Ufa!



Talvez seja uma boa forma de resumir o sofrido 3 a 2 do Brasil sobre o Irã, nesta manhã, no Ibirapuera.

Mesmo levando em consideração dois pontos (1 – os iranianos estão em evolução nos últimos anos; 2 – A Seleção está muito abaixo do normal neste início de Liga Mundial), não esperava que o time de Bernardinho fosse sofrer tanto para conseguir seu segundo resultado positivo em cinco jogos na competição.

Sidão, com 16 pontos (10 no ataque, quatro no bloqueio e dois no saque), foi o maior anotador do Brasil. Wallace, 15,  Lucão e Lucarelli (13), vieram a seguir. Mas destaco os 12 pontos de Leandro Vissotto, que começou no banco de reserva, entrou em todos os sets e foi titular no tie-break. Foram do oposto de 2,12m quase todos os pontos que evitaram uma derrota/catástrofe. Para quem não viu, o Irã chegou a ter 13 a 11. A partir daí, Vissotto marcou três vezes, enquanto Murilo deu o match point ao Brasil no bloqueio.

Mesmo com o triunfo o sinal de alerta do Brasil deve ser mantido neste início de temporada. Problemas já discutidos aqui após as partidas contra Itália e Polônia persistem. E não vai ser apenas com a volta de Wallace, que estava em férias nas rodadas anteriores, que tudo vai melhorar. As dificuldades são muito maiores do que o simples encaixe de uma peça.  E tenho dito que a preocupação deve ser o Campeonato Mundial, não as finais da Liga. Mesmo pensando que temos três meses até lá,  muitas coisas precisam evoluir para a Seleção ficar competitiva a ponto de sonhar com o pódio.

 



  • Bruno

    Ufa mesmo…Com essa “panela” já sabemos o que nos espera…Com Bruno titular e com esses ponteiros, o futuro é bem tenebroso. Tira férias Bernardinho. Essa panela tem que ser quebrada. Chega de apadrinhamento. Acorda Brasil.

  • Rodrigo Coimbra

    Não assisti o jogo pois tive que sair, mas duvido muito que o Rapha tenha saído como titular e que na hora do aperto o Bernardinho tenha o jogado para a fogueira. Não estou aqui falando que o problema é o levantantador, isso não é de hoje que pelo menos a maioria fala que o Rapha é melhor que o Bruno.
    O maior problema da seleção masculina são os ponteiros que definitivamente não temos!
    Entre os centrais a briga é boa… uns já acomodados hoje se sentem ameaçados e caso não volte a jogar será substituído.
    Libero uma vergonha!
    Oposto temos o Wallace titular absoluto com sombras, principalmente do Vissoto.
    Duvido muito que não tenha sido esse o panorama do jogo… Já não dá nem mais vontade de assistir a seleção masculina de vôlei. O Brasil ter jogo puxado contra o Irã é para vermos que o Brasil ta mal das pernas!!!

  • rodrigo

    Vou falar só uma vez bernadinho é malandro ele vai botar o rapha amanhã de titular junto com vissoto se o brasil ganhar tudo bem ser perder tambem, explico alguns querem o rapha titular e a sequencia de jogos contra o irã fora q jogando lá tem uma pressão terrível polônia fora e itália tambem fora é tudo q ele queria ou vcs acham com essa recepção horrorosa e ponteiros fracos o brasil vail ganha vai dar show, bernadinho não dá ponto sem nó o marlon foi titular copa do mundo do japão em dezembro de 2011 o brasil sofreu pra se classifica e só se classificou na entrada do bruno quando o brasil tava perdendo pra polônia por 2 set a 0 ai virou o jogo em 2012 todos queriam ricardinho de titular na liga o brasil só se classificou pq foi segundo melhor de todos os grupos e não ganhou nenhuma partida da fase final, ai se provou q ricardinho não era o mesmo e isso q vai acontecer com rapha vai entra ganha amanhã ai irã, polÔnia com todo mundo e italia classificada jogando solta. e ainda vai ter a pressão de levar o brasil a vitória e com bruno no banco sabendo se errar vai sai.

  • Ricardo

    Realmente não vai ser com o Wallace de volta que a seleção melhorará. Por mim queria ele bem longe. Faz muitos pontos até um certo momento do set, mas treme na hora da decisão (Salvo algumas exceções). Achei um disparate, numa dessas transmissões bizarras da Globo, o narrador, que aliás é insuportável e barulhento ao extremo, dizer que o Wallace para a seleção brasileira era como o Zaytsev para a Azurra. Poupe-nos! E não estou enaltecendo a seleção italiana não, pois é nossa freguesa ou era, e sim comparar a importância de um espetacular jogador como o Zaytsev para a sua seleção com a importância do Wallace para a nossa. Falando em transmissão, como é ruim assistir vôlei na Globo, sempre aquele narrador exagerado, comentaristas que não sabem fazer comentários, são rasos no assunto e olha que são ex jogadores. Tande uma negação e recentemente a atriz Cristiane Fernandes fazendo pergunta o jogo todo. E a CBV ainda recusou propostas da Record por achar ruim a qualidade emissora. Prefiro qualquer uma a Globo.

  • Lilika

    Nossa…foi perto de casa, mas graças a Deus estava trabalhando para não ver essa bizarrice… que desastre…o Irã está evoluindo sim isso é consequência acredito do trabalho que o Velasco deixou lá para o atual técnico…mas deixou claro também que nossa seleção está muito, mas muito ruim…afff rsrsrs.

  • Aline

    Sabem o q significa “MEDO DE VENCER”??? Isso q a garotada do IRAN apresentou hoje foi MEDO DE VENCER!!!
    O IRAN respeitou demais a selecao brasileira, repleta da CAMPEOES MUNDIAIS, e teve nitidamente MEDO VENCER.
    A AMARELINHA pesou. O Brasil ganhou hj no PESO DA CAMISA.
    Os iranianos tinham time e potencieaal p/vencer por 3×0, mas a estigma de venceros campeoes mundias pesou.
    Italia e Polonia nao tiveram esse MEDO DE VENCER do Iran…
    Capaz do Brasil se classificar no PESO DA CAMISA!

    • Renato

      Não seja por isso. Hoje foi 3×0 fora o baile… kkkkkkkkk

  • Kaká

    Daniel, você acertou no título do seu post. Ufa, mesmo. Que sufoco! Nunca pensei que chegaríamos a passar por isso diante da seleção iraniana, apesar do que foi dito sobre eles estarem em ascensão. Confesso que quase desisti do jogo no início do quarto set. Na verdade, parecia que o Brasil havia desistido. mas, aí, o Bernardo fez as alterações corretas e trouxe o time de volta. Murilo, mesmo não estando bem, trouxe entusiasmo ao time. Raphael e Vissotto foram essenciais. No primeiro momento, achei que o Bernardinho tirou o Bruno apenas para que a responsabilidade não caísse nos ombros dele. Mas, aí entra a questão. Até quando o banco vai salvar nosso time? Lembrando que em três ocasiões, não salvou. além do mais, a que ponto chegamos ao ter que depender de um jogador lesionado para vencer? Mesmo sendo o Murilo, se não estiver 100%, não poderá ajudar sempre. Infelizmente, nenhum dos outros ponteiros traz segurança. Lucarelli é capaz de grandes jogadas, mas capaz de perder defesas fáceis e insiste em enfrentar bloqueios. Maurício também oscila muito e cometeu erros seguidos, tanto de passe como de saque. Lipe salvou o Brasil contra a Polônia no primeiro jogo quando entrou no meio, mas quando começou como titular, não correspondeu. Os nossos centrais melhoraram um pouco, mas ainda não estão resolvendo no bloqueio. O saque está péssimo com inúmeros erros. Mas, para mim, o principal problema é o passe. Não consigo confiar no Mário Jr. Que saudades do Serginho! Como sabemos, o passe é fundamental para que as jogadas fluam. Quanto aos opostos, Wallace é um monstro, mas sozinho não consegue resolver. Vissotto é sempre uma incógnita. Quando está a fim como hoje, ninguém o segura. O problema é esse “QUANDO”. Afinal, em jogos importantes, quando começa como titular, acaba decepcionando. Enfim, Daniel, a nossa situação não é boa. Tudo bem que a Liga não é o principal objetivo este ano e o Bernardinho é um mestre. Sabe como ninguém fazer um time crescer (vide o caso da Unilever). Mas, com tantos problemas, será que deveremos ter esperanças ou seremos mais uma vez decepcionados. Resta-nos esperar e torcer para que essa fase ruim passe e possamos comemorar novamente um título mundial.

  • Bernardo

    Rapha titular!! Isso é óbvio! Só foi o Raphael entrar pra transformar o Vissoto no melhor jogador da partida. Precisamos exatamente disso: um levantador que tenha objetividade e sensibilidade.

    Mário Jr. é a incompetência em pessoa! Isso também já está suficientemente claro! Lucarelli, Maurício e Lipe devem continuar sendo experimentados. O Murilo é importante para o time, mas no banco, somente para oferecer aquele apoio psicológico, nada mais. Temos bem mais ponteiros em boas condições físicas à disposição e ávidos por uma chance na seleção.

    Isac e Eder precisam jogar, serem testados, principalmente jogando com o Rapha, ainda mais depois da campanha excelente no Cruzeiro. Lucão e Sidão não bloqueiam NADA, incrível. Sem contar que o Lucão, aparentemente, deve ter desaprendido a sacar… e só mostra algo quando joga com o seu amigo de longa data bruninho pois, sem o filho do técnico, a coisa parece sair dos trilhos…

    Conclusão: nem é uma panela que vemos em quadra e, sim, um grande tacho… e se o Iran se impuser mais desde o início no próximo jogo, conseguirá a vitória tranquilamente. Simples assim.

    Não é falta de opções que o Brasil tem, é falta de inteligência e ousadia para se estruturar uma equipe. A política interna na seleção de vôlei brasileira é uma das mais conservadoras, em que a meritocracia é sabotada e a camaradagem vigora.

    • klaus

      Lembrando que o Raphael jogou com o Vissoto no Trentino.Então ele conhece muito bem o tipo de bola do Vissoto e dá pra ver que ele acerta muito mais com o Raphael.Não sou um crítico do Bruninho, acho até injusto o que dizem dele, mas no momento o Raphael é melhor e ponto.Deve ser titular.

  • rafael

    Meu deus que decadência vertiginosa e essa!!!Alguém me responde por favor o que aquele pulha do Mauricio ta fazendo na seleção!? ate quando o Brazil vai continuar sem ponteiros passadores?Lucareli? Mauricio? Murilo? que agora e assistente técnico só! Wallace e bom jogador mas e marcável, sem libero não tem recepção já que os ponteiros “passadores” são um desastre, ai era uma vez as jogadas pelo meio.Levantador……Bruninho não ta jogando nada,Rapa não tem uma chance,desse jeito e melhor nem passar pra fase final.Tenho que perguntar novamente porque sinceramente eu queria entender: O QUE O MAURICIO TA FAZENDO NA SELEÇÃO!!!!!????

  • Edu

    Não tem mais bobo no futebol.No vólei, também deixou de ter.Colocar Wallace como figura absolutamente sobrenatural e responsável direto por trazer as vitórias a seleção segundo as declarações do Bernardo ao repórter da Globo é um despautério .Wallace é um excepcional jogador, dos melhores em atividade no Brasil, mas não entrou, ainda, na lista dos sobrenaturais do vólei mundial.Acho que rapidamente ,até mesmo, deve começar a corrigir sua biomecânica de ataque.Ela demanda uma sobrecarga absurda de energia, que não bem dosada,pode abreviar alguns meses,pelo menos, de sua bem sucedida carreira.

  • Mister Volei

    Esse Rapha deve ser mágico, ele conseguiu fazer o Leandro Vissotto Jogar.Não me lembro de Leandro Vissotto sendo tão decisivo para o Brasil desde a semifinal do Mundial de 2010 contra a Itália. Realmente ficou muito claro para todos que Rapha está em um momento muito melhor do que Bruno e Bernardinho não terá como segurá-lo no banco por muito tempo!

  • Euri

    Essa teimosia do Bernadinho tá acabando com a seleção. Alguém precisa dizer o seguinte pra ele: não importa que o Bruninho seja um ótimo levantador. O cara já está há uns dez anos na seleção. Todo mundo conhece o jogo dele. Todo mundo já marca muito bem as melhores jogadas dele. Até mesmo o inexpressivo Irã sabe como marcar o jogo dele. Isso não seria um problema muito grande se nossos ponteiros tivessem um mínimo de regularidade, mas isso não acontece. Os nossos ponteiros precisam de um levantador que possa surpreender os adversários e é por isso que a seleção tem rendido muito mais com o Raphael.
    E problema com os ponteiros ainda é resultado do péssimo trabalho do Bernadinho na transição dos jogadores. Ele se recusou a aposentar os antigos titulares quando deveria e agora nós temos um Lucareli sobrecarregado com a responsabilidade de decidir, mas sem ter a experiência que deveria ter tido como um novato na seleção. O menino já veio entrando como titular e não pôde contar com a segurança de um jogador mais experiente e em boa fase técnica dentro de quadra pra assumir a responsabilidade. Esse deveria ter sido o Murilo, que está ainda tentando se recuperar para ser titular, quando já está mais do que na hora dele ser apenas um bom e experiente reserva.

    • Renato

      Nada a ver o que tu disse do Bruno. A maioria dos jogadores de renome estão nas seleções faz tempo.. e não tem nada de que ja conhecem o jogo deles.

  • Aline

    O maior problema do Brasil e “falta de material humano”!
    O Brasil nao tem pecas de reposicao a altura dos craques q ja defenderam a selecao.
    Os unicos “fora-de-serie” do atual elenco sao:
    1. Murilo Endres, MVP Olimpico2012 e Mundial2010, porem retornando de cirurgia, nao esta ainda no melhor de sua forma.
    2. William, El Mago, levantador talentosissima q ainda nao jogou nessa Liga Mundial.
    Fora isso, o Brasil nao tem substitutos do nivel de:
    1. Nunca produziu um oposto a altura do Canha, Andre Nascimento
    2. Um libero q seja pareo p/ Sergio Escadinha
    3. Um central q realmente bloqueie com eficiencia como Gustavo Endres
    4. Um ponta q passe e ataque c/a eficiencia de Giba.
    Faltam Talentos nessa nova selecao em todas as posicoes!
    P/ tentar melhorar um pouquinho, William e Wallace tem que jogar, Mario Jr. Tem q ser cortado e tentar outro libero, Murilo tem q voltar a velha forma o mais rapido possivel. E Eder tem q ser titular!
    Lucao e Sidao nao tao jogando NADA!
    Saudade da epoca que Andre Heller e Gustavo eram os centrais titulares!

  • Lilika

    To vendo nesse momento Sérvia e Bulgária…daria dó se o Brasil estivesse nesse grupo…e sobre o jogo de hoje, sábado, só uma expressão define esse vexame: affffff….

  • Marcelo

    Cade o Rapha? Cade o salvador do Brasil? Consegui fazer pior do Bruno isso sim. E com William ganhava né? Aline chega …..o Brasi nao tem ATACANTES acorda povo…acorda. kkkk

  • paulo

    Definitivamente, essa transição de geração foi complicada. Não se substituiu à altura os nomes que por tantos anos deram títulos ao Brasil. Talvez essa seja a equipe mais fraca e limitada dos últimos tempos. Vamos esperar que alguns deles sejam lapidados e que subam de produção, caso contrário, o Brasil vai passar muitos vexames pela frente.

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo