Tetyukhin deve carregar bandeira russa na abertura



O veterano ponta Tetyukhin, de 40 anos, é apontado como favorito para ser o porta-bandeira da Rússia na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, no próximo dia 5 de agosto, no Maracanã.

A lenda russa Tetyukhin (Divulgação)

A lenda russa Tetyukhin (Divulgação)

O jogador disputará no Rio de Janeiro a sexta Olimpíada da carreira. Ele estreou em Atlanta-96, terminando em quarto lugar, perdendo o bronze para a então Iugoslávia. Já em Sydney-2000 conquistou a primeira medalha: a de prata. Mais uma vez os iugoslavos, com os irmãos Grbic liderando o time, foram os algozes. Poderia ter sido a única medalha olímpica da carreira, já que no mesmo ano ele sofreu um acidente automobilístico, juntamente com o então companheiro de time Iakovlev e fraturou a bacia. A sequência da carreira chegou a ser colocada em xeque. Mas ele se recuperou e seguiu atuando.

Quatro anos depois, em Atenas,  Tetyukhin ficou com o bronze, superando os Estados Unidos, mesmo resultado obtido em Pequim-2008, desta vez superando a Itália na disputa pelo lugar no pódio. Já em Londres, o ponta ajudou na conquista do título olímpico, após virada inesquecível sobre o Brasil na grande final.

 

 



  • Senhor Omar – Trágico

    MITO!!!!!

    • Billy

      Só você é quem acha que esse jogador IRRELEVANTE é mito.É somente um bom jogador(ainda),nada mais…

      • Senhor Omar – Trágico

        Não conhece a carreira do Tyetyukhin

        • Billy

          Conheço e muitoAcompanho vôlei ininterruptamente desde a década de 80.Sómente nunca o admirei e prá mim é um jogador comum,como tantos outros.Não tem nada de espetacular nesse jogador.Se voce o admira até hoje,siga em frente com o seu gosto(que é bem diferente do meu).

          • Senhor Omar – Trágico

            Ele é tão irrelevante.. que aposto com vc que quando parar vai pro Hall da Fama. Um jogador comum não ganha tantos premios individuais como ele. Fora que também não teria tanta longevidade no Volei. Os clubes não deixam ele se aposentar. kk

          • Billy

            Como se ir pro ¨Hall da Fama¨fosse lá grandes coisas.Poucos que estão no hall realmente fazem jus sobre o fato de terem conseguido estar lá(uma minoria).O resto é mea-boca mesmo.

          • Senhor Omar – Trágico

            vc gosta de conversar fiado. Não sabe nada do que fala. Apenas fica conversando lorotas.

          • Billy

            A opinião é minha.Se voce não gosta das minhas opiniões,não se meta nos meus comentários,seu intrometido.Não sacou que as nossas opiniões são diferentes ainda!??Não ligo a mínima prás suas.Não te conheço e nem faço questão de conhecer um dia.

          • Senhor Omar – Trágico

            Vc que primeiro entrou no meu comentário criticando minha opinião. não o contrário. Não tem nenhuma postagem minha no seus comentários. Eu estou questionando sua opinião sobre os meus. Reveja a final de Londres e veja o respeito que os jogadores brasileiros demonstraram ao Tyetyukhin, após a derrota. Todos os jogadores brasileiros o comprimentaram de forma diferente em relação aos outros russos.

          • Billy

            Largue de ser intrometido e pare de dar pitacos desnecessários nos meus comentários(que graças á Deus passam BEM LONGE dos seus,que prá mim não tem valia nenhuma)

  • José Eduardo

    Sabonis, Kurtinaitis, Tikhonenko, Marciulionis e Belosteni.
    E o Brasil jogou de igual para igual.

  • kleber

    Jogadoraço!

    • Billy

      Não é prá tanto(na minha opinião).

  • Edu

    Melhor jogador de voleibol do mundo na categoria sub 50.

    • Billy

      Concordo.

  • Billy

    Li uma declaração desse jogador hoje num outro site sobre volei(achei ele ¨bem nervosinha e inconformada¨,por sinal).Ele quer provas mais concretas sobre o doping dos atletas russos(como se já não estivesse bem claro).Muito ridículo,por sinal.Vai catar coquinhos no mato,russo decadente e velho.

MaisRecentes

Mais um capítulo do “largado” olímpico



Continue Lendo

O fim de mais uma era



Continue Lendo

Os prós e os contras da opção por Renan



Continue Lendo