Três dias em SP. Três jogos na TV aberta



Bom dia, galera. Depois de uma hora de voo, já estou em São Paulo, minha casa nos próximos dias.

O fim de semana de folga foi trocado por um fim de semana de trabalho no Grand Prix. No Ibirapuera, vou ver de perto a Seleção Brasileira na segunda etapa da competição. Quem vai estar no ginásio?

Não vai ser nada fácil manter a invencibilidade enfrentando Coreia do Sul (amanhã, 14h45), Rússia (sábado, 10h) e Estados Unidos (domingo, 10h). Mas, para quem está buscando testes de verdade para o Mundial da Itália, em setembro, a programação é das mais adequadas. Um time asiático com uma atleta fora de série (Kim) e as duas maiores rivais do Brasil na atualidade.

Outro ponto importante do fim de semana é a presença dos três jogos na grade de programação da Globo. Vôlei na TV aberta e de muita qualidade. O esporte e seus fãs têm muito a ganhar.

 



  • Afonso RJ

    Agora sim vamos ter uma amostra da pedreira que vem pela frente…
    E excelente a notícia de vôlei pela TV aberta. Só espero que coloquem um locutor decente (principalmente um que não grite o tempo todo, que saiba o nome das jogadoras e que todo o saque não seja “viagem balanceado”, seja lá o que isso signifique)… Comentaristas que não fiquem o tempo todo se repetindo, e o que é pior: repetindo abobrinhas… E que os diretores de imagem não fiquem insistindo em transmitir quase a metade dos pontos com a câmera do fundo de quadra.
    Vamos torcer. Em dobro: pela seleção, e para que a transmissão seja no mínimo decente e não a vergonha e o horror em todos os sentidos que tem sido as últimas.

    • Ricardo

      Concordo com tudo! É irritante assistir vôlei na Globo. E o pior é que a CBV já recusou ceder os direitos de transmissão da Superliga a outras emissoras por não achar de boa qualidade a cobertuda delas. Conta outra! Depois de tantos escândalos, os motivos devem ser outros.

      • wms

        Estamos na torcida, em ambas as citadas.

    • Jairo(RJ)

      Afonso, por vias de dúvida, melhor manter a tv sem som. Acho muito difícil não termos Luis Carlos Jr narrando e para completar, Tande e Giba nos comentários. Tá bom para você?

      • Afonso RJ

        Arrrrrrrghhhhhh!!!! Esse time é de lascar. Prefiro mesmo o MUTE!!!!

    • hicham

      Afonso concordo com você.Particularmente para mim detesto o Tande como comentarista(ele como jogador foi ótimo-como comentarista não passa de um bobalhão que nem sabe se expressar direito-concorda comigo? òtimo que os jogos vão passar em tv aberta (quanto mais divulgação e torcida para o nosso vôlei-melhor,né ?)Abraços…

    • Victor Hugo

      E qdo o narrador qr dar uma de professor… Prestem atenção em qtas vezes ele usa “se configura” pra ficar falando de toque na rede, invasão na linha dos 3 e outras infrações… Entendo q muita gente n está familiarizado com algumas regras do vôlei mas ele irrita de tanta explicação desnecessária! Estamos falando de um esporte onde o Brasil já ganhou 3 títulos olímpicos e mais outras 5 medalhas, não da pra subestimar tanto assim a audiência!

    • Marcio Fu

      Na semifinal da Superliga feminina, no jogo transmitido pela Globo, Tande falou tanto em “sensibilidade do atleta” que no fim eu queria colocar todos em uma redoma de vidro, bem protegidos.

      Dos ex-atletas ou atletas em atividade comentaristas gosto muito da Jackie, do vôlei de praia (mesmo quando ela comenta de vôlei de quadra) e a Carol Gattaz. Fofão entrou muito bem quando fez comentários nos últimos anos, e Marcia Fu foi uma surpresa no mundial de 2010. Vamos ver se Fabi dá conta do recado (ou se a Globo fez um bom media training).

  • Caco

    Olá, pessoal! Me desculpem estar fora do assunto desse post.
    Ouvi dizer que o Leal está em processo para tirar a cidadania brasileira, o que o permitiria jogar pela nossa seleção, inclusive nas Olimpíadas do Rio. O que vocês acham sobre isso?
    Não temos tradição em naturalizar jogadores como a Itália. Vocês acham fora de propósito ou não? Trata-se, ao menos, de um grande jogador.

    • klaus

      Não vejo problema algum.Se não me engano é casado com uma brasileira.Nosso vôlei está carente de ponteiros nesse momento e ele além de ser um grande jogador é jovem e poderá atuar pela seleção por muitos anos.Nesse momento complicado do vôlei brasileiro a última coisa que podemos deixar é que nossa seleção caia de rendimento como ocorre com a Sérvia.Leal e Lucarelli são jovens e o Brasil teria tempo de lapidar novos ponteiros.Estou nessa expectativa da naturalização à dois meses e espero muito que ocorra.

    • Aline

      Conheço o SIMPATICÍSSIMO LEAL, e posso garantir que ele é PRATICAMENTE UM MINEIRO NATO! Leal adora Minas Gerais e o Cruzeiro! Leal têm voleibol para jogar em QUALQUER GRANDE EQUIPE EUROPEIA ganhando em EUROS, mas adora o Brasil!!!
      Ótima ideia LEAL na SELEÇÃO BRASILEIRA! Com LEAL numa ponta e MVP OLÍMPICO MURILO na outra não tem pra ninguém!

      • Caco

        Klaus e Aline, penso algo parecido com vocês. Também acho que seria um ótimo reforço.

  • Julio – SP

    Vou estar no Ibirapuera no jogo contra Russia (Sábado). Creio que este será o jogo mais dífcil. Embora os Estados Unidos tenham a volta da Larson e esterá melhor ofensivamente neste fim de semana. Com certeza os três jogos serão muito complicados e verdadeiros testes de níveis para o Brasil. mas EU ACREDITO na invencibilidade…

  • giorgio
  • Rodrigo Coimbra

    Que a Fabizinha esteja comentando os jogos no lugar do horrível Tande, e que o narrador acerte o nome das jogadoras!
    Não poderia começar melhor, sexta enfrentar a Kim, para se calibrar para grandes desafios!
    Sábado terá a maior prova, enfrentar o principal rival do Brasil, que a Sheilla se inspire ou que a Tandara volte voando, pois a Fernanda Garay não dará conta de carregar a seleção nas costas só quando o passe não sair. A Malihk é uma realidade, ainda muito jovem trará muita dor de cabeça a seleção, não é uma Gamova mas segura o pepino.
    Já no domingo tem a não menos perigosa EUA, Larson no auge só resta saber se está no ritmo (mesmo caso da Tandara), até hj não entendo o pq da capitã Kristin bancar, certo que novos talentos (Kim e Robson) é necessário mas para ganhar tem que pôr o que tem de melhor!
    Com certeza teremos grandes jogos!

  • Rubro Negro

    Fico feliz de ver o vôlei em TV aberta. É uma excelente oportunidade para o grande público assistir belíssimos jogos, principalmentes aqueles que não dispõe de TV por assinatura. Entretanto, concordo com o colega que criticou a narração e os comentários de alguns profissionais que parecem que não se preparam adequadamente para cobrir o evento. O Luiz Carlos Júnior pode ser excelente para narrar futebol, mas para o vôlei eu acho que ele deixa muito a desejar. Grita muito e em toda partida que ele narra vem com a tal “china atrás” e a tosca explicação “china é a jogada em que a atleta se desloca para trás da levantadora e salta em uma perna só”…. Isso sem falar no Tande que confunde Adenizía com Fernanda Garay. Um show de horrores. Lamentável!

    • hicham

      Ótimas observações Rubro Negro. Deveriam era chamar o Marcelo Negrão ou o Maurício Lima para comentar no lugar do Tande que é pessimo´. Os ex-jogadores citados por mim(já comentaram na Bandsports e tv Record e tem um repertório de comentários muito mais inteligentes e vastos do que o Tande. Já o Luiz Carlos jr. é repetitivo e patético.Enfim quem não tem cão caça com gato mesmo…

  • Aline

    Este final de semana vai ser muito puxado, vamos enfrentar KIM(Coreia), RÚSSIA e EUA
    Giovanni Guidetti, técnico da Alemanha, em entrevista coletiva, após um jogo duríssimo em que a Alemanha perdeu de 3×1 para KIM VOLEIBOL CLUBE, vulgo COREIA, desabafou:
    “Eu acho que Kim Yeon-Kung é a melhor jogadora do mundo”… “Eu não vi ninguém como ela nos últimos 30 anos.”
    KIM não foi eleita MVP OLÍMPICA à toa, na campanha de Londres, ela foi a grande responsável por levar a COREIA à semifinal do torneio. KIM é a FAZ-TUDO na COREIA: SACA com muita potência, defende como uma oriental(que ela já é), ATACA com eficiência de TODAS AS POSIÇÕES, é ALTA E BLOQUEIA muito e, ainda por cima, ASSUME O PASSE.
    KIM tem o SEGUNDO MAIOR SALÁRIO DO MUNDO, O MAIOR SALÁRIO é da GAMOVA e o TERCEIRO MAIOR da CAROLINA COSTAGRANDE.

  • Aline

    Mesmo com grandes desfalques: a Capitã Fabiana Claudino e a oposta Monique Pavão que estão jogando o GP pela seleção, o SESI conseguiu se classificar para a sua QUARTA FINAL em 2014. Depois de ser finalista da COPA BRASIL, da SUPERLIGA e do SUL-AMERICANO, do qual se sagrou CAMPEÃO, o SESI agora está na FINAL DA COPA SÃO PAULO.
    O SESI conseguiu sua classificação à final após vencer o Uniara/AFAV em Araraquara, com ginásio lotado e torcida contra em plena casa do adversário.
    Os destaques da vitória foram a levantadora Carol Albuquerque, em excelente fase, usou bastante as centrais Bia e Bárbara Bruch, a ponteira Pri Daroit, que foi a maior pontuadora do jogo com 17 pontos.
    Bia inspiradíssima, com 7 pontos de bloqueio está voando, pena que pediu dispensa da seleção brasileira, pois depois de Fabiana e Thaísa, a novata Bia parece ser a maior revelação no meio-de-rede brasileiro.
    O técnico Talmo de Oliveira disse estar duplamente feliz. “Primeiro porque foi uma partida com todas as jogadoras bem mais entrosadas, um equilíbrio bem melhor. E segundo, por estar coroando o trabalho com mais uma final do SESI em 2014.”
    O time titular do SESI foi Carol Albuquerque, as ponteira Mari Cassemiro e Pri Daroit, a oposta Liz,as centrais Bia e Bárbara Bruch e a líbero Suelen.
    A grande final será contra o Pinheiros,em 26/08, que se classificou à final depois de um jogo duríssimo contra o São Caetano/São Cristovão Saúde por 3×1.
    O Vôlei Brasil Kirin do Capitão João Paulo Bravo foi o grande campeão da COPA SÃO PAULO MASCULINA ao vencer por 3×2 o SESI de Théo,Marcelinho e Serginho.
    Além de J.P.Bravo,os grandes destaques da final foram o central Gustavão e o levantador SAndro.

    • Afonso RJ

      Muito bom o post. Excelente para informar pessoas como eu, que gostam de volei mas não podem acompanhar tudo de perto. Obrigado.

  • Barney

    Vou estar nos 3 jogos!
    Desde 2012, em São Bernardo, venho acompanhando a Seleção Feminina de perto.

    Mais animado do que poder ver jogos contra a seleção americana e russa, que já vi em Campinas no ano passado, estou em poder ver a Kim jogar! Primeiro jogo contra a Coreia pós-Londres.
    Como um grande admirador de vôlei, vê-la jogar nos três dias vai ser muito especial e empolgante pra mim.
    Fabiana e Thaisa vão vir com todo o sangue e raça pra conseguir bloquear ela, vai ser demais!

    E pela primeira vez, vou ver a seleção jogar com essa formação titular (de atacantes) que conquistou o ouro nas Olimpíadas.
    No GP de 2012 tinhamos Paula e Jaque nas pontas e Fabíola de titular e no ano passado só a Garay e a Dani eram titulares na etapa brasileira.

    Se sair com 100% de aproveitamento, tem a vaga nas finais garantidas!

    • hicham

      Que legal Barney. Torça bastante mesmo.A Kim da Coréia é mesmo uma grande jogadora e também amiga do José Roberto(técnico) e também de algumas jogadoras do brasil. Quem sabe ela possa vir a jogar na nossa Superliga nos próximos anos. Seria o máximo,não ? Abraços…

  • FORA REDE GLOBO

    As transmissões da desgraça da Rede Globo são um lixo. Me dá vontade de vomitar quando assisto. Piorou quando colocou aquela atriz idiota, com as suas perguntas tolas.

  • hicham

    Arriscarei os meus palpites: Brasil 3×0 Coréia-Brasil 3x1Rússia e Brasil 3×1 Eua. O brasil esta jogando muito bem. Espero que o Brasil detone a Rússia principalmente com aquela Goncharova idiota (nos últimos confrontos com o Brasil resolveu afrontar as brasileiras na rede-vide as cubanas da década de 90-aquela sim uma grande equipe na época) Ela não joga nem metade do que jogou Miréia Luís-Ana Moser e a Gamova ou Sokolova da sua própria equipe) Enfim é mais uma paspalhona.Espero que ela leve muitos tocos do Brasil e volte para a Rússia com o rabo entre as pernas… Abraços ao Daniel e à todos do blog. Passo aqui todos os dias e gosto de ler todos os comentários.Vocês todos são como uma segunda família para mim. Tchau e até mais.

    • Afonso RJ

      Concordo com você que a Goncharova/Obmochaeva é uma carne de pescoço, mas convenhamos… é uma gata, né? 🙂

      • hicham

        Afonso concordo com você sim que a Goncharova é gata(muito bonita por sinal)mas como jogadora não é la essas coisas toda não.Antes das provocações ela sempre jogava séria e não provocava nenhuma jogadora brasileira.Se ela entrar numa de provocar alguém no Ibirapuera(Brasil) com certeza será muito vaiada e o jogo com certeza esquentará.Quanto á Kosheleeva,sinto que ela não evoluiu em nada desde o tempo em que ela era juvenil.Mas é uma boa jogadora.Você concorda?

        • Afonso RJ

          Goncharova provavelmente vai ser vaiada logo de cara pelo retrospecto. Nem precisa provocações. Mas eu, pelo menos, estarei vaiando por fora mas aplaudindo por dentro (se é que me faço entender) 🙂
          Quanto à Kosheleva discordo. Não a acho uma boa jogadora não. Acho ótima 🙂

  • Mister Volei

    Daniel, mudando para o vôlei masculino voçê sabe se é verdade que o cubano Yonady Leal está realmente se naturalizando para defender a seleção brasileira, já que não há atualmente opções de ponteiros de nível para a seleção?

  • Diogo

    Pra mim ver os 3 super jogos desse semana no Ibira seria muito melhor q ter folga kkkk

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo