Tandara festeja melhoria de 70% nos pontos na temporada



A temporada 2017/2018 certamente ficará guardada na memória de Tandara como uma das melhores da carreira.

A oposto do Vôlei Nestlé apresentou números bem generosos na Superliga Cimed Feminina. Foram 626 pontos marcados uma melhora de 73,2% em relação às estatísticas da competição passada: foram 363 acertos.

– Os números me motivam, pois sempre procuro a excelência em quadra. Trabalho para melhorar meu desempenho cada vez mais, ou seja, pontuando alto, mas com percentuais lá em cima. Seguirei buscando a perfeição, lutando para cometer menos erros e ser mais decisiva. Acredito que para ter um desempenho perto do ideal é preciso alcançar um percentual acima de 50%. Assim, uma atleta que recebe muitas bolas, como eu, será mais efetiva – comentou Tandara.

Os 626 pontos marcados representam um recorde em uma única edição da Superliga. A marca anterior era da bicampeã olímpica Sheilla, autor de 494 pontos na temporada 2010/2011.

Tandara

Tandara fez temporada acima a média (João Pires/Fotojump)

– É muito gratificante, porque a Sheilla é uma pessoa com quem convivi entre 7 a 8 anos e me ensinou muita coisa. Sempre representou muito bem o nosso Brasil, fez grandes trabalhos pelos clubes que passou e é uma honra estar ao seu lado entre as atacantes com melhor desempenho. Espero fazer melhor a cada dia. Essa é a terceira temporada em que me destaco e saio feliz e tranquila por um trabalho bem feito – disse Tandara, que lembrou da filha ao analisar o feito:

– É mais uma história para contar para a Maria Clara.

Na história da Superliga, a oposto “persegue” Fabiana como a maior pontuadora de todos os tempos. A central do Dentil/Praia Clube soma 4.571 pontos, contra 4.219 de Tandara. Entre elas está ainda a ex-oposto Elisângela, com 4.429.

A temporada 2017/2018 também ficará marcada pelo recorde de pontos em um único jogo. Na derrota por 3 sets a 2 diante do Camponesa/Minas, no dia 8 de fevereiro, em Belo Horizonte, Tandara fez 39 acertos, ultrapassou a própria marca pessoal, que era de 38 pontos, e se igualou a Tifanny, do Bauru, que dias antes havia conseguido a mesma pontuação.

LEIA TAMBÉM

+ Paula Pequeno cogita aposentadoria



MaisRecentes

Coluna: Que momento para Leal ser da Seleção!



Continue Lendo

Título de EMS/Taubaté com sabor especial para dupla Renan/Lucarelli



Continue Lendo

Força, Bruna Honório!



Continue Lendo