Russas fecham lista para o Mundial



O Dínamo de Moscou ganhou hoje o último convite da Federação Internacional para o Campeonato Mundial feminino de clubes, que será disputado entre 9 e 14 de maio, em Kobe, no Japão.

O time russo se junta assim aos sete participantes anteriormente confirmados: Rexona-Sesc e Vôlei Nestlé (BRA), Hisamitsu Springs e NEC (JAP), Volero Zurich (SUI), Eczacibasi e Vakifbank (TUR).

Na Itália esperava-se que o Conegliano, vice-campeão da Liga dos Campeões da Europa, ficasse com o título. A lógica era simples: como o Vakifbank, que tinha vaga como convidado, ganhou o torneio continental europeu, o segundo colocado “herdaria” a condição.

Goncharova é o destaque do Dínamo de Moscou (Divulgação)

Goncharova é o destaque do Dínamo de Moscou (Divulgação)

Mas neste caso se misturam vários fatores extraquadra para definição dos participantes. Um dos nomes envolvidos neste processo é do milionário Stav Jacobi. Nascido na Rússia e naturalizado suíço, o magnata que comanda o Volero, comprou o Partizan, time sérvio, gravita no processo de decisão do Mundial. Além de manter os clubes, o dinheiro de Stav também garante contrato de longo prazo com várias jogadoras internacionais, que acabam sendo alocadas em times de ponta dos quatro cantos do planeta. Uma delas é bem conhecida do público brasileiro: Mihajlovic, que já defendeu o Rexona.

O Dínamo de Moscou é a base da seleção russa: Goncharova, Shcherban, Kosyanenko, Fetisova, Malova, além da dominicana De La Cruz e a croata Poljak.

Uma coisa é certa: os dois times brasileiros terão extrema dificuldade em Kobe, já que o nível técnico do Mundial ficou altíssimo.

 



  • Michel Pereira

    Indiscutível o potencial do Dínamo Moscou, base da seleção russa mais De La Cruz e Poljak. Similar ao convite do Osasco, o do Dínamo leva em consideração questões financeiras em detrimento de critérios esportivos; do contrário teríamos Conegliano e Praia ocupando as respectivas vagas, o que seria até uma forma indireta de estimular as demais equipes a se esforçarem mais visando abocanhar uma vaga no mundial de clubes e, consequentemente, aumento na qualidade das equipes.

  • silas antares

    É um orgulho para o voleibol brasileiro ter duas equipes no mundial. Veja que nenhum clube italiano, considerado umas das “natas” do vôlei vai participar. Dois gigantes turcos, dois gigantes do Brasil, dois melhores do Japão, o milionário volero, que tbm é um timaço e agora o dínamo moscou, outro timaço. Mas tbm acho que pela lógica e o justo seria o vice da champions, o conegliano, mas enfim, fazer o que né?Mas concordo contgo o nível está altíssimo e só vai valorizar e muito até as derrotas.

    • L. Mesquita

      Orgulho de que? De ter uma VAGA COMPRADA atraves de propina? A NESTLE comprou a vaga do OSASCO! Duvido q se o SESC RJ nao conquistasse sua vaga na quadra, o Ary Graca daria o WILD CARD ao SESC RJ. Ja o CONEGLIANO, segundo lugar na Chempions teve sua vaga GARFADA pelo Dinamo MOSCOW, querto colocado na Champions, que pagou mais caro pela vaga! Que criterio eh esse que o QUARTO COLOCADO toma o lugar do SEGUNDO COLOCADO da CHAMPIONS?

      • Allan Doni

        Ora ora, temos um xeroque rolmes aqui

  • Meguinha Frota Frota

    Daniel Bom dia! Adoro seu trabalho. mais fiquei confuso. O site to fly de volei disse que o Conegliano estará no mundial. segue link; Fiquei agora sem entender; kkkkk

    http://www.toflyvolleyball.com/2017/04/com-conegliano-mundial-de-clubes-tem-5.html#comment-form

  • Meguinha Frota Frota

    Daniel Bom dia! Adoro seu trabalho. mais fiquei confuso. O site to fly
    de volei disse que o Conegliano estará no mundial. segue link; Fiquei
    agora sem entender; kkkkk

    http://www.toflyvolleyball.com/2017/04/com-conegliano-mundial-de-clubes-tem-5.html#comment-form

    • Daniel Bortoletto

      o site da Federação Internacional é minha fonte

  • Senhor Omar – Trágico

    Penso que não deveria ter dois clubes brasileiros.. e sim um italiano no lugar do Osasco. A situação dos dois turcos é aceitável.. já que um é o atual campeão mundial e o outro campeão da Champions… ou seja.. critério técnico.

  • AfonsoRJ

    Esse mundial de clubes virou mais é uma grande palhaçada. Que mundial é esse que a maioria dos clubes entra como convidado e cujo critério que prevalece é o de interesses financeiros quando não outros talvez até escusos? Na verdade de mundial não tem nada, pois a representatividade é no mínimo questionável,

    • Kleber Alves

      Resumiu a questão

MaisRecentes

Zenit campeão com méritos. “Cubanos” dominam premiação



Continue Lendo

Sada/Cruzeiro sai do Mundial com bronze e cabeça erguida



Continue Lendo

Rodada define confrontos da Copa Brasil masculina



Continue Lendo