Toda ajudinha é válida



Sem sustos, o Brasil passou pela Tailândia e segue 100% no Mundial. Além da vitória, a boa notícia é que os rivais também está ajudando o time de Zé Roberto.

Com o triunfo da Itália sobre a Alemanha, a diferença entre a dupla de invictos Brasil/Estados Unidos para os demais concorrentes pelas vagas na semifinal aumentou. Agora, são dois pontos para o bloco com Holanda/Itália/Alemanha.

Caso o time brasileiro passe por Cuba na próxima rodada, a classificação poderá acontecer até com duas derrotas nos jogos seguintes, contra alemãs e americanas. Como a derrota vale um ponto, dois tropeços fariam com que o Brasil, ao menos, empatasse em pontos caso alguma seleção do trio que divide o terceiro lugar vença todos os jogos até o fim da segunda fase. Aí a classificação seria definida nos pontos average.

Em resumo: o Brasil está muito próximo da disputa pelas medalhas no Mundial.



MaisRecentes

Coluna: Como é estranho ver eliminações em série do Sada/Cruzeiro



Continue Lendo

Coluna: Está na hora de o Brasil olhar mais para “fora”



Continue Lendo

Coluna: Retrospectiva de A a Z do vôlei em 2018



Continue Lendo