Sérvia e China pertinho da Rio-2016



China e Sérvia estão a uma vitória da vaga olímpica na Rio-2016.

Nesta madrugada, pela penúltima rodada da Copa do Mundo feminina, as duas seleções venceram, respectivamente, Rússia e Quênia. Amanhã, as asiáticas farão o clássico continental com o Japão, time da casa, enquanto as europeias não deverão ter nenhum trabalho diante da Argentina.

Chinesas estão na liderança da Copa do Mundo (FIVB Divulgação)

Chinesas estão na liderança da Copa do Mundo (FIVB Divulgação)

Caso confirmem o favoritismo na rodada, China e Sérvia terão deixado para trás as favoritas Rússia e Estados Unidos, que somam oito vitórias e ainda sonham com o improvável tropeço da dupla amanhã.

No clássico deste sábado, a China fez 3 a 1 na Rússia, parciais de 25-23, 25-15, 23-25 e 25-20. A ponta Ting Zhu marcou 29 pontos, colocando 21 de 37 ataques no chão, além de sete bloqueios e um ace. E o bloqueio chinês merece uma citação à parte. Foram 21 pontos neste fundamento contra uma das seleções mais altas do planeta. Realmente elogiável o desempenho.

Pelo lado russo, Kosheleva teve 24 acertos. Goncharova colaborou com outros 16.

Já a Sérvia, usando todas as jogadoras, fez 3 a 0 no Quênia sem sustos, parciais de 25-11, 25-14 e 25-19. Nikolic marcou 11 pontos, um a mais do que Stevanovic.

Na briga pelo título da competição, a China leva vantagem sobre a Sérvia nos sets average, primeiro critério de desempate.

Os Estados Unidos, por sua vez, fizeram 3 a 1 nas donas da casa, de virada, parciais de 20-25, 25-23, 25-20 e 25-10. Para americanas e russas, pelo andar da carruagem, restarão os pré-olímpicos continentais que estão por vir em 2016.

PS: Finalmente o site da FIVB passou a usar o número de vitórias como o primeiro item na tabela de classificação. Isso facilita demais o entendimento. Até então, o número de pontos, que não vale nada neste novo regulamento do vôlei, era a primeira informação mostrada.



MaisRecentes

Vaivém: Sada/Cruzeiro emite nota oficial sobre situação de Simon



Continue Lendo

Lucas Lóh reforçará Seleção Brasileira na Austrália



Continue Lendo

Vaivém: Walewska confirmada pelo Osasco/Audax



Continue Lendo