Turquia elimina Itália e está nas finais do GP. Agora resta uma vaga para três times



A Turquia é a quinta seleção classificada para as finais do Grand Prix.

Neste domingo, ela se juntou a Brasil, Japão, China e Bélgica, após derrotar a Itália por 3 sets a 1, parciais de 25-23, 25-19, 22-25 e 25-23, com 20 pontos da capitã Sonsirma.

Com o triunfo, as turcas chegaram aos 16 pontos, atrás de Brasil (26) e China (17). A Azzurra, que perdeu Ferretti, contundida, ontem, está eliminada.

A última vaga será definida com o jogo entre Rússia (13 pts) x Alemanha (12 pts). Quem estará de olho neste confronto é a seleção dos Estados Unidos, que soma, 15. Uma vitória russa por 3 a 0 ou 3 a 1 garantirá o time de Goncharova e Kosheleva entre os seis. Já triunfo no tie-break deixará russas e americanas com a mesma pontuação, mas a vantagem ficará com o time de Karch Kiraly nos sets average.

Em caso de vitória da Alemanha por 3 a 0 ou 3 a 1, o desempate nos sets average será com os EUA. E a vantagem será alemã. Vitória da Alemanha sobre a Rússia no tie-break fará com quem as duas morram abraçadas, passando as americanas.



  • Aline

    O GRUPO DA MORTE foi o de KALININGRADO na RÚSSIA, no qual todas as seleções tinham chance de classificação até a última rodada da fase de classificação.
    Nos confrontos diretos pela classificação a Turquia eliminou a Itália por 3×1 e a Rússia eliminou a Alemanha por 3×0.
    A Rússia além de contar com o FATOR CASA, com o ginásio lotado torcendo a favor, teve a ajuda de que a revelação alemã da temporada Stefanie Karg estava fora de jogo devido a uma contusão no joelho sofrida no final de semana passado na etapa da Turquia.
    Karg vinha sendo o principal destaque da Alemanha nesse GP, se destacando nos rankings de saque, ataque e bloqueio, desfalcou a Alemanha nas 4 últimas partidas do GP.
    Nessas 4 últimas partidas sem a KARG, a Alemanha perdeu 3 e venceu apenas 1, vendo sua classificação escorrer pelo ralo.
    O caso da Itália é parecido, perdeu a central Valentina Arrighetti e, com isso, perdeu experiência e poder de fogo no saque, ataque e bloqueio e acabou sendo eliminada também na última rodada.

    • Iuri

      O problema da Italia esta longe de ser a falta que a Valentina fez nesses jogos finais. Ate pq ela nao fez tanta falta, ja que Chirichella (super revelação) e Bonifacio foram até bem. Falta PONTEIRA ali na Italia. Nao da pra querer q uma jogadora de 35 anos e titular ha quase 20 da seleção como é a Piccinini resolva tudo ali pelas pontas! E ah, a Del Core tambem nao entrou em q! É a melhor e mais regular ponteira da Italia…nao sei se machucou ou se esta sendo poupada pro mundial (ja que a Italia perdeu 3 jogadoras por lesao nesse GP!).

    • Iuri

      O problema da Italia esta longe de ser a falta que a Valentina fez nesses jogos finais. Ate pq ela nao fez tanta falta, ja que Chirichella (super revelação) e Bonifacio foram até bem. Falta PONTEIRA ali na Italia. Nao da pra querer q uma jogadora de 35 anos e titular ha quase 20 da seleção como é a Piccinini resolva tudo ali pelas pontas! E ah, a Del Core tambem nao entrou em quadra! É a melhor e mais regular ponteira da Italia…nao sei se machucou ou se esta sendo poupada pro mundial (ja que a Italia perdeu 3 jogadoras por lesao nesse GP!).

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo