Set de 21 pontos na Superliga. Uma boa?



A CBV oficializou que a Superliga terá sets de 21 pontos, algo que debatido em alguns posts aqui, mas que merece uma reflexão bem maior.

Vou reproduzir uma coluna que escrevi para o LANCE! exatamente um mês atrás. E quero ler a opinião de vocês, já que no meu Twitter (@danbortoletto) a rejeição à mudança é muito grande.

“Pensei, ouvi pessoas com diferentes funções/ligações com o vôlei, voltei a pensar… E não consigo ainda ter certeza de que a diminuição dos sets (25 para 21 pontos) fará bem ao esporte.

A Federação Internacional, com consultoria de Luiz Fernando Lima, ex-chefão do esporte da Globo, fará vários testes em competições  importantes (incluindo a Superliga) nesta temporada, antes de adotar a regra como padrão. A conclusão é de que o vôlei atual não serve para a televisão, já que o tempo de jogo aumentou quando a FIVB implantou várias mudanças nos últimos anos para ter mais rallies, ou seja, mais tempo de bola no ar, ganhando emoção e atratividade. Some-se aí as reclamações de treinadores e jogadores contra os árbitros, as paradas técnicas no oitavo e 16 ponto de cada parcial, o tempo gasto entre um saque e outro… E assim o vôlei passou a destruir grades de programação das TV’s mundo afora.

A modalidade talvez seja a que mais cedeu aos apelos televisivos nas últimas décadas. Melhorou em muitos aspectos, diga-se. Mas ainda não me convence de que retirar quatro pontos por set fará com que ganhe mais espaço nas TV’s”.

Mais duas notícias confirmadas na reunião com os clubes:

– Jacareí tem até sexta-feira para conseguir levantar patrocinadores e confirmar sua presença na Superliga feminina.

– A Uniara, de Araraquara, está garantida na competição feminina.



MaisRecentes

São Bernardo desiste do Paulista. Alerta ligado na Superliga



Continue Lendo

Brasil leva virada dos Estados Unidos em terceiro amistoso



Continue Lendo

Vaivém: Fronckowiak anunciado por clube polonês



Continue Lendo