Time de Osasco passará a se chamar Sollys/Nestlé



Segundo o site Máquina do Esporte, do competente amigo Erich Beting, a Nestlé, detentora da marca Sollys, pediu uma mudança no nome da equipe feminina de Osasco.

Abaixo, segue abaixo trechos da reportagem assinada por Eduardo Lopes:

No fim de março, a Nestlé anunciou que havia renovado por mais um ano com o time de vôlei de Osasco, assegurando a presença da equipe em mais uma Superliga. No entanto, o acordo envolvia uma mudança no naming right adquirido pela empresa. A partir da próxima temporada, o time deixa de se chamar Sollys/Osasco para se chamar Sollys/Nestlé.

A Nestlé chegou à equipe em 2009, quando o momento do clube não era bom. Após perder o aporte do Bradesco, o time foi sustentado por um grupo de empresários de Osasco. A empresa viu então uma oportunidade para divulgar uma marca recém-lançada, a Sollys, voltada para produto à base de soja.

A divulgação da Sollys não foi um problema já que, segundo a empresa, as vendas subiram e estiveram nos níveis esperados nesses anos. No entanto, havia um problema para a marca, como afirmou o gerente de marketing da Nestlé, Danilo Pires.

– Nós queremos dar uma maior associação da Sollys à Nestlé. As pessoas ainda não ligam as duas marcas 0 afirmou.

Dessa maneira, a Nestlé garante de antemão a permanência no vôlei, especificamente em Osasco. Apesar de os contratos serem anuais, o plano é renovar mais uma vez em 2012, o que faria com que a marca completasse quatro anos na Superliga.

Na próxima semana, o Sollys/Nestlé entra em quadra com a nova marca. Trata-se do Sul-Americano de clubes.

Veja a matéria completa: http://www.maquinadoesporte.com.br/i/noticias/patrocinio/21/21576/Sollys/Osasco-tem-nome-alterado-a-pedido-da-Nestle/index.php



  • Afonso (RJ)

    Boa a notícia a manutenção do contrato e a garantia de uma equipe importante e já com tradição na superliga. Pena que certamente a TV vai continuar chamando de “equipe de Osasco”.

    • Diogo Márcio

      Pode ser que não, no caso do Sportv o patrocinador da superliga é o Sollys. Entretanto, se ele deixar vai ser ‘osasco’ msm – estranho que eles chamam ‘Sesi-SP’, é não apenas ‘são paulo’.
      Nestlé um grande patrocinador de times de vôlei, já tem 4 títulos (1 pelo Sollys + 3 pelo Leite Moça) ;D

  • tigrao

    Acontece que a ridicula da GLOBO só chama o time pelo nome de suas cidades-sede.

  • AJ

    A Nestle, se passar mais tempo, deveria fazer como a Unilever, colocar o nome da empresa. Essa linha corporativa traz mais retorno. Depois que o produto torna-se conhecido, como Rexona ficou, associar esporte a empresa como um todo é mais vantajoso.

  • Grace

    Não vai fazer diferença alguma o nome! Vão ser vice de novo mesmo. hahahahaha

  • Mauricio

    Sollys/Nestlé será sempre Osasco. A não ser que a Netllé pague uma cota para a Globo anunciar a marca e/ou o produto, daí não haverá problema. O SESI é chamado assim porque é um”serviço social da indústria”, sem um produto ou marca sendo vendidos, de certa maneira.

    Agora, Nestlé é concorrente direta da Unilever no mercado brasileiro. O embate dessas duas empresas, no vôlei, é favorável à Unilever. Será que a Nestlé vai continuar mantendo uma equipe caríssima se o Osasco ir mal das pernas este ano novamente? Afinal, já foram tantas finais perdidas, mais a sua estrela (lembrem-se que a Natalia Zilio era garota-propaganda do Sollys, na tv) que “pediu” para mudar para o Rio!

    Pelo que temos visto, Unilever e Volei Futuro tem leve favoritismo este ano, seguido pelo Osasco e Sesi.

    Sei não…

    • Diogo Márcio

      Vlw pela informação ;D

  • simone de azevedo vieira

    Boa tarde ! Gostaria de saber como eu faria, para minha filha de 12 anos participar dos treinos de voleibol/basquetebol, através de vcs. Se existe uma taxa, qual o valor, horários e se recrutam iniciantes.

    Obrigada !

    • parizoto

      A fundação Bradesco tem no bairro do Jardim Cipava um excelente complexo voltado para o ensino do volley, este bairro fica em Osasco,ok?

MaisRecentes

Seleção masculina terá logística complicada na Liga das Nações



Continue Lendo

Seleção feminina jogará em Barueri na Liga das Nações



Continue Lendo

Sábado dos visitantes na Superliga masculina



Continue Lendo