Torcedor começa ganhar a devida atenção no Brasil



Com atraso, mas muito bem-vinda.

Assim vejo a mobilização de vários participantes da Superliga para melhorar as condições dos torcedores que costumam frequentar os ginásios Brasil afora.

E soube que CBV está desenvolvendo um projeto para se aproximar dos torcedores durante a Superliga. O lançamento deve acontecer em breve. Voltarei ao tema futuramente ao publicar uma entrevista que fiz com Ricardo Trade, o CEO da entidade.

Abaixo separei alguns dos bons exemplos, que unem a comodidade do torcedor, práticas modernas de venda de ingresso e ações de ativação com patrocinadores.

Brasil Kirin no duelo com Copel Telecom/Maringá.  Ações em prol do torcedor (Divulgação)

Brasil Kirin no duelo com Copel Telecom/Maringá. Ações em prol do torcedor (Divulgação)

  • O Rexona-Ades passar a fazer venda online de ingressos para as suas partidas como mandante. A comercialização começou nesta terça para a estreia na próxima sexta-feira (13/11), às 21h30, no ginásio do Tijuca, diante da equipe do Renata/Valinhos. A venda é feita pelo site http://www.guicheweb.com.br/rexonaades. Caso a venda online não esgote todas as entradas, a física será feita no dia da partida, a partir de 19h30, com preço de R$ 20 (cadeira) e R$15 (arquibancada). Estudantes, maiores de 60 anos, jovens de até 21 anos, pessoas portadoras de deficiência, profissionais do ensino público e jovens de 15 a 29 anos inscritos no CadÚnico terão direito a meia entrada mediante comprovação de documentos.
  • O Rio do Sul/Equibrasil repete a estratégia de venda de carnês para toda a temporada. Por R$ 165 o torcedor adquire 11 ingressos para os jogos entre novembro e março. No dia de cada jogo o bilhete avulso sai por R$ 20.
  • Já o Brasil Kirin preparou uma série de ações apoiadas pelo patrocinador que mantém o projeto.  A primeira é o Cupom do Craque. Na partida contra o Minas, o torcedor que levar R$ 30 em cupons fiscais de compras de produtos da linha Viva Schin da Brasil Kirin, receberá uma pulseira e terá oportunidade de entrar na quadra após o jogo e conhecer de perto os craques do time campineiro, tirar fotos e coletar autógrafos. No sábado, contra o Montes Claros, acontecerá o “Torcedor Juntos”. Os torcedores que se organizarem e comparecerem em grupos de 20 pessoas ganharão camisas. Os nomes deverão ser enviados para o email lista@voleibrasilkirin.com.br até a véspera do jogo (11). Antes da partida, o fã troca o ingresso normalmente e se apresenta com os convidados para a promotora e recebe os brindes. Ainda, o Torcedor Sustentável, que dá brindes aos torcedores que mais comparecerem ao Taquaral, terá continuidade. Para isto, é só levar duas embalagens vazias no ato da troca de ingressos para sair com uma cartela e um carimbo. O torcedor do time campineiro que juntar quatro marcas na cartela ganha um squeeze. O fã do Vôlei Brasil Kirin que conseguir oito carimbos leva uma ecobag sustentável e aquele que completar a cartela com onze recebe uma mochila sustentável.
  • O Minas lançou a promoção SuperFã! Ingressos para toda a primeira fase + prioridade nos playoffs + camisa oficial. Venda pelo site www.ingressorapido.com.br e no centro de atendimento do clube, em BH.  O valor é R$ 140.
  • Por fim, cito a série de ativações feitas pelo Vôlei Nestlé nesta temporada. A multinacional lançou, em setembro, a Promoção Vida em família faz bem, reunindo todas as marcas da companhia, em uma ação que vai distribuir mais de 6 milhões de reais em prêmios e mais de 6.300 vale-compras, nos valores de R$100, R$300 e R$1.000. Até dezembro o Vôlei Nestlé participará da ação.  Nos últimos meses as jogadoras participaram de várias das ações, com camisas diferentes a cada jogo e lançamento de ilustrações das atletas como mascotes.


MaisRecentes

Vaivém: “Mal acostumado” pelos títulos, torcedor do Sada/Cruzeiro está desconfiado



Continue Lendo

Esperava um jogo tecnicamente melhor no Mineirinho



Continue Lendo

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo