Thaisa desabafa após estreia na Copa Pan-Americana



O Brasil estreou com esperada vitória na Copa Pan-Americana feminina, em Santo Domingo, na República Dominicana, neste domingo. Um óbvio 3 a 0 sobre o México, parciais de 25-21, 25-19 e 25-17.

Para uma jogadora a partida foi mais do que especial. A central Thaisa foi titular e ficou em quadra o tempo todo. Prova da recuperação da delicada cirurgia no joelho, no ano passado.

– Vocês não sabem a felicidade que estou sentindo nesse momento… Deus operou um milagre em minha vida (joelho) que através do meu médico Luiz Eduardo Tírico me operou para honra e glória do nome Dele! Ouvi tantas coisas horríveis, que nunca mais voltaria a jogar, que seria um milagre se conseguisse saltar novamente, que o joelho não aguentaria mais deslocar, fim de carreira e por aí vai… – desabafou a bicampeã olímpica nas redes sociais.

Vocês não sabem a felicidade que estou sentindo nesse momento… Deus operou um milagre em minha vida (joelho) que através do meu médico Luiz Eduardo Tírico me operou para honra e glória do nome dEle! Ouvi tantas coisas horríveis… q nunca mais voltaria a jogar. Que seria um milagre se conseguisse saltar novamente…que o joelho nao aguentaria mais deslocar…Fim de carreira…. E por aí vai… Mas não eh que o "milagre" realmente aconteceu, com base no esforço, empenho, mta Fé, com a ajuda de pessoas muito importantes que me deram a mão no momento mais difícil da minha vida!!! E com mta luta, muita dor, depois de mtas lágrimas e noites sem dormir, tenho a alegria de dizer q estou aqui, com a nossa amada "Amarelinha" já usei e honrei durante 12 anos da minha vida (até machucar). Sei q ainda tenho muito a melhorar e muito que correr e lutar, mas a felicidade q não cabe no peito de estar voltando… E estar superando cada pedra…Cada obstáculo que apareceu no meu caminho!!!! Obrigada meninas pela força… pela paciência e carinho com a "tia" aqui!!! Hehehehe 😍😉🇧🇷😊🤩🤩🤩

A post shared by Thaisa Daher 🥇🥇 (@daherthaisa) on

O bloqueio, uma das especialidades de Thaisa, foi responsável por 11 pontos do Brasil no jogo. A oposto Bruna Honório foi maior pontuadora do confronto: 16

– Sei que ainda tenho muito a melhorar e muito que correr e lutar, mas a felicidade q não cabe no peito de estar voltando – finalizou Thaisa.

Bruna em ação pelo Brasil diante do México (Divulgação)

Além de Thaisa e Bruna Honório, o técnico Wagão escalou Dani Lins, Fran, Edinara, Maira e a líbero Tássia.

Nesta segunda-feira, o Brasil enfrentará a Colômbia, às 15h (horário de Brasília). A competição classifica os cinco primeiros para os Jogos Pan-Americanos Lima 2019. A rival verde-amarela é comandada por Antonio Rizola.

Vale lembrar que a Seleção participa da Copa com um time B, reforçado por algumas atletas que José Roberto Guimarães planeja utilizar no Mundial do Japão.

LEIA TAMBÉM

+ Brasil fora do pódio também na Liga das Nações masculina



MaisRecentes

Atuação ruim tira Brasil da final da Copa Pan-Americana



Continue Lendo

Vôlei Renata anuncia novidades para a temporada



Continue Lendo

Jaqueline anuncia aposentadoria da Seleção



Continue Lendo