Thaisa se destaca de novo, Brasil bate Cuba e fará final da Copa Pan-Americana



O fim de semana tende a ser glorioso para o vôlei brasileiro.

Na noite desta sexta-feira, a Seleção feminina se classificou para a final da Copa Pan-Americana, ao bater Cuba por 3 sets a 1, parciais de 25-19, 25-14, 26-28 e 25-15), em Ciudad Juárez, no México.

Mais uma vez, a central Thaisa se destacou e já pode ser considerada o grande nome do torneio. Ela foi a maior pontuadora do confronto, com 18 pontos (12 de ataque e seis de bloqueio).

O adversário das brasileiras sairá da partida entre Estados Unidos e República Dominicana. A final será no sábado, às 23h (de Brasília).

Confesso que o live stream (se é que podemos chamar aquilo de transmissão) me impediu de ver o jogo. Quem teve sucesso e coragem para encará-lo pode ficar à vontade para comentar com maior profundidade a atuação brasileira.



  • Nossa no 3° Set foi o mais emocionante , cubanas cravavam , e afronte na rede delas com Thaisa , Garay brilho 14 pontos , sheila tbm 13 pontos. Paula q nao vinha nada bem mostrou o bom passe , passava todas as bolas perfeitas , e no atque caprichou e virou varias bolas! Fabi defendeu muito , as meios Thaisa a melhor de novo , Fabiana podia ter sido melhor. Mais foi muitoo bom o jogo!

    • Diogo Márcio

      Se a Jack tivesse ela afrontava as cubanas, gritando! kkkkkk

  • Afonso (RJ)

    Daniel, concordo totalmente com você que é difícil assistir ao jogo com uma transmissão daquelas. A gente não vê direito as conclusões das jogadas, fica difícil reconhecer qual jogadora participa do lance, e muitas vezes a gente só sabe de quem foi o ponto pelo gestual do juiz. Nessas condições, acho que comentar o jogo pode ser uma temeridade, ou um exercício de “chutologia”.

    Confesso que não assisti ao jogo inteiro, mas o que posso dizer, de forma geral, é que foi mais ou menos aquilo que a gente está acostumado a ver num jogo de Brasil x Cuba: As brasileiras com melhor recepção e defesa (mais volume de jogo) e as cubanas com ataque forte mas o passe MUITO ruim.

    O Brasil dominou o jogo inteiro, e só deu bobeira no terceiro set, quando relaxou e deixou as cubanas abrirem boa vantagem no placar. Mesmo assim tentou a reação e quase chegou lá. As cubanas para vencer tiveram de passar dos 25 pontos. É a tal síndrome do terceiro set.

    As transmissões da Yeltsin Cup estão profissionais (a imagem, pois a narração deixa a desejar), e mesmo eu não tendo a Band Esportes e assistindo os jogos no computador, consigo acompanhar legal. Para quem quiser assistir, tem as partidas na íntegra no You Tube.

    Para ver, coloque na pesquisa do google “cl4udiobraz” (repare que tem um “4” ao invés de “a”) e escolha “vídeos”. Para maior precisão, procure pelos vídeos da última semana. Tem Brasil contra Holanda, Polônia e Ucrânia.
    Aliás, tem também na íntegra as partidas do masculino. E, para quem quiser, tem também muitas das principais partidas da última superliga. Os play offs e finais tem todos.

  • Paulinho

    Eu vi o jogo do começo ao fim, sem travar pela primeira vez. (milagre).

    Dani Lins: Jogou muitíssimo bem, fintando e sabendo dar bola para a jogadora certa no momento certo, além de sacar bem.
    Sheilla: Jogou um pouquinho abaixo do que apresentou nas outras partidas, mas mesmo assim jogou bem. Acredito que pelo fato das outras jogadoras terem colaborado mais nesse jogo, ela não precisou carregar o Brasil nas costas(De novo)
    Fabiana: Jogou bem, mais pode jogar melhor, principalmente no ataque. Fez bon pontos de bloqueio porém errou muitos saques.
    Thaissa: A melhor do jogo, não so atacou bem como bloqueeou melhor ainda, e encaixou ótimos saques. Somente foi mal em um momento do jogo quando tomou dois tocos seguidos.
    Paula: Uma das melhores partidas dela, rodou bola quando solicitada, o fundo de quadra também estava muito bom e não comprometeu.
    Garay: A segunda melhor do jogo. Com muito vigor físico rodou bola de tudo quanto foi lado e ainda bloqueeou muito bem!!!
    Fabi: Jogou bem tb, tocando na defesa e passando com regularidade.

    Pra mim foi o melhor jogo do Brasil no campeonato, principalmente pq as outras jogadoras não usaram a Sheilla como muleta. Só não entendo a entrada da Suelle, que saca mal e não tocou em nenhuma bola na defesa…mas enfim…

    • Diogo Márcio

      #Destaque para PP4 (foi muito boa mesmo)
      #Resenha do jogo foi a bola que o Brasil passou de graça e as cubanas não conseguiram colocar em jogo kkkkkkkkkkkkkkk

  • Vitor

    O Brasil jogou bem e esteve quase sempre muito tranquilo no jogo. Tirando um pequeno vacilo no 3º set, onde a recepção não foi boa e a Dani teve dificuldade de encontrar a melhor a opção e Cuba aproveitou pra crescer no bloqueio. Dos 8 pontos de bloqueio de Cuba na partida, 4 foram seguidos naquele 3º set.
    Destaque mais uma vez pra Thaísa, destaque absoluto do Brasil nessa competição. Sempre com muita personalidade, virando 90% das bolas recebidas e bloqueando muito. Fico feliz também em ver que a Sheilla não foi tão importante nessa partida. Isso significa que a recepção estava boa e a Dani pode distribuir com tranquilidade. Aliado a isso, Paula e Garay estavam muitíssimo bem na partida. Com destaque para o fundo de quadra da Paula, que operou verdadeiros milagres na defesa.

    E pra quem acompanhou o jogo, o que eram os gritinhos de uma torcedora que estava perto da câmera? “ARRRRRRRRRRRIBA CUBAAAAAAAAAAAAAA” Era de doer os ouvidos. rs

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo