Rodada “diferente” define playoffs da Superliga feminina



Estranhos, anormais, atípicos, surpreendentes… Como qualificar alguns dos resultados da última rodada da Superliga feminina, na definição do emparceiramento para os playoffs?

O maior perdedor da noite de sexta foi o Camponesa/Minas, que tinha chances matemáticas de acabar em terceiro, mas terminou em quinto lugar após perder em Belo Horizonte, por 3 a 1, para o São Cristovão/São Caetano. O resultado fará com que o time de Jaqueline, Mari Paraíba & Cia. não tenha o mando de quadra nas quartas de final diante do Praia/Clube. Pode ser um fator decisivo em um confronto que promete ser muito equilibrado (ambos terminaram com 49 pontos, 16 vitórias e oito derrotas. Vantagem de Uberlândia apenas no set average). E olha que o Praia quase deu uma ajudinha para o Minas, sendo derrotado pelo Maranhão/Cemar no tie-break. Mas o pontinho ganho no revés foi suficiente para o time do Triângulo garantir o quarto lugar nos critérios de desempate.

Falando em derrotas, o Rexona-Ades perdeu pela primeira vez na competição. Jogando no Tijuca, o líder da primeira fase caiu diante do Sesi, segundo colocado, no tie-break. As paulistas abriram 2 a 0, com parciais muito equilibradas (26-24 e 29-27), levaram o empate após as mudanças de Bernardinho (Natália na saída, Drussyla na ponta e Roberta no levantamento), mas faturaram no quinto set, tendo aberto de cara 6 a 0 com Carol Albuquerque (eleita a melhor do confronto) e depois 13 a 4. O placar final de 15 a 9 certamente dará combustível extra para o bom time de Talmo nos playoffs.

O outro resultado surpreendente aconteceu em Santa Catarina, com a vitória do desclassificado Rio do Sul/Equibrasil sobre o classificado Pinheiros por 3 a 1. Uma despedida honrosa das catarinenses, que agora já começam a pensar na próxima temporada. Já o time da capital paulista caiu de rendimento após o título da Copa Brasil e terá de voltar a atuar de forma bem mais consistente no playoff contra o Molico/Osasco, que ontem bateu São José por 3 a 0.

QUARTAS DE FINAL

Rexona-Ades (1º) x São Cristovão/São Caetano (8º)
Sesi (2º) x Brasília (7º)
Molico/Osasco (3º) x Pinheiros (6º)
Dentil/Praia Clube (4º) x Camponesa/Minas (5º)

SEMI
Vencedor de 1º e 8º x vencedor de 4º x 5º
Vencedor de 2º e 7º x vencedor de 3º e 6º

 



  • Léo

    Rodada estranha com placares esquisitos…

  • Renan

    Rio mais uma vez mostrou a força do banco, mesmo perdendo. Gabi esteve muito bem marcada, mas também esteve pouco inspirada. Suelle melhorou muito no ataque. Gosto dessa Drussyla, quando resolve ser corajosa se sai melhor do que quando é cautelosa. Se Rio e Sesi continuarem nesse ritmo são favoritos a repetirem a final.

  • Lucas

    A realidade é q a Jaqueline está levando o time nas costas há váriAs rodadas.É FATO!Infelizmente, o time n tem centrais espetaculares. Sao d boas a razoáveis. Precisam ser mais efetivas. A gattaz ainda está se saindo melhor q a walewska. A mari Paraíba precisa aparecer mais, assim como a carla, q fica apagada em alguns sets.Mas, c certeza, o q está prejudicando MUITO O TIME SÃO OS EXCESSOS D ERROS.NO SET 2 ou 3,eu acho, o time deu 12 pontos ao sanca.INACREDITÁVEL.N PODE ERRAR TANTO.E ISSO CUSTOU A 4 POSIÇÃO E O MANDO D QUADRA. FOI TENSO.E isso se agrava c a ineficiência das centrais, principalmente da walewska, em mtos momentos. Pois, mtas vezes, passam sets c 1 ou 2 pontos, no máximo. A gattaz ta bloqueando e atacando bem mais q capitã. E isso compromete o time.Pois a responaabilidade fica toda na Jaqueline. Tanto é q em quase todas as partidas ela sempre pontua mais d 20 pontos. E as outras jogadoras ficam c 10 pontos ou mais , abaixo do q a jaque pontuou. Espero q essa derrota tenha dado um banho d agua fria na equipe….q ela veja q os erros devem ser diminuídos…q essa derrota sirva d alerta e lição p uma equipe q foi uma das 3 melhores do returno, c 2 derrotas. Porém, apesar d vacilo, acredito no Minas…no elenco mais estável, comparado c o praia. E quanto ao rio, q o minas fique d olho , pois a derrota p o sesi só mostra q o rexona n é imbatível. Até pq, o camponesa, fez jogo d igual p igual c o rio, no returno, só perdendo no 5 set.

    • Mário

      Jaque tem mais é que jogar e dar a vida realmente pro time que aceitou suas exigências e bancar um salário que é quase igual à soma de todas as outras. Então, tem que dar retorno ao investimento…

      • Lucas

        É ÓBVIO Q ELA TEM Q JOGAR, ASSIM COMO AS DEMAIS. N É PQ ELA TEM O SALÁRIO MAIS CARO DO TIME, Q TAL JOGADORA DEVE LEVÁ-LO NAS “COSTAS”.O Q EU DESTACO SÃO OUTROS PONTOS: A INEFICIÊNCIA DAS CENTRAIS, EM MUITOS MOMENTOS, O Q É ABSURDO, POIS SAO MTO EXPERIENTES, SENDO UMA CAMPEÃ OLÍMPICA, INCLUSIVE. E A INSTABILIDADE DA OPOSTA, EM ALGUNS MOMENTOS. O MINAS RESSURGIU NA COMPETIÇÃO, TEM OUTRA CARA E ISSO TEM MÉRITOS DA COMISSÃO TÉCNICA , AO ESCALAR A NAIANE , COMO LEVANTADORA TITULAR, E A CARLA , COMO OPOSTA. E DEVE-SE, CLARO, À CHEGADA DA JAQUELINE. SE A COMISSÃO TÉCNICA N TIVESSE TIDO OUSADIA DE CONTRATA-LA, DIFICILMENTE, O TIME TERIA FEITO UM RETURNO QUASE PERFEITO. A DISCUSSÃO N É Q A JAQUE EXIGIU ISSO OU AQUILO, MAS O , SIM, O Q ELA VEM FAZENDO PELO TIME, Q OPTOU EM TRAZÊ-LA E FEZ A “MELHOR” COISA, CASO CONTRÁRIO , CERTAMENTE, ESTARIA EM POSIÇÕES ABAIXO. NA TABELA.ISSO É FATO! REPITO: É PRECISO Q AS CENTRAIS APARECAM MAIS!!! POIS O TIME, JO C A PONTEIRA JOGANDO, N DA.N GANHA SUOERLIGA.É FATO: A JAQUE ESTÁ FAZENDO A SUA PARTE, E MUITO BEM.A NAIANE É UMA BOA LEVANTADORA.MERECE O TÍTULO D REVELAÇÃO DO CAMPEONATO. POREM, GANHAR SUPERLIGA, C CENTRAIS APAGADAS, EM MTOS MOMENTOS, É QUASE IMPOSSÍVEL. MAS , AINDA ASSIM, ACREDITO NO MINAS..NO SEU ELENCO.

        • Marcio Fu

          As centrais do Minas, em muitos momentos, ficam apagadas no set simplesmente porque não recebem bolas. Quando recebem, geralmente, são jacas levantadas no susto, quando o passe não sai dos melhores. A Naiane é uma das revelações dessa superliga, mas as vezes força o jogo com Jaque, Carla e Paraíba e simplesmente se esquece da Wal e da Gattaz. Quem acompanha os jogos, principalmente na Arena JK, já presenciou a Walewska pedir bola inúmeras vezes e não ser atendida.

  • Difícil será prever alguns resultados como Molico x Pinheiros e Praia x Camponesa,os demais passam os favoritos Rexona e Sesi. Gostaria que Pinheiros e Camponesa fossem mais além nesta Superliga pelas tradições e equipes com menos investimentos. Não queria ver uma final repetida como nos anos anteriores.

  • Gosto do estilo de jogo da Ramires,mas vou torcer para o Sesi. O time do minas poderia montar uma equipe mais competitiva para a próxima temporada e imagino uma equipe com ; pontas ( Jaqueline / Larson ); levantadora (Fabiola ou até mesmo a titular da esquipe desta temporada); oposto (Ramires) , meios ( Fabiana e Wal) libero Arlene ou Tassia .

    • Lucas

      JAQUELINE E LARSON, SERIA A DUPLA PERFEITA. A LEVANTADORA É BOA, N PRECISARIA TRAZER OUTRA, A JORDANE, D RESERVA, TBM DA PRO GASTO.D REPENTE, TRAZER A TACIA SERIA UMA ÓTIMA OPÇÃO, TBM.QUANTO ÀS CENTRAIS, A WALEWSKA N ESTÁ AJUDANDO MUITO.É PRECISO UMA CENTRAL MAIS EFETIVA..Q ATAQUE MAIS…BLOQUEIE MAIS….CHAME MAIS A RESPONSA , Q ESTÁ TODA NA JAQUELINE. E QUANTO A UMA OPOSTA…TALVEZ, UMA ESTRANGEIRA, TIPO DARNELL(TURCA)..OU ATÉ A HOOKER (N ESQUEÇAM DELA).

      • Fernando

        Pelo que a Hooker vem jogando na Coréia não dúvido muito que ela venha para o Brasil ano que vem, seria um ótimo investimento para uma oposta, no Minas ela cairia como uma luva.

        A própria Ramirez seria um ótima contratação, iria melhorar muito o ataque, bloqueio e ataque.

        para o Minas vir fortíssimo ano que vem, eu trocaria somente a Waleuska por outra central e traria uma das duas opostas citadas acima, estariam ambas dentro do “orçamento” do time.

        • Lucas

          POIS É. MAS AINDA ACHO A HOOKER UMA BOA. SERIA UNIR O ÚTIL AO AGRADÁVEL: A HOOKER Q QER MOSTRAR SERVIÇO, P VOLTAR À SELEÇÃO , C UM MINAS Q VEM BRIGANDO NO CENÁRIO NACIONAL.

    • Euripedes Jr.

      Estrangeira na Superliga só pegamos refugo ou quem está iniciando , dificilmente a Larson jogaria aqui .

    • Edu

      Carissimo, a Fabíola já teve seu contrato renovado dois meses antes do final da temporada pelo Krasnodar para a temporada 2015-16.O time utiliza assim 50% de sua cota estrangeiras de forma antecipada pela confiança e mérito que a jogadora adquiriu nessa primeira temporada na Russia.Acho que todos que curtem o voleibol estão felizes por ela.

    • Deni

      Tu ta achando que o Minas tá com tanto dinheiro assim? Meu filho, acorda! Precisaram de ajuda pra trazer a Jacqueline.

      • Marcio Fu

        Larson é um dos maiores salários do vôlei mundial. Com o dólar batendo três reais, fica impossível fechar com qualquer estrangeira. E, sinceramente, nem acho que precise. O Brasil tem jogadoras incríveis em todas as posições, que precisam de uma chance por aqui. O que o Minas mais sentiu falta, nessa temporada, foi de uma oposta decisiva. A Carla é ótima, ataca muito bem, salta muito, mas ainda fica devendo quando tem que virar aquela bola salvadora, característica que define uma boa oposta.

  • Junior

    Não vai falar sobre o comportamento vergonhoso da torcida do Maranhão? Se fosse Osasco ou Minas era capa de jornal.

    • Daniel Bortoletto

      não sabia do ocorrido

      • SPORTS IN THE WORLD

        Então procure saber Daniel. A coisa feia demais aconteceu com o Praia lá no Maranhão. “O couro comeu e ninguém viu”. Viram sim mas não querem contar né. Mas o técnico do Maranhão errou a colocação do seu time naquele papelzinho que ele entrega para a anotadora e aí ela “consertou” para ele a armação do time, coisa que parece que não é permitida pela regra do jogo. E aí por causa disso teve uma tremenda confusão, com a torcida local inclusive cuspindo nas jogadoras do Praia etc. E o “juizão” de São Paulo, um tal de Plínio não sei das quantas, nada fez, já não chega o que a juizada de São Paulo prejudica os times de Minas lá em SP e ainda vai prejudicar no Maranhão. E o delegado da CBV, o que fez? Também não fez nada, até porque ele é do Maranhão. Eita trem bão sô! Viva a família Sarney!

  • O problema do Minas-camponesa são as 2 centrais…fracas.Jaqueline ,Carla, Naiane e líbero são boas.Já Mari paraíba..muito irregular.Já no praia o problema é mais crônico..Natália,Sassá e a líbero Tassia deveriam ser reservas,quanto ao problema crônico do praia?Tá na levantadora,o time tem que investir pesado em uma levantadora,mesmo que estrangeira e ficar com a Ju Carrijo que joga mais que a Karine.

    • Lucas

      É O Q EU DIGO: AS CENTRAIS DO MINAS SÃO FRACAS, APESAR D EXTREMAMENTE EXPERIENTES. A GATTAZ TA JOGANDO MAIS Q A WALEWSKA.A RESPONSA ESTÁ “TODA” EM CIMA DA JAQUELINE. OLHEM O RIO…O SESI, Q SÃO OS 2 MELHORES TIMES.TAIS EQUIPES POSSUEM CENTRAIS Q PONTUAM O TEMPO TODO, Q DIVIDEM A RESPONSA C AS PONTEIRAS. NO MINAS, N; A JAQUELINE É AMAIS REGULAR E A Q DESEQUILIBRA. E ISSO N PODE.AS CENTRAIS DEVEM APARECER…ATACAR…E BLOQUEAR, O Q FAZEM POUCO.

    • Edu

      Permita-me respeitosamente discordar mas para minha surpresa a Carol Gattaz esta tendo uma excelente temporada.Virando bola e principalmente bloqueando com muita eficiência.A Waleska entra no quesito correta.Concordo que o Praia precisaria de uma levantadora mais vigorosa e técnica.A Karine esta linda com aquela barriguinha de gravidez mas demonstrou ser frágil em alguns fundamentos como levantamento na pipe e nas bolas altas de ponta.A Ju Carrijo é talentosa mas esta muito verde e precisa melhorar muito a técnica de levantamento :no limite da transição para dois toques( a Carol Albuquerque caminha também próximo a essa linha).A solução natural seria ir atrás da Fabíola se ela já não tivesse renovado antecipadamente com o Krasnodar.Na minha opinião a Macris seria uma solução justa e boa,para ela e o time, na próxima temporada.Ou a Carol ou a Juma Fernandes(titular e reserva) do São Caetano seriam boas opções para a evolução do trabalho a médio prazo(dois anos).

      • Léo

        A Walewska ontem jogou muito bem. Também acho que as centrais do MINAS não comprometem, muito pelo contrário, em clássicos elas vão bem. Contra o SANCA senti a NAIANE sentiu o jogo nos momentos decisivos, além do técnico que faz alterações equivocadas.

  • JSG

    O Rexona Ades e o Sesi-SP desde o início despontaram como as melhores equipes do campeonato. O que me chamou atenção nesse clássico foram dois motivos:1. O retorno de Natália à posição de oposta! 2. O grande crescimento no ataque que a ponteira Suelle do Sesi-sp apresentou e que já vinha dos ultimos jogos. Quanto a derrota da Camponesa Minas acredito que isso seja trabalhado pros proximos jogos, porque volei a equipe tem de sobra pra passar pelo Praia nas quartas. Na próxima temporada o time deve manter a Laís, Naiane,Carol Gattaz,jaque e mari pb. Poderia procurar um central do nível de fabiana e uma oposta estrangeira como a Kelly Murphy ou a Diouf. O praia tem as levantadoras como um dos grandes problemas.
    O confronto mais dificil de se prevê algo é molico osasco x pinheiros. O osasco é inconstante desde a formaçao da equipe e o pinheiros caiu muito de rendimento após a copa brasil. Eu apostaria nas semi finais assim: REXONAS ADES X CAMPONESA MINAS
    SESI-SP X MOLICO OSASCO.
    NO FINAL apostaria SESI-SP X MINAS, Com o SESI CAMPEÃO.

    • Lucas

      Eu ainda acho q a hooker seria uma boa opção p o minas, pois alem d atacar mto, está “barata” no mercado. A darnell seria uma excepcional contratação. Se o time almeja o título, tem q arriscar e abrir os cofres, assim como fez p trazer a jaque, o q está surtindo total efeito e n tem nem o q se comentar. Acho q a val poderia jogar mais , ela ainda se sai melhor q a WALEWSKA.Investir em uma oposta e em uma central estrangeiras , seria uma boa.A central até poderia ser uma brasileira, a fabiana acho difícil deixar o sesi. Então , qual seria uma opção realmente confiável p a posição? A mayhara talvez fosse interessante. Ja a torquete a lia e a tica podem ser dispensadas. Lia d oposta, mal bota a bola no chão. Quandl n é bloqueada, erra o ataque ou dá defesa. Ao longo da superliga , tiveram sets q ela só fez 1…2…..3 pontos, absurdo, p qem é oposto.

      • Fernando

        também estou apostando muito na Hooker, principalmente no quesito custo-benefício, que é o caso do Minas.

        • Lucas

          VEI, SERÁ Q NINGUÉM PERCEBE Q A HOOKER SERIA UMA SACADA MASSA?N É POSSÍVEL ELA N PODE SER IGNORADA! N É POSSÍVEL.

    • rafael cruzeiro

      Algumas obs.:
      1. A Natália de oposta não funcionou, além de perder o que estava dando certo (ataque das ponteiras – gabi e natália), jogou-se a responsabilidade nas costas da Regis, que não correspondeu;
      2. A Suelle deu um up grade na sua carreira, assim como a Jaque, ela resolveu deixar de ser apenas uma boa passadora para também atuar de ponteira definidora;
      3. A Carol alb. cometeu vários dois toques não anotados pela arbitragem (os árbitros deverão estar mais atentos nas finais!);
      4. Minas/camponesa está precisando de participação maior das centrais, de minimizar a irregularidade da Mari Pb e de conseguir uma oposta de confiança (No atual momento das duas, a Murphy e a Doiuf não viriam para o Minas!);
      5. O confronto mais difícil de prever o resultado é entre Praia e Minas (os dois times se equilibram, mas se Ramirez e Tandara estiveram inspiradas, acredito mais no Praia). O Pinheiro foi novidade na C. brasil, porém suas jogadas de ataque – Rosa pela saída, ellen pela entrada e pipe, a 2ª da macris, etc – estão manjadas;
      6. Nada tira a final entre Rio/rexona x SESI-SP. Não torço para nenhuma time em particular (como mineiro sempre tenho predileção pelos times lá das Alterosas), mas acho a equipe carioca tem mais time, Rexona campeão.

      Em tempo: se o que estão divulgando for verídico, a CBV tem que punir exemplarmente o time do Maranhão. O volei não pode ser contaminado por essas práticas que se proliferam no futebol. Pequenas discussões na quadra, pressão legítima da torcida ou debates argumentativos são aceitáveis em nosso esporte, mas violências físicas e verbais não são nossa praia e devem ser combatidas com veemencia.

  • NOVAKOVISK

    A CAMPONESA MINAS IDEAL SERIA:
    Líbero: Tássia
    Levantadora: Naiane
    Centrais:Carol Gattaz e Fabiana
    Pontas:Jaque e Mari pb (ou carla)
    Oposta: Valentina Diouf.

  • Daniel

    O q aconteceu no Maranhão?

    • “Doidinha por vôlei”

      Uma tremenda lambança por parte da torcida do Maranhão. O Praia espera que a CBV, pune exemplarmente os culpados, inclusive o delegado do jogo, a anotadora, os juízes e o técnico do Maranhão.

  • Daniel

    O problema do minas além das centrais esta na posição de oposto,a Carla está improvisada p q a Lia e muito fraca.Se tivéssemos uma oposta decente a Carla tava na ponta.E a líbero é boa mas ainda ta muito verde,prefiro a arlene ou a do Araraquara q é muito boa.

  • Bernardo

    Gostaria muito de ver o Minas nas semifinais especialmente pela Jaque, melhor ponteira do mundo. Quanto a uma possível vinda da Fabíola para o Brasil na próxima temporada esqueçam, ela já renovou com o Krasnodar da Kosheleva e Sokolova. Esta vitória do Sesi acho que foi importante pra dar moral pro time, mas acho que ninguém tira o título do Rio, enquanto o time carioca tiver Fabi e Bernardinho, os outros times só ganharão com um super elenco, e olha que o Osasco já teve meia seleção e não conseguiu, falo isso e sou torcedor do Osasco.

  • Regina George

    O fato é que a Jaqueline vem carregando o time nas costas não é de hoje, tanto que houve um set em que o time estava com 12 pontos:3 de erros do Sanca, 3 jogadoras com um ponto cada e a Jaqueline com 6. Mesmo que ela tenha o melhor salário( por méritos) quando surge uma vitória não é apenas dela, mas do time! Espero que a derrota de ontem traga bons frutos e como a sonhadora que sou, ainda acredito no título para a equipe na SL.

  • Lucas

    A lia n ta virando nda! Quandk n leva toco, erra o ataque. Buscar jogadoras fora, seria a alternativa mais viável , lógica e inteligente. Ser mais ousado, assim como fora p trazer a jaque. Arriscar mais, abrir mais os cofres e ir em cima d uma hooker, d uma darnell, brakocevic ( é isso mesmo, sem onda), Murphy, como já falaram, ou até a Diouf mesmo. Tem q existir uma jogadora q divida a responsa c a jaque. E n é só isso, se o time almeja a taça , deve investir mesmo… arriscar mais…cask contrário , o rio será campeao eterno. A centrais, sem comentários. N aparecem . E isso n pode acontecer. N se ganha superliga só c uma jogando e chamando a responsa, q é a jaque.

  • eu acho que vai da rio de novo

  • marcian

    Os dois melhores times do campeonato com cada passe terrível, e isso no jogo quase inteiro. Meu Deus, não existem mais ponteiras com passe bom neste país? Antigamente tínhamos varias (e é pq venho acompanhar vôlei só a partir de 2004, pela minha idade). Mas agora, é só bola empinada na ponta, bola alta. Nada de passe na mão. Contra bloqueios internacionais, é toco atrás de toco.

    Como é bom ver a Larson jogando no eczacibasi, sendo ela hoje uma das melhores – junto com a Kim e Jaque -, ponteiras e PASSADORAS do mundo. O resto só são pontas mesmo. Ponteiras “se vira levantadora” empinadoras.

    • rafael cruzeiro

      A inclusão da posição de líbero, se por um lado trouxe mais emoção ao vôlei, também acomodou os jogadores. Os centrais e opostos praticamente não treinam mais recepção e são poucos os ponteiros que realmente tem essa habilidade.
      Quando, então, o time tem um líbero muito bom, a acomodação é muito maior.
      É o caso, SESI e RExona contam com duas líberos de excelente nível, que não se escondem do jogo e cobrem áreas enormes da quadra (principalmente a fabi). Veja entrevista da fofão, já disponibilizada aqui neste blog, em que ela comenta este assunto.
      Por sinal, a Jaque deu entrevista à TV Record (disponível no youtube), na qual ela diz que aprendeu (aprimorou) a passar (recepção/defesa) no tempo que ela conviveu com a Fabi no Rio. Daí, não entendo, como a Gabi, que tem o biotipo ideal para ser uma ótima ponteira passadora, também não aproveita essa oportunidade.

    • Edu

      Jordan Larson é a maior ponteira passadora do mundo há cerca de dois anos.Ela é a única jogadora 100% garantida na rotação titular da seleção estadunidense.De forma simplista, é ela e mais cinco em quadra .Nossa Jaque provavelmente é a segunda da posição.O diferencial da Larson e que ela é muito mais vigorosa no ataque que a jogadora brasileira – que defende um pouco melhor é isso faz a diferença.Aperfeiçoou esse viés de ataque nos cinco anos de liga russa onde enfrentou os maiores bloqueios femininos do mundo.

    • Edu

      Na minha opinião é o setor mais carente de toda a seleção brasileira feminina.Não temos uma ponteira de definição na casa próxima dos um e noventa com competência e técnica que ajude a resvalar a bola do bloqueio para armação dos contra ataques e seja uma real opção efetiva ao jogo com a oposta.Gaby é genia do voleibol mas pode ser bem marcada numa competição mais longa de alto nível.E a Garay, na liga russa, tem recebido bolas mais na pipe e com uma distância um pouco maior da rede.Ela sempre precisa entrar em velocidade para pegar o bloque desarmado.O problema é que isso desgasta muito fisicamente a partir do segundo terço do segundo set.Deteriorando a eficiência no transcorrer da partida.E bom lembrar que nenhuma delas chega a um e setenta e oito de altura.Compensando essa diferença na impulsão e velocidade de braço.

    • Fernando

      Não sei quais campeonatos vc anda assistindo, mas por exemplo o campeonato Italiano e Russo é uma lástima o quesito passe, só jaca o tempo todo, as levantadoras tem que o alfabeto inteiro o tempo todo (passe B,C, D…)

      No Campeonato Turco a situação é um pouco menos pior.

  • Esse time do Minas não me passa confiança. E vai para os playoffs com a moral lá embaixo, depois de ter almejado até terceiro lugar na fase classificatória. Naquele time só a Jaqueline joga; Mari PB sumiu, não marca mais que 12, 13, 14pts por jogo. Walewska e Gattaz já sentem o peso da idade (36 e 33 anos, respectivamente), Valquíria, que podia dar um gás a mais, quase não joga. Ademais, as únicas que se salvam naquele time são Jaque e a levantadora Naiane, que pra mim tem sido a revelação da Superliga. Começo a achar que desta vez o Praia Clube avança às semifinais depois de ter batido duas vezes na trave nos últimos dois anos (caiu para o Sesi-SP nas duas vezes). E, enfim, não me resta desejar à Jaque que arrume um time melhor para a próxima temporada (exceto o Osasco, que lhe meteu um pé na bunda e preferiu a Dani Lins), porque na idade que ela tá, vai ter um fim de carreira melancólico.

  • Kaio

    Oposta em grande fase atualmente é a Valentina Diouf. Seria uma execelente contratação para qualquer equipe brasileira, pois é Diouf e Woloz(levantadora) que levaram o bom time do Busto Arsízio para o final four da champions, derrotando os estrelados Azeyriol Baku( de Brakocevic) e D. Moscow (de Goncharova). A unilever/Rexona deve pensar em dá projeção internacional pra sua equipe e montar uma equipe pensando num possivel titulo de Mundial de Clubes, coisa que o Sollys nos seus auréos tempps conseguiu derrotar a seleção do mundo que era o Rabita Baku em 2012. Enfim pra esse mundial seja quem for o campeão europeu entrará como favorito. O volero zurich tem potencial e com Ryckliuck em grande fase já mostrou isso diante do timaço do Eczacibasi. O rexona entra bem, mas ao meu ver como a 3* força. Pensando em SL o time forma junto com Sesi a dupla de favoritos para a próxima fase.
    O que acham desse Rexona AdeS-Rio pra 2015/2016:
    Fabi
    Maja Ognjenovic
    Fabiana
    Jucyeli
    Gabi
    Natália
    Diouf.

    * Daria um bom time, a nível de muitos europeus

    • Fernando

      o Volero Zurich foi desclassificado da Champions League, só irá participar do mundial por ser o time sede da competição, mas como todo ano, não passará de mero figurante.

      Para este mundial sem sombras de dúvidas os favoritos são RIO e Vakif/ECZA e talvez algum dos famosos wildcards (Kazan ultimo campeão e talvez Fener etc).

  • cesinha

    a fabiola renovou por isso nao pode ser contratada quem deve esar arrependido deve ser o ruinzomar trocar a faiola que junto com taisa e gabi sao insuportaveis mas ela depois de fofao e a melhor nao sei nem porque pani lins que so joga com passe A e titular da seleçao

  • Se o Minas quer economizar e tem uma opção de mercado : Nadia Centoni ou Nicole Faucetti .

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo