Selecionáveis tomam um passeio



A abertura da semifinal do Paulista feminina foi surpreendente. Ainda que pese o desentrosamento pelo longo tempo que as selecionáveis ficaram fora, o Sollys/Osasco, de Jaqueline, Natália, Thaisa, Camila Brait, Sassá e Adenízia, tem mais time do que o Pinheiros/Mackenzie. E levar um sonoro 3 a 0 é para ninguém dormir no dia seguinte.

Prêmio para o estudioso Paulo Coco e seu time, que agora precisa de apenas mais uma vitória para garantir vaga na decisão. A oposto Lia foi a destaque da partida

Do outro lado, o Vôlei Futuro, que ainda não conta com as americanas Sykora e Alisha Glass, encara o São Bernardo/BMG e é favorito.

Pelo que viram nesta segunda, alguém acredita em virada do Sollys? E pode dar zebra na outra semi, com São Bernardo na final?



MaisRecentes

São Bernardo desiste do Paulista. Alerta ligado na Superliga



Continue Lendo

Brasil leva virada dos Estados Unidos em terceiro amistoso



Continue Lendo

Vaivém: Fronckowiak anunciado por clube polonês



Continue Lendo