Seguro, Brasil vence zebra europeia e está na fase final do Mundial



A Seleção Brasileira está entre as seis melhores do Campeonato Mundial masculino de vôlei. E, desta vez, sem sustos.

Com certa tranquilidade, o Brasil superou neste sábado a Eslovênia por 3 sets a 0, parciais de 25-22, 25-21 e 25-16, em Bolonha (ITA).

O resultado garantiu ao time com uma rodada de antecipação a primeira posição do Grupo F (seis vitórias e 17 pontos) e a vaga. Neste domingo, contra a Bélgica, encerra a participação para na sequência aguardar o sorteio que definirá os dois grupos da próxima fase.

Os belgas com quatro triunfos e 13 pontos ainda sonham com um lugar entre os seis como um dos dois melhores segundos. Precisam vencer o Brasil, de preferência, por 3 a 0, além da necessidade de secar adversários de outros grupos (Polônia, Rússia e Holanda, por exemplo).

Bloqueio do Brasil fez seis pontos no jogo (FIVB Divulgação)

Destaco três pontos do jogo brasileiro neste sábado:

1) O baixo número de erros: apenas 16 pontos dados em erros para os eslovenos.

2) O saque: a diferença do jogo começou na eficiência do serviço brasileiro. Foram nove aces (três de Isac, três de Bruninho, um de Wallace, um de Douglas Souza, um de Lucão). Ou seja: dos titulares apenas Lipe não marcou no fundamento.

3) Douglas Souza: o ponta está, jogo após jogo, calando os críticos. Mais uma vez foi o maior pontuador (15 acertos – 12 de ataque, dois de bloqueio e um de saque). O campeão olímpico, que vinha de uma temporada inconstante tanto por clube quanto pela Seleção, recuperou a confiança. Está mais seguro no passe – o fundamento mais importante para o time – e tem aparecido bem no ataque. Para um time sem Lucarelli, sem Maurício Borges e com Lipe sem estar nas melhores condições físicas, o crescimento de Douglas é um alento.

Ao fim da rodada voltarei com um panorama de todos os grupos antes da rodada final.

LEIA TAMBÉM

+ Os rivais do Sada/Cruzeiro no Mundial



MaisRecentes

Coluna: O Brasil queria receber os Pré-Olímpicos de vôlei. Mas…



Continue Lendo

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo