Sinceridade de Jaqueline, domínio da Unilever e olho no Usiminas/Minas



O primeiro turno da Superliga Feminina terminou com a vitória do Sollys/Osasco sobre o Pinheiros/Mackenzie por 3 a 0, de forma categórica, recuperando-se da chacoalhada que havia levado da invicta Unilever, no sábado. Assim, levanto três pontos para discussão aqui no blog:

1) Após a vitória sobre o Pinheiros, a ponta Jaqueline, do Sollys, eleita a melhor jogadora da partida, deu uma declaração muito sincera, ao admitir que sua atuação ruim no clássico, no Rio de Janeiro, foi decisiva para o resultado.

– Eu tenho uma parcela alta de culpa na derrota para a Unilever. Eu joguei muito mal aquela partida. Desta vez jogamos como um grupo, e isso é o que precisa acontecer.

Para mim, isso mostra quais atletas são diferenciados fora de quadra. Vejo muita gente tentando tirar a própria culpa quando atua ou dirige mal um time. Quem vocês apontam como os mais sinceros do vôlei?
 
2) 11 jogos e 11 vitórias. A campanha do time de Bernardinho até aqui é perfeita. Nesta temporada, esperava-se que a Unilever fosse sentir a saída da central Fabiana e pudesse demorar para engrenar sem Mari, em recuperação de cirurgia no joelho, além da ausência de Carol Gattaz. Nada disso, por enquanto, custou uma mísera derrota. Alguém acha possível a Unilever conquistar o título de forma invicta?

3) Observando a classificação final do turno, aponto a Usiminas/Minas como principal surpresa positiva da primeira metade da Superliga. Foram oito vitórias e três derrotas, mesma campanha de Pinheiros/Mackenzie e Vôlei Futuro. As mineiras perdem no critério de desempate, mas a diferença é mínima. É muito bom ver este tradicional clube, com uma das torcidas mais apaixonadas do país, de volta à briga pelas primeiras colocações, após algumas temporadas ruins. Até onde este time pode chegar?



  • Vitor Brasil

    não foi assim que ela disse!
    ela disse, que tinha culpa na derrota para o rio de janeiro!!!
    e pra mim ela não teve culpa, o time do rio de janeiro é muito bom, o melhor da liga.
    e vc continua com essa palhaçada de fazer comercial para patrocinador.
    tem gente que não aprende!!!

    • amendogaba

      uai, sao os patrocinadores que bancam o esporte, e não vc vendo jogo pela tv e comentando blogs

    • VINICIUS AZEVEDO

      Caro Vitor Brasil, é válido e deve ser apoiado a atitude do Daniel em divulgar o nome das empresas (fazer comercial para o patrocinador), pois quem viveu o esporte especializado, sabe a dificuldade de se encontrar apoio financeiro. E são poucas as empresas que investem em esporte, além de expor as suas marcas nos uniformes, na maioria dos clubes ainda realizam trabalho social, tirando crianças das ruas e ajudando as pessoas em momentos de dificuldades como ocorreu nas chuvas do Rio de Janeiro.

    • Gustavo

      Ridiculo o seu comentario… Todos os dias vemos clubes fechando as portas por falta de patrocinio.. dai vc vem dizer que que e palhaçada falar no patrocinador? Quem mantem o clube que nao eles? O seu ingresso? Aposto que nunca deve nem ter ido a algum ginasio na sua vida…

  • ricardo oliveira

    convoco todas as torcidas do rio de janeiro (flamengo, vasco, fluminense e botafogo) para sempre torcerem para o time da unilever quando elas jogarem no rio (maracanazinho, tijuca, arena multi-uso, onde for). O time é muito bom, fui no maracanazinho no jogo contra o sollys no sábado passado (primeiro jogo de volei feminino que eu fui) e torci como estivesse torcendo pelo flamengo. O 1º set o unilever sofreu um apagão e errou muito, só que nos outros 3 sets ou a partida foi equilibrada ou o apagão e os erros passaram pro lado do sollys. em condições normais com certeza o jogo seria mais equilibrado. A tal da Natália é uma cavala e cravou algumas bolas mas também foi encaixotada algumas vezes. O unilever teve uma sequência de chinas muito bem executadas, aconteceram rallies, a Fabi fez uma festa coma galera após o jogo. Foi muito social, que programaço, maracanãzinho climatizado, recomendo muito.

  • Marcelo

    Não acho palhaçada fazer comercial para patrocinador..O mesmo paga para espor sua marca e não acho justo trocar o nome do time só para não falar o patrocinador..Daki a pouco estão indo embora também do Volei pq não terão o retorno do patrocínio.

    Parabéns UNILEVER e parabéns USIMINAS

    Existem outras mais que bom seria se fossem mais ainda.

  • Ana

    Não acho que a Unilever pode ganhar de forma invicta. Todos os times ainda vão melhorar. Usiminas, Pinheiros, Sollys, Unilever, Vôlei Futuro… qualquer um pode ser campeão.

    Os jogos de vôlei serão transmitidos pelo canal Esporte Interativo. Fiquem de olho!

  • modenna

    bom nao gosto da unilver independente de queme steja,acho o bernardinho arrogante assim como sua mulher fernanda venturine,melhor levantadora sim,ótima atleta mas como pessoa um lixo.mas enfim. torço pro pinheiros por causa da fabiola .e acho q houve culpa sim da jaque na derrota pra unilever,estava torcendo pro sollys.mas ainda bem que ela recuperou seu rendimento.
    mas acho que as equipes iram superar seus resultados negativos,e sera uma superliga emocionante no returno.e sobre patrocinio ta certo falar do patrocinador ,depois que eles saem e deixam as equipe na mao e sem difundir a modalidade o povo fica reclamando ,fora que é o mais correto afinal estão investindo.ta certo em falar o patrocinio e nao a cidade.
    obrigado

  • GELBER

    TODOS QUEREM OS BISCOITOS DE MAISENA

MaisRecentes

Lançamento do uniforme em grande estilo



Continue Lendo

Vaivém: Mais reforços para o Corinthians/Guarulhos



Continue Lendo

Vaivém: Definições no Sesc (ex-Rexona)



Continue Lendo