Sada/Cruzeiro confirma favoritismo e é campeão



O último teste do Sada/Cruzeiro para o Mundial de Clubes do Qatar foi animador para sua torcida.

Neste sábado, o atual campeão da Superliga não deu chances para o Vivo/Minas, fazendo 3 sets a 0, parciais de 25-18, 25-16 e 25-20, na decisão do Campeonato Mineiro.

O título serve como combustível extra na tentativa de desbancar os europeus Trentino (ITA), Zenit Kazan (RUS) e Skra Belchatow (POL) na briga pelo status de melhor do mundo, entre 13 e 19 de outubro.

No Estadual de Minas Gerais, os cruzeirenses provaram estar realmente um patamar acima do Vivo/Minas, seu maior rival. As parciais da final mostram bem isso. Vale lembrar que nos dois jogos anteriores entre os dois o placar também foi 3 a 0.

Dentre os prováveis titulares na Superliga, o Minas não teve apenas o oposto tcheco Filip, contundido. Samuel começou jogando no setor. Já o time dirigido por Marcelo Mendez, que ainda não conta com o cubano Leal, usou a base bem conhecida com William, Wallace, Filipe, Maurício, Douglas Cordeiro, Rogério no lugar de Acácio e Serginho. E esse time titular, entrosado como poucos, pode fazer bonito no Qatar.



MaisRecentes

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo

Coluna: A empolgante decisão da Superliga feminina



Continue Lendo