Seguir no exterior volta a ser tendência para Érika



Depois de não entrar em acordo com o Sesi, a ponta Érika vê cada vez mais distante o desejo de voltar a atuar no Brasil na próxima temporada.

Ela, que defendeu o Galatasaray (TUR) recebeu sondagens de equipes da Rússia, Japão, Turquia e Itália.

– Minha primeira intenção era a de ficar no Brasil, mas por algum motivo não deu certo. Então agora estou pensando em outras opções. Tenho propostas, mas ainda não penso em nada porque não veio nada concreto. Minha intenção é ficar, mas o que vier eu vou estudar – contou a jogadora.



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo