Segunda-feira agitada na Superliga



Uma rodada muito movimentada nesta segunda-feira (?!?) pela Superliga feminina. Um resuminho e aguardo os comentários dos especialistas.

– Líder no desempate por sets average, o Vôlei Futuro suou para derrotar o Banana Boat/Praia Clube, em Araçatuba, por 3 a 1, parciais de 29-27, 21-25, 25-21 e 25-22. Fernanda Garay, com 17 pontos, liderou o time da casa e foi eleita a melhor em quadra. Por enquanto, a ponta é a jogadora mais regular do Vôlei Futuro na Superliga. E já ouvi gente dizer: “Se ela não tivesse se machucado na Copa do Mundo…”

– Empatado em pontos com o rival de Araçatuba (12), o Sollys/Nestlé também precisou de quatro sets para bater o valente BMG/São Bernardo, parciais de 27-25, 25-23, 18-25 e 25-17. Adenízia fez 18 pontos e ganhou o prêmio de MVP. Mais uma vez, o time não contou com Hooker, que ganhou folga para passar o fim de ano nos Estados Unidos.

– A Usiminas/Minas é a outra equipe invicta na Superliga. Soma dez pontos, já que dois dos triunfos foram no tie-break. Ontem, um deles, ao superar o Sesi, de virada, em São Paulo, parciais de 24-26, 24-26, 25-20, 25-13 e 15-11. A cubana Herrera foi eleita a melhor. Pelo início de competição, dá para entender a empolgação de alguns fãs no Minas. O time se reforçou bem e, mesmo com algumas pessoas contrárias ao trabalho de Jarbas Soares, as atuações dão esperanças de dias melhores numa cidade que respira esporte como poucas no país.  Já o Sesi não embalou após bater a Unilever e está agora em quinto, com sete pontos.

– A Unilever ainda mostra instabilidade, mas venceu a terceira seguida, perdendo um set para o Rio do Sul, parciais de 22-25, 25-11, 25-16 e 25-10. Fabi foi eleita a melhor em quadra, com Sheilla terminando como maior pontuadora (18). Com nove pontos, o time de Bernardinho está em quarto lugar, decepcionante para a expectativa criada antes de a Superliga começar.

– Por fim, com 34 pontos de Priscila Daroit, o Mackenzie/Cia do Terno venceu a primeira partida na Superliga, no sufoco, ao fazer 3 a 2 no São Caetano, parciais de 25-14, 19-25, 26-24, 29-31 e 15-12



MaisRecentes

Vaivém: “Livre”, Thaisa seguirá atuando no Brasil



Continue Lendo

Jaqueline chega ao Japão para substituir Drussyla



Continue Lendo

Vaivém: Abouba espera aproveitar chance da vida no EMS/Taubaté



Continue Lendo