Testes e vitória esperada sobre o Quênia



25-15, 25-16 e 25-9.

Não esperava que fosse diferente o placar do que o apresentado acima contra o Quênia, independentemente do resultado da véspera contra os EUA.

Zé Roberto escalou várias reservas para saírem jogando (Tandara, Adenízia, Juciely, Sassá) e manteve Dani Lins, Fernanda Garay e Fabi, que foram titulares na estreia.

Como já disse em torneios anteriores, pegar um rival fraco não dá parâmetros para se analisar muita coisa. Fora dar ritmo de jogo para algumas atletas e aumentar o entrosamento, pouco se aproveita para o futuro. Tandara com 15 pontos e Garay com 11 foram as maiores anotadoras.

Contra a Alemanha, nesta madrugada, o técnico já pode dar indícios de sua insatisfação com algumas atletas ao mudar aos poucos a base titular. Sinceramente, não acredito em mudanças radicais. É esperar para ver.

Para quem ainda pensava em título da Copa do Mundo, a coisa se complicou, já que as americanas fizeram 3 a 0 num desfalcado time sérvio. Pensar em classificação olímpica, no momento, é mais racional.



  • Jailson

    O jogo valeu por não ter de sentir akela energia negativa do suposto time titular.

  • Graca

    EUA ganha mais uma, porem a selecao dos EUA deu sorte pois enfrentou uma equipe JUVENIL da SERVIA. TOTALMENTE desfalcada de suas PRINCIPAIS ESTRELAS, a SERVIA ate’ tentou equilibrar o jogo com suas juvenis, mas praticamente o time todo que foi campeao europeu estava de fora! Desfalcaram a SERVIA: A MVP do EUROPEU Jovana Brakocevic, a levantadora Maja Ogejnovic, a ponteira Jelena Nikolic, a libero Suzana Cebic, a ponteira/oposta Sanja Malagurski! Sorte para os EUA que estava COMPLETISSIMO e azar da SERVIA que nao pode contar com seu TIME CAMPEAO EUROPEU!
    COSTAGRANDE e’ o maior destaque ate’ agora, uma verdadeira ponteira-passadora, que sabe passar de verdade ao contrario de umas pseudo que so’ quinam a bola, e ainda e’ uma maquina de marcar pontos.

    • Diogo (Oz)

      Porque será que CG tá com a bola toda? Itália começa o torneio pela 2x com equipes mais fracas…

      – 2007 Equipes europeias + convidados + Equipes asiáticas
      – 2011 Convidadas + Equipes asiáticas + Japão + Argélia

      Presidente FIVB só falta ir aos jogos com uma bandeirola da Itália!

  • Diogo Márcio

    Reservas jogaram bem, mostraram que não estão apenas a passeio, como muitos falaram. Continuo achando que a Dani Lins existi muito com as bolas nas extremidades, precisa voltar jogar com as centrais e a bola fundo meio, que houve até um erro nessa jogada. Tandara foi a MVP, mostrou para que veio e contra Alemanha levaria Adê como a 3° central.

    Destaque do jogo vai para Fabíola. Ela que recebeu uma bola que poderia ser atacada de xeque, simulou o ataque e levantou para Adê que pontou! Achei bonita a jogada ;D

    Mudando de assunto rapidin, peguei o 3° Set de JAP X ARG! Sano fez duas defesas incríveis, levantando a torcida, uma foi da bola rápida pelo meio, que seria uma cravada. Não é atoa que esta 1° lugar entre as liberos.

  • JC Souza

    É inaceitavel o Brasil deixar o time do Quênia fazer 16 pontos em um set. O Brasil tinha obrigação de não parmitir que as quenianas marcassem apenas 5 pontos por set. assim como o Brasil tem obrigação de vencer a Alemanha nesta madrugada por 3×0.

  • Marcello Souza

    Concordo em genero, numero e grau desta opinião do JC Souza

  • Afonso (RJ)

    Como bem disse o Daniel, esse jogo não serve de parâmetro para nada. Mesmo assim continuo percebendo uma falta de velocidade e potência no ataque, e o fundo de quadra parece ser uma das maiores preocupações do Zé. Pelo menos foi a impressão que eu fiquei quando ele colocou a Camila Brait em quadra. Será que ele está tão desesperado, a ponto de cogitar em abrir mão de uma ponteira para ter duas líberos em quadra?

    Num comentário do Carlão, ele deu sua opinião de que o Zé deveria ter poupado algumas jogadoras em torneios de menor expressão. Deu seu testemunho pessoal de atleta que vivenciou essas situações. As demais seleções de ponta vêm fazendo algo similar. Os estados Unidos foram com um time C para o Panamericano. Hoje, parece que o treinador sérvio poupou sua principal jogadora, talvez pensando mais na vaga olímpica que no título mundial. As russas esse ano inteiro não estiveram nem aí para nenhuma competição. Mas garanto que vão se classificar para as olimpíadas e virão com força máxima. Enquanto isso, Mari está com problemas na musculatura abdominal, Paula Pequeno continua em busca da sua melhor forma, Jaqueline também contundida. Será que a visível queda de rendimento da Sheilla, Thaisa, Fabizona e da própria Fabizinha não tem pelo menos um componente de excesso de jogos, viagens e treinos? É uma questão difícil, pois se ele tivesse dado folga às jogadoras, talvez estivéssemos aqui criticando pela falta de treinamento e entrosamento. Criticar depois é fácil. Difícil é tomar as decisões. Mas ainda temos tempo até Londres, que creio ser a meta final de qualquer seleção. Vencer esse mundial seria ótimo, e ainda temos chance, mas pelo andar da carruagem conseguir a vaga olímpica já estará de bom tamanho.

    • Diogo (Oz)

      Em jogos do Mundial Clubes ano passado ele usou a segunda libero como ponteira, em alguns momentos funcionou, mas tendo a Sassá para que a Brait?! sem querer ofender a Camila.

      Questão dele usar as jogadoras para torneios fracos, como o caso do Sulamericano é ter todas as suas selecionáveis a disposição (2010 perdeu Mari + PP4 e 2011 perdeu a Jack). Acredito que o real propósito é ter o grupo que ele planejou, mas que não da para te-las devido “problemas do destino”.

      Todos chigando o Zé porcausa da Mari sem enteder o motivo dela não ser titular, eu disse que ninguém sabe dos bastidores.

      • Afonso (RJ)

        Esse é o grande ponto. Eu, particularmente evito bastante opiniões sobre escalação, ou qualquer outra decisão do Zé. Nós temos apenas parte dos dados. Não sabemos nada dos bastidores. Não sabemos sobre relacionamentos, TPMs, mágoas e ressentimentos que possam haver dentro do grupo. Em entrevistas, sem datalhar, o próprio Zé deu a entender que tais fatos acontecem. Por isso não vejo com bons olhos esse pessoal que entra de sola, xingando, criticando impiedosamente essa ou aquela decisão do Zé. Afinal não estão de posse de todos os dados e o Zé sim.

  • Ana

    Tandara está merecendo a muito tempo ser titular. Será? JAMAIS! Não com Zé Roberto.

    Fabiana é uma mera figurante na seleção. Jucy será titular? JAMAIS! Não com Zé Roberto.

    Então não, não acredito em nenhuma mudança. Quiçá radical.

    Sobre a “contusão” da Mari: esse homem acha que alguém é idiota? Só pode achar. Mari entrou contra os EUA e se jogou em várias bolas no fundo. Uma pessoa CONTUNDIDA não faz isso, meu caro. Tenha culhões e banque “EU coloquei Mari no banco porque acho que Paula e Garay são a melhor dupla hoje”. PONTO. Seria muito mais DIGNO.

    Sobre a Copa, é uma pena o infortúnio sérvio, sem Malagurski, Nikolic, Maja. Completas teriam muita chance de vencer os EUA.

    E a Itália até agora conseguindo vencer mesmo toda desfigurada é uma surpresa, pelo menos pra mim. Capaz até de conseguirem uma vaga, com a Sérvia desfalcada como está, o que antes parecia totalmente improvável.

    • Adriano

      É muito imediatismo querer que a Sheila e a Fabiana deixem de ser titulares. Mas é claro que vale dar chances às meninas do banco, pra lembrar às titulares que não são insubstituíveis.

  • Guga

    A Única chance que tinhamos delas serem Campeãs depois da derrota da primeira partida, seria se os EUA perdessem para Servia, coisa q eu estava esperando, pelo q tenho visto a Sérvia Jogar, fiqei surpreso com a falta da Brasecokiv (nao sei como se escreve) ao time titular, agora aposto em EUA em 1º e Brasil em 2º caso nao perca da alemanha e nehum set para outros jogos..

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo