Thaisa desabafa após estreia na Copa Pan-Americana



O Brasil estreou com esperada vitória na Copa Pan-Americana feminina, em Santo Domingo, na República Dominicana, neste domingo. Um óbvio 3 a 0 sobre o México, parciais de 25-21, 25-19 e 25-17.

Para uma jogadora a partida foi mais do que especial. A central Thaisa foi titular e ficou em quadra o tempo todo. Prova da recuperação da delicada cirurgia no joelho, no ano passado.

– Vocês não sabem a felicidade que estou sentindo nesse momento… Deus operou um milagre em minha vida (joelho) que através do meu médico Luiz Eduardo Tírico me operou para honra e glória do nome Dele! Ouvi tantas coisas horríveis, que nunca mais voltaria a jogar, que seria um milagre se conseguisse saltar novamente, que o joelho não aguentaria mais deslocar, fim de carreira e por aí vai… – desabafou a bicampeã olímpica nas redes sociais.

Vocês não sabem a felicidade que estou sentindo nesse momento… Deus operou um milagre em minha vida (joelho) que através do meu médico Luiz Eduardo Tírico me operou para honra e glória do nome dEle! Ouvi tantas coisas horríveis… q nunca mais voltaria a jogar. Que seria um milagre se conseguisse saltar novamente…que o joelho nao aguentaria mais deslocar…Fim de carreira…. E por aí vai… Mas não eh que o "milagre" realmente aconteceu, com base no esforço, empenho, mta Fé, com a ajuda de pessoas muito importantes que me deram a mão no momento mais difícil da minha vida!!! E com mta luta, muita dor, depois de mtas lágrimas e noites sem dormir, tenho a alegria de dizer q estou aqui, com a nossa amada "Amarelinha" já usei e honrei durante 12 anos da minha vida (até machucar). Sei q ainda tenho muito a melhorar e muito que correr e lutar, mas a felicidade q não cabe no peito de estar voltando… E estar superando cada pedra…Cada obstáculo que apareceu no meu caminho!!!! Obrigada meninas pela força… pela paciência e carinho com a "tia" aqui!!! Hehehehe 😍😉🇧🇷😊🤩🤩🤩

A post shared by Thaisa Daher 🥇🥇 (@daherthaisa) on

O bloqueio, uma das especialidades de Thaisa, foi responsável por 11 pontos do Brasil no jogo. A oposto Bruna Honório foi maior pontuadora do confronto: 16

– Sei que ainda tenho muito a melhorar e muito que correr e lutar, mas a felicidade q não cabe no peito de estar voltando – finalizou Thaisa.

Bruna em ação pelo Brasil diante do México (Divulgação)

Além de Thaisa e Bruna Honório, o técnico Wagão escalou Dani Lins, Fran, Edinara, Maira e a líbero Tássia.

Nesta segunda-feira, o Brasil enfrentará a Colômbia, às 15h (horário de Brasília). A competição classifica os cinco primeiros para os Jogos Pan-Americanos Lima 2019. A rival verde-amarela é comandada por Antonio Rizola.

Vale lembrar que a Seleção participa da Copa com um time B, reforçado por algumas atletas que José Roberto Guimarães planeja utilizar no Mundial do Japão.

LEIA TAMBÉM

+ Brasil fora do pódio também na Liga das Nações masculina



MaisRecentes

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo

As duas formas de ver o novo Sesi



Continue Lendo