Superliga B é oficialmente criada



A CBV oficializou, nesta quarta-feira, a criação da Superliga B masculina.

Oito times vão disputar o título e uma vaga na Superliga A a partir de janeiro.

Seis estados disputarão a Superliga B. São Paulo terá três representantes: Funvic/Midiafone, de Pindamonhangaba; Santo André e Climed/Atibaia. Os outros times são: Morro da Fumaça (SC), Sport Clube do Recife (PE), UFC/Ceará (CE); APAV/Canoas (RS) e Clube do Remo (PA).

O sistema de disputa é diferente da Superliga A. Na fase classificatória, as oito equipes serão divididas em dois grupos de quatro (Na chave A, estarão: Funvic/Midiafone, Morro da Fumaça, Sport Clube do Recife e UFC/Ceará. Santo André, Climed/Atibaia, APAV/Canoas e Clube do Remo formam a chave B).

Ao todo, os times disputarão quatro etapas classificatórias no sistema de grand prix. Em cada disputa, uma equipe sediará os jogos e receberá em seu ginásio as outras três. Todos jogarão contra todos e acumularão pontos dentro de seu respectivo grupo.

Ao final da fase classificatória, os dois primeiros colocados de cada grupo passarão para as semifinais, que serão disputadas em uma série melhor-de-três partidas. Os vencedores passarão para a final.

O sistema de pontuação será o mesmo adotado na Superliga A. A tabela da competição e o regulamento serão divulgados em janeiro.

Com a criação da nova categoria, a Liga Nacional 2012 passará a classificar o campeão para a disputa da Série B da Superliga.



  • newton.carvalho

    Interessante. Mas será equivalente à segunda divisão da superliga? Aparentemente este sistema de Grand Prix vai servir ao menos para diminuir o número de viagens e consequentemente diminuir o custo da competição para as equipes mais modestas. Estava na hora de surgir algum torneio paralelo à superliga para dar vida ao longo da temporada para as equipes com menor poder financeiro. Será uma ótima oportunidade para “garimpar” bons jogadores.

  • Simone Gomes

    Daniel, fiquei muito feliz com essa notícia
    Sempre achei interessante o Norte/Nordeste ter um representante no voleibol. E quem sabe pegando o gostinho nessa SL-B uma dessas equipes não cheguem um dia na SL.
    Muito bacana esse incentivo a atletas não conhecidos e cidades não representativas no voleibol brasileiro.
    Temos espaço para muitas outras equipes no nosso Brasil.

  • Alan Nascimento

    Boa Sorte ao time aqui de Fortaleza.
    Pena que o investimento é do tamanho desta competição pequeno, pequeno.

  • Diogo Márcio

    Achei legal a ideia, mas na próxima edição que tenha mais clubes na disputa. Só tenho pena do Uniara que vai ter que disputar outra competição de acesso para a Super Liga.

  • Daniel

    Serão os mesmos times no masculino e feminino????
    Excelente iniciativa, será muito bom, e aumentam as possibilidades de talentos perdidos serem achados. E que seja um torneio que venha pra ficar.

  • Carlos Fraga

    Mas os melhores da superliga b avançam para a Superliga? E com isso vai haver rebaixamento para algum time da Superliga? Ou a superliga b vai seervir apenas como uma competição qualquer sem ser uma de ascesso?

  • Raffael

    Mas essas equipes são somente as maculinas né??

    • Daniel Bortoletto

      sim

MaisRecentes

A velocidade do Sesc, com Thiaguinho, impressiona



Continue Lendo

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo