Técnico russo teria cometido suicídio após entrar em depressão por derrota para o Brasil



Sergei Ovchinnikov, técnico da seleção feminina da Rússia na última Olimpíada, teria se enforcado no quarto do hotel em Porec, na Croácia, onde o Dínamo de Moscou, clube que também dirigia, realizava a pré-temporada.

Por enquanto não existe confirmação oficial por parte da Federação Russa ou da polícia croata. As fontes ouvidas pela imprensa da Rússia são amigos de Ovchinnikov, que logicamente estão abalados com a morte.

Segundo um deles, o treinador teria cometido suicídio por estar em depressão desde a eliminação da Rússia para o Brasil, nas quartas de final da Olimpíada de Londres. Para quem não se lembra, o time russo teve seis match points na ocasião, mas acabou perdendo para as brasileiras, que acabaram sendo campeãs olímpicas.

Ovchinnikov tinha 43 anos e estava no comando da seleção russa desde o ano passado.



MaisRecentes

Itália e Sérvia na primeira final europeia do Mundial feminino



Continue Lendo

Minas e Dentil/Praia Clube conhecem rivais no Mundial



Continue Lendo

Nova TV, papo com arbitragem e descontração: a apresentação da Superliga



Continue Lendo