Temor nuclear tira jogos da Liga Mundial do Japão



Depois de cancelar o Campeonato Japonês de vôlei, o terremoto/tsunami que sacudiu o país asiático no mês passado causou mais um desdobramento esportivo.

A Federação Japonesa de vôlei transferiu os jogos de sua seleção contra Alemanha, Rússia e Bulgária, em junho, pela Liga Mundial, para outros países. Os europeus se negaram a atuar no Japão, após a cada vez mais grave crise nuclear, já que várias usinas, principalmente a de Fukushima, foram afetadas pelo terremoto e lançaram material tóxico no ar.

Nesta terça-feira, o governo japonês elevou a crise ao nível máximo, o mesmo de Chernobyl, na Ucrânia, considerado até então o pior desastre nuclear do planeta.

Uma pena, pois o Japão é um dos países mais fanáticos por vôlei no mundo.



MaisRecentes

O Paulista é do Vôlei Renata. E é também de Luizão!



Continue Lendo

O cartão de visitas da molecada do Minas



Continue Lendo

O “Fora, Bolsonaro!” virou mais um incêndio



Continue Lendo