Sem dupla da Seleção, Cimed/Sky sofre, perde um ponto e vê trio na ponta



A nova pontuação da Superliga, que dá três pontos para vitória por 3 a 0 ou 3 a 1 e apenas dois por triunfo no tie-break, tirou a Cimed/Sky da lista de líderes com 100% de aproveitamento.

Na noite desta quarta, o time catarinense, mais uma vez sem Giba e Gustavo, ganhou da Medley/Campinas, sem Bob e Bruno Zanuto, por 3 a 2, parciais de 25-17, 21-25, 16-25, 25-20 e 17-15, em Floripa. O campeão mundial João Paulo Tavares, que marcou 23 pontos, recebeu o Troféu VivaVôlei.

A Cimed/Sky viu três outros candidatos ao título somarem três pontos. O atual campeão Sesi sofreu em dois sets, mas venceu o Volta Redonda por 3 a 0 (30-28, 25-18 e 26-24). O gigante Tiago Barth foi o melhor em quadra. Em Araçatuba, o Vôlei Futuro virou para cima do BMG/São Bernardo, com destaque para o cubano Camejo (22 pontos), parciais de 22-25, 25-15, 25-23 e 25-17. Já o Sada/Cruzeiro, também sem jogar seu melhor vôlei, passou pela UFJF em sets diretos (25-21, 25-21 e 25-22), com o ponta Maurício eleito o melhor em quadra.

O trio soma seis pontos e lidera a Superliga. A Cimed/Sky vem a seguir com cinco.



  • Vitor

    Por que o Bob e o Bruno Zanuto não jogaram? Estão machucados ou foram poupados?

    • Daniel Bortoletto

      Zanuto sentiu lesão na virilha no aquecimento. Bob já estava fora

      • Vitor

        Valeu Daniel!

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo