Semana positiva das Seleções adultas



Título sul-americano entre as mulheres, em Cali (COL), e invencibilidade dos homens nos amistosos contra os Estados Unidos, em Chicago. Assim termina a semana das Seleções adultas do Brasil.

A equipe comandada por José Roberto Guimarães terminou com aproveitamento perfeito: cinco vitórias por 3 sets a 0. Na decisão, triunfo sobre as donas da casa, comandadas por Antonio Rizola, com parciais de 25-23, 25-19 e 25-17. A 12ª conquista continental consecutiva garantiu o Brasil no próximo Campeonato Mundial, no Japão, em 2018.

Festa brasileira na Colômbia (Divulgação)

Festa brasileira na Colômbia após conquista do 20º título sul-americano (Divulgação)

Tandara deixou a Colômbia como melhor jogadora do Sul-Americano. Diria que é quase um prêmio de MVP atrasado do Grand Prix para a oposto.

O técnico brasileiro elogiou a seriedade das jogadora nos jogos contra adversários tecnicamente inferiores, aumentando a obrigação das vitórias.

– Elas jogaram com muita seriedade. A atitude dessa equipe foi muito boa. Essa foi nossa competição mais importante no ano, pois valia vaga no Mundial.

O próximo compromisso da Seleção neste ano será a Copa dos Campeões, no Japão.

Já o time dirigido por Renan Dal Zotto encerrou a série de amistosos com os EUA de forma invicta. No quarto duelo, neste sábado, a vitórias mais difícil da turnê: 3 sets a 2, com equilibradas parciais de 23-25, 25-22, 25-23, 22-25 e 18-16. Vale citar que a seleção da casa contou com o retorno de Matt Anderson, que não disputou a Liga e os amistosos em São Paulo e Manaus.

– Foi um bom teste para todos nós, especialmente os jogadores mais novos, que estão chegando agora na seleção. Esses jogos ainda demonstraram que o nosso grupo é bem fechado. Todos que entram tem dado seu máximo e isso prova que o Brasil está muito bem servido de grandes jogadores – disse o campeão olímpico Maurício Borges, titular nos quatro amistosos, citando a presença em Chicago do oposto Rafael Araújo, do levantador Murilo Radke e do ponta João Rafael.



MaisRecentes

Vaivém: Claudinha chega com moral ao Osasco/Audax



Continue Lendo

Vaivém: “Livre”, Thaisa seguirá atuando no Brasil



Continue Lendo

Jaqueline chega ao Japão para substituir Drussyla



Continue Lendo