Sada/Cruzeiro na final. Mari e Paula fora



Encerrei as semifinais do Mundial de Clubes com 50% de acerto nos palpites. Na mosca, o placar dos brasileiros: o óbvio 3 a 0 do Sollys/Nestlé sobre o Lancheras e o difícil Sada/Cruzeiro 3 x 2 Belchatow. Já Trentino e Rabita não estavam entre os meus finalistas.

No masculino, teremos nesta sexta, às 13h, a reprise do duelo ítalo-brasileiro, vencido pelos atuais tricampeões do mundo no tie-break na fase de classificação.  Equipes que jogam juntas há várias temporadas e têm no entrosamento um diferencial. Pelo jogo passado, impossível fazer um prognóstico. O Trentino, pelo histórico no Mundial de Clubes, por estar invicto até agora e por ter jogado uma semifinal impecável contra o Zenit Kazan, tem um ligeiro favoritismo.

Já os mineiros suaram, como já imaginado, na semi contra os então invictos poloneses. Diferentemente de outras partidas em Doha, Wallace não brilhou e chegou a ser substituído pelo cubano Sanchez. E o time se virou sem ele.  Leal, que foi novamente titular, também não teve atuação destacada, sendo trocado por Maurício nos dois sets finais. O levantador William, com as extremidades marcadas e sem a bola de segurança com o oposto, optou pelos centrais Douglas Cordeiro e Acácio. E eles deram conta do recado. Douglas foi o maior pontuador do time com 15 acertos (13 no ataque – em 15 tentativas – e dois no bloqueio), seguido por Acácio, com 11 (sete no ataque, dois no bloqueio e dois no saque). William também foi decisivo no quinto set, com uma sequência de saques que determinou a abertura da vantagem que garantiu a vitória.

Pelo Belchatow, o oposto sérvio Atanasijevic foi quase imparável, terminando com 29 pontos, 25 deles no ataque.

A presença na final já é um grande resultado para o Sada/Cruzeiro, já que o trio europeu no Mundial é de primeiro nível. Mas conquistar o título não é um sonho distante pelo desempenho que o time já mostrou no Qatar.

No feminino, outra reprise, às 11h desta sexta. Na fase de classificação, deu Sollys contra o Rabita. E, pesando os dois elencos e o momento no Mundial, as brasileiras vão entrar em quadra como favoritas.

O time do Azerbaijão não tomou conhecimento do Fenerbahce.  A oposto Seda errou tudo o que podia, fazendo apenas seis pontos. Muito acionada, Mari colocou no chão sete das 30 bolas que recebeu e desta vez não desequilibrou no saque. Já Paula Pequeno, com 14 pontos, liderou o Fener, tendo um aproveitamento razoável no setor ofensivo, com dez acertos em 25 bolas levantadas.  Para completar a semifinal desastrosa das turcas, o bloqueio não achou a colombiano Montaño, autora de 22 pontos para o Rabita. O Sollys já sabe em quem foca para ter sucesso na decisão.



  • Antonio

    Daniel, a final do Masculino vai ser amanhã 6ªfeira às 13h, e não no sabádo como vc comentou no blog. Essa final vai ser eletrizante e não podemos perder de jeito nenhum!

    • Daniel Bortoletto

      lapso já corrigido, Antonio
      obrigado

  • romano

    sem a Kim o time do Fener é apenas razoável, impossível ganhar com Mari e Paula juntas como ponteiras. Ambas tem muita dificuldade em virar a bola, são mestres em largadas. Hoje a Paula jogou bem e a Mari foi mals, atacando sem força quando acionada. Deu pena ver a colombiana acabando com o time turco, vai ser jogaço a final.

    Brasil em duas finais, no feminino a chance é maior.

    • LEANDRO

      A Mari e a Paula sempre foram boas no ataque, o problema é que elas estão numa péssima fase. A Mari não aprendeu a passar até hoje.
      A Paula é razoável no passe e péssima no saque.

      • Darci

        Hoje, a Paula foi bem no saque. Marcou pontos. Voltou a usar o saque viagem e não tem isolado a bola.

        • Juju

          Darci, legal vc lembrar do saque da Paula, o viagem dela é muito melhor que o flutuante, não sei porque na seleção brasileira, só pode sacar flutuante. Me lembro do grand prix que a PP4 errou um saque e o Zé Roberto virou pro banco e falou, “putz ela não sabe sacar”.rsrsss…

          • Darci

            Ele disse isso em uma entrevista recente também. Pois é.

    • Raphaela

      Pessoal, penso que este time do Fener terá muitas dificuldades. Nenhuma culpa pode cair sobre as atacantes, qualquer delas, pois o levantamento simplesmente não existe. Não chega nem a ser mediano. Jogo feio de se ver, putzzzz. O técnico parece treinar um time de escola durante um jogo na aula de educação física. Está certo que um erro não justifica o outro; bola mal levantada o ataque tem que resolver, mas isso uma vez ou outra, não constantemente.

      Sem levantamento decente fica difícil analisar. O que foi a bola que encerrou o segundo set? E a outra que a Mari teve que dar um soco na bola. Dá pra listar vários lances horríveis dessa levantadora.

      • Darci

        O pior é que os dois lances que você citou foram feitos, cada um, por uma levantadora diferente. O do final do segundo set, pela reserva. O medonho do soco na bola (3º set), pela titular.

        Mas, é como você disse: as bolas imprecisas, porém, “atacáveis”, são de responsabilidade, também, das atacantes. Têm que ter coragem, ainda mais com as levantadoras atuando tão mal.

        • Darci

          Correção: “…imprecisas, porém ‘atacáveis’, são”…

          • Juju

            Concordo em partes com vc Darci, o problema é que 90% das bolas eram imprecisas e quando o atacante leva bloqueio a maioria das pessoas não analisa o levantamento, apenas o toco, ainda mais a Mari que vem de um corte olímpico e uma SLF em que foi muito criticada, começam as largadas. Mas, eu nunca tinha visto uma levantadora tão ruim em um time com tanta expressão! E o técnico do Fener também é beemmm fraquinho, ele só fica com cara de choro, a Montano bateu diagonal o jogo todo e o bloqueio marcando corredor, pelo amor…Sem falar que na hor que a Mari foi pra saída ele voltou com a levantadora titular mais medonha que a reserva. Hoje a Elif O., a Seda e a Eda Dundar demonstraram como NÃO jogar volei. Acredito que a Kim no time não faria a menor diferença no resultado final, pois nos amistosos contra o Vankifbank e na Gwardia Cup, a Kim tomou inúmeros tocos.

          • Darci

            Juju, até agora não consegui entender por que o técnico do Fener voltou com a Elif para o jogo.
            Ela estava mais perdida do que ele, que, com a substituição, acabou de afundar o time.

            Eu também acho que a Mari tem muito mais para dar por este time. Não desconsidero as circunstâncias nas quais ela e a equipe se prepararam para o Mundial. Muito pouco tempo de treino. Mas, hoje, ela foi um pouco insegura no ataque, a despeito do levantamento ruim. Espero que ela continue melhorando.
            Também acho que acho que mesmo com a Kim o time teria perdido. Até escrevi isso no meu comentário lá embaixo. Equipe muito desentrosada, mal postada em quadra e o técnico não ajudou em nada.

        • Raphaela

          As duas são tão ruins que nem percebi que não era a mesma, rsrsrs. Valeu pela informação Darci.

  • LEANDRO

    Gostaria de dizer que não vi o jogo, apenas acompanhei pelo site da FIVB.

    Daniel, mais uma vez o Wallace pipocou, ele é um grande oposto, mas não é jogador de decisão. Já mostrou isso inúmeras vezes. O Sada/Cruzeiro e a Seleção tem que trabalhar esse problema nele. Eu espero estar errado nesta minha observação.

    Pelo que vi nas estatísticas, o Sada foi superior no ataque e no saque, perdendo no bloqueio. Esse é um problema grave do Sada que tem que ser melhorado. No jogo contra o Trentino e neste jogo, o time tomou um baile neste fundamento. O time inteiro não sabe bloquear, Filipe, Wallace, Douglas Cordeiro, Acácio (2.07), etc., e isso é o gargalo do Sada.

  • Eduardo Araujo

    Ter Mari e Paula como ponteiras passadoras quebra qualquer time, não é a delas passar bola, a levantadora, já não é brilhante e ainda teve que ficar correndo atrás da bola, nas poucas vezes que o passe veio legal ela pode trabalhar com o meio, com jogadas somente nas pontas fica difícil para qualquer atacante virar bolas, por estar sempre com um bloqueio duplo!!!, a relação bloqueio e defesa também foi um desastre, não sei como esta o banco do Fener, mas se o técnico tivesse colocado uma ponteira para passar a bola e colocado a Mari como oposta quem sabe dariam mais trabalho!!!

    Pra mim o resultado do jogo já era previsível depois que eu vi os ralis que o Fener teve com um time amador, que treina em um presidio!!!

    Quanto ao jogo do Sada, o próprio sada que complicou o jogo no quarto set, deixando tomar a vidada, mas ainda bem que no quinto set o pessoal errou tudo e mais alguma coisa!!

    O bom que o torneio mostrou a força do Brasil com as 2 equipes na final, é outro jogo agora, mas espero que tanto o Sollys quanto o Sada sejam campeões!!!

    PS: que foi aquela bola de manchete de costas, chutada no meio do levantador do Sada!!!, o cara é bom mesmo!!!

    • Darci

      Fiquei me perguntando a mesma coisa durante o jogo do Fener: por que não tira a Seda e desloca a Mari para a saída? A Mari estava irregular no ataque, mas a Seda simplesmente não entrou no jogo.

  • Luisa

    O Fenerbahce sentiu muito a falta da Kim nesse Mundial. A inconstância das jogadoras ficou nítido neste jogo quando finalmente enfrentaram uma adversária tecnicamente mais forte. As brasileiras jogaram bem ao meu ver. Fizeram o que podiam. A Mari fez bons jogos, apesar da falta de ritmo de jogo e a Paula idem. Já as outras do time como a Seda, que errou quase todos os ataques ficou apagada o jogo inteiro, nem parecia aquela jogadora da 1ª fase quando enfrentaram times fracos…. Aquela levantadora do Fenerbahce também é muito ruim, pelamor…. a mulher levantava jacas pra todas, não sabia se virar na rede, não variava as jogadas…. muito ruim. Mas vale ressaltar também a ótima partida do Rabita, principalmente da Montaño que jogou muuuito! Espero que o Sollys marque muito bem esta jogadora na final, já que vimos ser a principal ”arma” deste time.

  • Darci

    O Fener, neste Mundial, foi um time meio bagunçado. Mesmo nos dois jogos anteriores já era perceptível a sua falta de entrosamento e a sua irregularidade ao longo dos sets. Só que aquelas duas equipes eram muito inferiores, por isso as vitórias fáceis.

    Hoje, isso ficou mais nítido. A Kim, por razões óbvias, fez muita falta, mas não arrisco dizer que com ela o time teria vencido. Pelo motivo acima citado e porque do lado do Rabita havia a Montaño para colocar a bola no chão.

    O interessante foi ver o comentarista do bandsports “marretar” o técnico turco a partida inteira, comparando as suas orientações com as do técnico do Rabita. Realmente, o primeiro parecia bem perdido. Não conseguiu posicionar bem sua defesa e o seu bloqueio a maior parte do tempo.

    Seda não entrou no jogo. Paula, bem melhor nesta partida. Mari, irregular no ataque, parecia insegura de atacar as bolas mais “quadradas”, as quais foram inúmeras, de perder a conta. Virava uma bola linda, largava outras três. Mas acredito que, com o tempo, vai voltar a ser uma atacante mais firme. Já parece estar em melhor forma e torço por ela. Por fim, o péssimo entrosamento entre as levantadoras e as atacantes. Muito ruim mesmo.

  • ana maria

    Que orgulho os dois times na final!

  • Juju

    O problema do Fener passa longe das ponteiras. As levantadoras são muito, mas muito ruins, a reserva parece ter um pouco mais de precisão no levantamento, pra piorar a Seda, que já não está entre as melhores do mundo, estava em um dia infernal, como disse o Daniel, errou tudo o que tentou. A okuniewska é uma grande jogadora já a Eda, parece que deixou o volei em algum lugar que ela não sabe onde. Nem a Kim dará jeito se a bola vier colada na rede na entrada e passando da antena na saída, sem falar que o passe da Kim passa longe de ser ótimo. A Mari esteve muito bem, principalmente no passe, que ela foi sempre tão criticada, no ataque com uma melhora de qualidade no levantamento, ela tem tudo pra fazer uma excelente temporada, gostei da PP4, mesmo longe se ser aquela de 2008, mas na hora da decisão ela cresce e não se esconde, tem muito raça. Minha avaliação final é que as brasileiras foram muito bem e que o técnico do Fener vai ter muito trabalho. Aliás, legal a Mari ter mudado pra oposta no meio do 3º set, pena que neste momento o técnico colocou a Elif O. novamente e acabou de matar a reação do time.

    • Luiz

      Mari divou do passe hoje. Entregou 95% na mão. Daí se avalia como a levantadora do time é ruim. Trabalhou com passe A na mão. UMA VERGONHA!

  • Emanuella

    gente quase que o Cruzeiro entrega o Ouro, pensei que depois de deixar o time virar o quarto set não teria mais jeito para eles. ainda bem que no final deu tudo certo.
    essa final será muito difícil, Cruzeiro tem que jogar na ponta dos cascos, Wallace tem que estar inspirado, porque sem ele será impossível.

  • Emanuella

    Agora quando ao Fener, time muito fraco, não tem variação de jogada, a levantadora titular é horrorosa e não tem nenhum volume de jogo, todas as bolas caiam no fundo de quadra, todas.

    Achei que a Paula jogou muito bem, foi a melhor em quadra pelo time do Fener.

    Sei que o povo é maluco pela Mari mas esse torneio não serve para avaliar o time positivamente, as vitórias vieram contra times medíocres e quando pegaram um time razoável levaram um chocolate.

    Mari deveria ter ido para a Italia ou para a Russia, porque alem de jogar num time não muito bom, ainda corre o risco de não jogar quase nada, porque a Kim não vai perder a vaga para ninguém nesse time.

    • Luiz

      O problema é que a oposta Seda é fraca, e a reserva dela é mais ainda. Como a Mari estava passando muito bem hoje, a única que estava dando estabilidade no passe (pasmem), não tinha como colocá-la como oposta. Se a Kim tivesse lá, aí sim a Mari poderia substituir a Seda. O técnico do Fener está gostando muito da Mari.

      • Darci

        Eis a questão: será que o técnico do Fener terá coragem de tirar a capitã Seda do time e deslocar a Mari para a saída depois que a Kim voltar? Porque, se hoje não foi um dia excepcionalmente ruim da Seda, ela não tem a menor chance de disputar a vaga com a Mari, mesmo que essa ainda não esteja na sua melhor forma.
        Você, que conhece melhor a equipe, me diga: as levantadoras do Fener são sempre tão ruins quanto demonstraram ser nesse Mundial ou só estão sem entrosamento com as atacantes? Dá para melhorar ou é caso perdido?

        • Juju

          Eu, particularmente, acho que é caso perdido, kkkkkkkkkkkkk….

        • Luiz

          Cara, as levantadoras do Fener vivem de momentos. A titular ganhou o prêmio de melhor levantadora turca e agora de melhor do Mundial (kkkkk). E sobre a vaga de oposta, A Mari e a Seda estavam disputando sim a vaga até o mundial. E acredito que a Mari jogaria de oposta se a Kim estivesse lá. Nos treinamentos, a Mari estava melhor do que a Seda. O problema é que agora, no campeonato turco Mari, Paula e Kim não poderão jogar juntas. Acho que Paula e Mari vão disputar mesmo esta vaga. A briga está assim: Mari está divando no passe, e Paula está melhor no ataque. Cabe agora ao técnico escolher o que é melhor.
          Mesmo com a volta da Kim não vejo vida fácil para o Fener com estas levantadoras de lua.

          • Darci

            Obrigada. Inexplicável este prêmio de melhor levantadora. Fabíola deu show.

  • Flávia

    Faltou a Kim pra enfentar a Montana! E quanto a Mari a maioria das bolas levantadas eram jacas! Levantadora péssima e quanto a Sada perdidinha não fez nada! Paula foi bem… o técnico era um bosta! Não acredito q um time desse nivel tem um tecnico desse!

  • Clivia

    Sem a Kim o FEnerbahce, já tinha as chances menores, mas com as levantadoras jogando pouco e sem usar as centrais, dependendo muito da Mari, Paula e Seda, fica difícil. O importante e que a Mari esta reocupando -se fisicamente e com isto o seu voleibol vem junto, desejo boa sorte ao Fener. Para o campeonato Turco que nao e tão fácil e que a Kim consiga jogar no time, caso contrario o físico da Mari e Paula serão muito exigidos.

  • Caco

    Para mim, o nível das equipes é este:
    O Sollys está aqui.

    O Rabita, aqui.

    Bohai Bank, aqui.
    Fener, embaixo.

    Lancheras, here.

    E, finalmente, Kenya Prisons.

    Obs.: Impossível deixar de comentar o saque da levantadora do Lancheras. Alguém se ligou na performance? Por que ela faz aquilo? Em que isso ajuda? Quem se lembra dela no Grand Prix desse ano? É a reserva da seleção peruana. Comédia, hein?!

  • Luiz

    Gente, quem ousa falar mal da Paula e da Mari no jogo? Será que ninguém viu que o técnico do Fener mudou a levantadora várias vezes? O Fener simplesmente não tem levantadora, nem centrais e nem oposta. A Mari passa 70% da quadra. SIM, MEUS AMIGOS, PASMEM. A Mari é a melhor passadora do time. E está muito bem nas estatisticas neste fundamento. A Mari parecia até a Mari da Copa dos campeões de 2009, em que ela só dava passe A e a Dani Lins só fazia M… chegando a perder de 3×0 para a Itália na final. Foi exatamente o que ocorreu hoje. Acho que a Mari só teve dois erros no passe. Mari e Paula jogaram bem. Se jogasem mal, eu falaria. Tem gente aqui que parece que viu outro jogo.

  • CMA

    time do Fener é mediocre, não faz um bloqueio, não faz uma defesa, nada. Paula jogou muito bem, Mari jogou mais ou menos.
    Não tinha nenhum time melhor que queria Mari e Paula?? só vão andar para trás jogando nesse time mediocre.
    A Paula já se aposentou da seleção, mas a Mari imagino que ainda gostaria de brigar por uma vaga. Mas ta complicado para ela jogando nesse time.

    • Juju

      Não é mediocre, tem boas jogadoras, mas a levantadora é pelo menos 50% do time, e isto o Fener não tem. A Okuniewska e a Mari tem um bloqueio muito bom. Tem que levar em consideração também que o Fener fez apenas 4 jogos oficiais e 3 amistosos com este time. O Fenerbahçe é um dos melhores times da Europa, só não esteve bem neste torneio.

  • Mari , Paula e Okuniewska Elas foram as melhores em quadra… Levantadora Elif é muito ruim, a Nilay é ate melhorzinha… Seda um horror… Mari muito bem no passe entregando praticamente todas nas maos…Teve uns ataques lindos… Como havia dito, Mari , Paula e Okuniewska as melhores em quadra.

  • lucas kazan

    só a paula,mari e Berenika jogaram seda estava um lixo a levantadora Oner Nedime Elif que levantadora ruim meus deus um time como o Fenerbahce tem uma levantadora ruim e esse tecnico meu deus só na tranquilidade coitado desse time com kim ou sem kim esse time ia perder do mesmo jeito

MaisRecentes

Vaivém: Jaqueline no Hinode/Barueri



Continue Lendo

Cai o primeiro técnico após UMA rodada da Superliga



Continue Lendo

Luizomar e Rizola não conseguem vaga no Mundial



Continue Lendo