estes dois times. William, Wallace, Murilo, Lucarelli, Lucão, Sidão e Serginho. Que timaço!

Gostaria de escrever apenas sobre o retorno da Copa Brasil! Que golaço da CBV!

Gostaria de escrever apenas sobre vôlei na TV aberta… ops! Pena que São Paulo não viu o jogo!

Por todos os ingredientes acima, teria assunto para uma semana. Infelizmente, porém, o assunto principal acabou sendo a transmissão do jogo pela Globo para todo o Brasil, menos São Paulo, que viu Corinthians x Santos pela Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Admito que me surpreendi na noite de sexta ao ler um post de Lucão nas redes sociais, criticando abertamente o tema e a emissora. Poucos fazem isso. Mas o sentimento dele era um resumo geral dos militantes no esporte, que sabem que ter um jogo assim na TV aberta é raro. E o maior estado do país, o mais rico e com um time na final não pôde acompanhar. Para piorar, nada de transmissão no SporTV, que seria uma saída honrosa.

No fim, uma grande chance perdida de estarmos enaltecendo todos os pontos acima e também a transmissão para todo o Brasil pela maior emissora do país. Todos estariam felizes!

 



MaisRecentes

Os números ajudam a entender melhor o Mundial



Continue Lendo

Tabela dos playoffs do Paulista masculino



Continue Lendo

Sorteio coloca EUA e Rússia no caminho do Brasil



Continue Lendo