Tetyukhin deve carregar bandeira russa na abertura



O veterano ponta Tetyukhin, de 40 anos, é apontado como favorito para ser o porta-bandeira da Rússia na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, no próximo dia 5 de agosto, no Maracanã.

A lenda russa Tetyukhin (Divulgação)

A lenda russa Tetyukhin (Divulgação)

O jogador disputará no Rio de Janeiro a sexta Olimpíada da carreira. Ele estreou em Atlanta-96, terminando em quarto lugar, perdendo o bronze para a então Iugoslávia. Já em Sydney-2000 conquistou a primeira medalha: a de prata. Mais uma vez os iugoslavos, com os irmãos Grbic liderando o time, foram os algozes. Poderia ter sido a única medalha olímpica da carreira, já que no mesmo ano ele sofreu um acidente automobilístico, juntamente com o então companheiro de time Iakovlev e fraturou a bacia. A sequência da carreira chegou a ser colocada em xeque. Mas ele se recuperou e seguiu atuando.

Quatro anos depois, em Atenas,  Tetyukhin ficou com o bronze, superando os Estados Unidos, mesmo resultado obtido em Pequim-2008, desta vez superando a Itália na disputa pelo lugar no pódio. Já em Londres, o ponta ajudou na conquista do título olímpico, após virada inesquecível sobre o Brasil na grande final.

 

 



MaisRecentes

Conheça Kadu, a novidade da Seleção nos jogos pré-Mundial



Continue Lendo

Em dia de justa homenagem por ouro em Pequim, Brasil perde a quarta seguida



Continue Lendo

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo