Modificada, Seleção bate China na reestreia de Murilo



Renan Dal Zotto promoveu mudanças na Seleção Brasileira masculina no segundo amistoso contra a China. E os resultados foram positivos. Com facilidade, vitória por 3 sets a 0, parciais de 25-14, 25-14 e 25-15, na noite desta quinta-feira, em Taubaté.

Apenas o ponta Maurício Borges foi mantido em relação ao time que jogou na terça e venceu por 3 a 1. Nas demais posições, o treinador escalou William, Evandro, Lipe, Isac, Éder e Murilo.

Com exceção de Borges e Éder, todos os demais titulares se reapresentaram aos treinos da Seleção depois dos demais, já que participaram das finais da Superliga Cimed por Sada/Cruzeiro (Evandro e Isac) e pelo Sesi (William, Lipe e Murilo).

Inclusive, foi a estreia de Murilo na condição de líbero. Um momento especial para o jogador, de 37 anos.

Seleção comemora ponto em Taubaté (Marcelo Zambrana/Divulgação CBV)

– Estou muito feliz de volta à seleção. Estou tentando ajudar como dá, fazendo o máximo possível, não só dentro de quadra. Sou um dos mais velhos aqui e tenho a responsabilidade de ajudar a comissão técnica durante os jogos. E faço isso com muito prazer – disse o campeão mundial.

O irmão Gustavo Endres comemorou nas redes sociais.

O próximo compromisso do Brasil será no dia 25, quando fará sua estreia na Liga das Nações, na Sérvia, contra os donos da casa.

– Na terça fizemos o primeiro jogo na temporada e é sempre mais difícil, especialmente depois do pouco tempo de treinamento. Era de se esperar um jogo mais complicado. Nesta quinta o Renan mexeu bastante no time, o saque entrou muito bem e essa é uma arma muito importante, que esperamos que funcione sempre dessa maneira – finalizou Murilo.

LEIA TAMBÉM

+ Minas confirma Gabi com “ajuda” de Natália



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube conquista a Supercopa. Mas tem muito a evoluir



Continue Lendo

Dirigente morre ao jogar torneio master em Saquarema



Continue Lendo

Coluna: Uma Superliga 100% transmitida



Continue Lendo