Sesi mostra seu cartão de visitas em Doha



O Sesi cumpriu sua obrigação na estreia no Mundial de Clubes.

Hoje, em Doha, no Qatar, triunfo por 3 sets a 0 sobre o Al-Arabi, time da casa que não tem nada da casa, por 3 sets a 0, parciais de 25-20, 25-20 e 25-22, em pouco mais de uma hora.

O oposto Wallace, com 16 pontos, foi o maior anotador do jogo, sendo 13 deles no ataque. O ponta Murilo fez mais 11.

Pela Torre de Babel de Doha, o polonês Kadziewicz, com 14 acertos, sendo seis dele no bloqueio, foi o melhor. O alemão Pampel, destaque da primeira rodada, terminou com 12.

Vale destacar a linha de passe com Murilo, Escadinha e Léo Mineiro, que errou apenas duas bolas. Mesmo sendo o menos badalado do trio, Léo Mineiro foi o menos acionado pelo saque do Al-Arabi.

Para o duelo com o Trentino, que vai decidir o primeiro do grupo, o levantador Sandro vai precisar jogar mais pelo meio, com Sidão e Rodrigão. Na estreia, os centrais receberam um total de apenas 10 bolas.  Pouco.

O público mais uma vez foi decepcionante, com pouco mais de 800 pessoas no Aspire Hall.

O Sesi volta a jogar amanhã, contra os egípcios do Al-Ahly, às 13h (de Brasília). Vitória certa para o esperado confronto com o Trentino.



MaisRecentes

Vaivém: Site crava volta de Hooker ao Osasco



Continue Lendo

Brasil não toma conhecimento da Argentina



Continue Lendo

Termina a parceria campeã olímpica de Alison e Bruno Schmidt



Continue Lendo