Sesi vence outra e poderá escolher rival na semifinal



O Sesi sofreu mais do que o imaginado para vencer a segunda partida no Mundial de Clubes, em Doha, no Qatar, e carimbar o passaporte para a semifinal.

Nesta segunda, depois de 1h30 de jogo, vitória por 3 a 1 sobre o Al-Ahly, do Egito, parciais de 25-18, 27-25, 18-25 e 25-14.

Com 17 pontos, o oposto Wallace foi o maior anotador do time, seguido por Murilo, com 14. Rodrigão e Sidão, que pontuaram pouco na estreia, tiveram 11 acertos cada, sendo nove deles no bloqueio (cinco de Sidão e quatro de Rodrigão).

Passado o susto, o Sesi vai decidir, como esperado, o primeiro lugar do grupo com o Trentino, na quarta. E poderá escolher o rival na semi, já que o outro grupo será decidido um dia antes. É impressionante, mas a FIVB ainda continua deixando brechas no regulamento para que resultados sejam colocados em xeque. Vou torcer para que não acontece nada de anormal.

Hoje o Jastryebski Wegiel, da Polônia, derrotou o Zenit Kazan, da Rússia, no tie-break, parciais de 25-22, 25-17, 11-25, 21-25 e 19-17.

O oposto italiano Lasko, com 24 pontos, liderou os poloneses. Entre os brasileiros, o levantador Vinhedo foi titular e anotou um ponto. Ashley e Bozkinho começaram na reserva, mas pontuaram: dois e um pontos, respectivamente. Já do lado russo, Mikhaylov foi o destaque, com 27 acertos.

Caso confirme o favoritismo e vença o Trinity Spartans, do Canadá, amanhã, o Jastryebski terminará em primeiro, deixando o Zenit em segundo.

Quem vai escolher, Sesi?



MaisRecentes

Vaivém: Leal, Solé, Grebennikov e Bartsch de casa nova



Continue Lendo

Vaivém: Renan acerta volta para a Itália



Continue Lendo

Vaivém: Argentina marca golaço ao acertar com Marcelo Mendez



Continue Lendo