Sérvia conquista o Europeu feminino



Numa final emocionante, a Sérvia derrotou a Alemanha, no tie-break, e conquistou o Campeonato Europeu feminino.

As sérvias conquistaram o caneco, de virada, com parciais de 16-25, 25-20, 19-25, 25-20 e 15-9.

Os destaques da final vieram das pontas. Molnar, com 17 pontos, e Nikolic, com 15, foram as maiores anotadoras. Pelo lado alemão, a oposto Kozuch e a ponta Brinker anotaram 20 cada.

As duas seleções estão garantidas na Copa do Mundo do Japão, que classificará os três primeiros colocados para a Olimpíada de Londres.

Na disputa pelo bronze, a Turquia derrotou a Itália por 3 sets a 2, parciais de 25-21, 15-25, 25-27, 25-19 e 15-10.

O grande nome do jogo foi a oposto Neslihan Demir-Darnel, autora de 31 pontos, 26 deles no ataque. A central Erdem Eda, com 18, sendo seis dele no bloqueio, também teve atuação decisiva. Pela Azzurra, Carolina Costagrande, com 22 acertos, foi a melhor no ataque.

PS: A Federação Internacional vai oficializar na terça-feira os dois convites para a Copa do Mundo masculina. Polônia será uma das agraciadas. A dúvida sobre a outra seleção agraciada persiste.



  • Diogo Márcio

    SER Vs ALE –
    Alemanha se superou do vexame dado no GP desse ano. Destaco as atuações da Grum, Furst e Kozuch no campeonanto. Sérvia é um bom time, tem muito que crescer; pena que a Brakocevic não estava no seu melhor dia.

    ITA Vs TUR –
    Foi um jogo fantástico, estou apaixonado por esse time turco! Acredito que dentre todas as seleções têm grande sacadoras, centrais muito boas, levantadora não tem medo de arriscar e gosta de afrontar as rivais (adoro *—-*)

    Duelo ‘centrais Vs centrais’ não era bom jogo para as italianas, tanto é que a maioria dos pontos
    foram na china – a famosa válvula de espace da Lo Bianco usando a Gioli; Piccinini e Ortolani tiveram uma péssima atuação. Acho um time bem antiquado (Lo Bianco, Gioli, Piccinini, Anzanelo, Del Core), a renovação será a grande questão!

    P.s. Lamentável, a narração do jogo “Alemanha Vs Itália”. O narrador dando uma de bomzão querendo mostrar que sabia falar em italiano e arranhava o alemão, mas acabou sendo um prato cheio para aqueles vídeos que mostra os erros na TV, bem ao estilo TOP FIVE – CQC. Falando dos jogos do Brasileirão série B, piadas sem graça e errando os nomes da jogadoras!
    Ex.: Piccinini era ‘Piccini’.

  • Diogo Márcio

    – Premiação Individual
    Melhor Ataque: Kozuch (ALE); Bloque: Fürst (ALE); Saque: Toksoy (TUR); Libero: Cebic (SRB); Recepção: Grün (ALE); Levantadoras: Ognjenovic (SRB); Pontuadora: Darnel (TUR); MVP – Brakocevic (SRB)

    – Possíveis ganhadores do Wild Card Feminino é a Polônia, Cuba e Coreia

    • Adriano

      A Coréia do Sul já está garantida na Copa. Entra pelo 3° lugar na Ásia, na vaga do Japão, que já estava classificado por ser a sede.

      Triste é que a Argentina não deve jogar a Copa, mesmo sendo vice-campeã do continente. Ela tem ranking inferior à Argélia (vice da África), e, na verdade, só por não ter jogado o Mundial. Por isso, também só irá ao Japão se for por convite. Ok, Argentina não é grande coisa, mas seria melhor do que ter dois times africanos. Regredimos a 1995.

      • Diogo Márcio

        Obrigado pela informação

    • meire

      Gostaria de saber em qual canal de tv passou estes jogos.
      grata.

  • Ana

    Por partes, como diria o estripador.

    As grandes favoritas, Itália e Sérvia, tiveram problemas. Rússia foi sem Kosheleva e Sokolova; A Itália se desorganizou toda com a contusão (mais uma) de sua líbero, que já estavam sem Cardullo e Merlo. teve que jogar com Costagrande na saída (mais uma invenção louca de Barbolini) e se deu mal. Além disso, para piorar, Piccinini voltou a sentir (talvez as pessoas não saibam) uma contusão crônica no tornozelo que ela tem há dois anos. Jogou mal.

    A Sérvia merecia esse título. Tem uma geração talentosíssima. Só não foi campeã antes (e quase não foi de novo) pela loucura do técnico. Tem uma levantadora muito talentosa, centrais competentes, extremas altas… SE ele tivesse entrado já com a formação, para mim, ideal, Nikolic/Malagurski/Brakocevic, a Sérvia teria ganhado com mais facilidade.

    Confesso que jamais imaginei ver a Alemanha disputando um título importante. É impressionante a forma como a Grun voltou. Dividiu a pontuação com a Kozuch e elas foram muito bem.

    ESPERO que as sérvias consigam uma das vagas da CP.

    Tenho uma dúvida sobre Londres, normalmente vão quatro europeias para as olimpíadas, com as inglesas já classificadas abre mais uma vaga ou serão apenas mais três europeus além delas? se não abrir vaga e Alemanha e Sérvia se classificarem na CP, por exemplo, Otália e Rússia disputariam uma vaga, o que seria uma pena ter alguma delas fora de Londres.

  • Andrei

    Com relação aos wild cards, acredito que a Rússia não será agraciada em nenhum dos casos. Posso estar redondamente enganado, mas a FIVB não vai dar 2 wild cards para a europa nem no masculino e nem no feminino. Confirmando no masculino a Polônia, que eu acho justíssimo, o outro convite deverá ir para um representante da Ásia (Coréia do Sul), América do Norte (Porto Rico), América do Sul (Venezuela), ou até mesmo da África (Camarões).
    No feminino idem, sendo que da Europa podem receber o convite Turquia ou Itália, da Ásia a Tailândia, da América do Norte Cuba, da América do Sul a Argentina ou o Peru.

MaisRecentes

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo