Vaivém: Com Thaísa, Hinode/Barueri pode sonhar alto



O Hinode/Barueri vai apresentar, nesta quinta-feira, a central Thaísa e a oposto polonesa Skowronska. O evento acontecerá antes da partida contra o Renata Valinhos, às 19h30, no Ginásio José Correa, em Barueri.

Dois reforços para colocar o time de José Roberto Guimarães entre os favoritos ao título da Superliga caso atendam uma condição: a recuperação física após a cirurgia de joelho realizada por ambas.

Thaísa com a camisa do novo time (Divulgação)

Thaísa, liberada do vínculo com o Eczacibasi nesta temporada para poder se recuperar no Brasil, mantém a forma física no Centro de Treinamento Sportville há cerca de um mês e entra na fase final de recuperação da sua lesão no tornozelo.

– O Zé Roberto foi o primeiro a me ligar e me dar apoio quando me lesionei​ na Turquia​. Ele sempre se manteve próximo, em contato, e fez o máximo por mim, então isso pesou muito na minha escolha. E também o fato de jogar com ele há tantos anos na Seleção. Agora teremos a oportunidade de jogarmos junto em um clube, o que nunca aconteceu antes. É enriquecedor – avalia Thaísa.

A central ainda comentou a presença de Skowronska e de Jaqueline, que já estreou pelo Barueri.

– A equipe deu uma fortalecida, fiquei bem feliz. Achei ótima a chegada d​as meninas​. Ter jogadoras experientes fortalece ​o time e ajuda ​as mais novas a ganhar experiência. ​N​osso objetivo, além dos resultados em quadra, é ajudar as mais novas a evoluir.

Sobre a recuperação da lesão, Thaísa tem apoio de José Elias de Proença, preparador físico da Seleção. Ela faz um trabalho específico com ele para recuperação das habilidades funcionais no Centro de Treinamento Dois Andares, em São Paulo. Após quatro meses da cirurgia, já é possível ver uma grande melhora na recuperação.

Trabalho de Thaísa com Zé Elias (Divulgação)

– Estou andando normal, subindo e descendo escada normal. Descer era impossível, eu não conseguia. Consigo sentar e levantar. Fazer coisas normais do dia a dia que estavam muito difíceis, que eu não conseguia fazer. Eu estava totalmente limitada – ressaltou.

As habilidades funcionais da Thaísa estão sendo resgatadas baseada no método desenvolvido por José Elias, que está estruturado a partir das orientações de metodologia globais.

– Dessa forma, você trabalha exercícios que se relacionam com as funções do nosso dia a dia e, pela combinação de movimentos, aumenta o desafio com o passar do tempo. Como exemplo, podemos utilizar os exercícios que se baseiam no andar, utilizando o equilíbrio em uma perna só, depois a corrida, utilizando elásticos para aumentar a tração e a força muscular. O colchão, que foi uma técnica utilizada na recuperação da Ana Moser, também está sendo aplicado no treinamento da Thaísa. O colchão Dois Andares melhora a relação do corpo com a gravidade nas funcionalidades fundamentais como caminhar, agachar e subir escadas – explica Zé Elias.

A previsão para Thaísa voltar às quadras é dezembro. Para que a recuperação ocorra rapidamente, a atleta está treinando todos os dias da semana com acompanhamento de seu personal trainer, Denis Nascimento, está realizando o treinamento funcional duas vezes por semana com José Elias na Dois Andares e também passando por fisioterapia com o profissional Fernando Fernandes, que também é da Seleção.

 



MaisRecentes

Agora líbero, Murilo volta a ser relacionado após 8 meses



Continue Lendo

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo

Após virada incrível no 3º set, Minas avança na Copa



Continue Lendo