Rexona na semi, mas com um susto bem dado por São Caetano



A lógica prevaleceu no playoff entre o primeiro versus o oitavo. Na noite de ontem, o Rexona-Ades fez 3 sets a 1 no São Cristovão/São Caetano e se transformou no primeiro semifinalista da Superliga feminina.

Mas não foi tão fácil como poderia se imaginar…

O time paulista venceu o segundo set por 25 a 12. Não existe erro de digitação nesta parcial. O número é 12 mesmo! O melhor time da competição, que sofreu apenas uma derrota até aqui, levou uma surra que costuma aplicar nos seus rivais.

E, neste caso, não dá apenas para dizer que foi um apagão das cariocas. O time paulista, liderado por Thaisinha e Paula, jogou demais em todos os fundamentos, deixando o Tijuca atônito.

Tal desempenho, que julgo como quase perfeito, fez com que o terceiro set se transformasse em decisivo. O São Caetano empolgado, em busca da virada. E o Rexona tentando entender o que se passou, para voltar o “bonde para os trilhos”. O placar se revezou,  com algumas grandes jogadas, erros profundamente lamentados e muita tensão, com os dois rivais na liderança até o 23 a 23. E este ponto, para mim, decidiu o jogo. O São Caetano quebrou o passe do Rexona no saque e teve três ataques para pontuar. O time do RJ se salvou na defesa e ficou o set point. Ali o resultado foi definido.

Apesar da derrota, o time de Hairton Cabral sai de cabeça erguida da temporada. Foi à final do Paulista e teve a chance de levar o Rexona, nos playoffs, para o terceiro e decisivo confronto. Já as cariocas seguem, após o susto, de vento em popa.



  • da

    Diva Régis decisiva ta de volta, jogando muito!

  • SPORTS IN THE WORLD

    Daniel, você lembra de alguma Superliga masculina ou feminina do 8º colocado ter eliminado o 1º colocado em um play off? Isto nunca aconteceu, devido a disparidade técnica entre as equipes. O fato do Rexona ter perdido o 2º set de 25 x 12, foi um acidente de percurso, jamais um apagão, até porque o Bernardinho não é Felipão, digamos que são “coisas do feminino”. Mas se jogarem com os atuais elencos 10 vezes, o Rexona vence as 10, alguém dúvida disto?
    Parabéns ao Rexona, que sempre faz ótimas Superligas.

  • Junior

    Dá uma tristeza assistir a Superliga, a cada ano que passa o nível técnico cai mais, até o campeonato italiano conseguiu se reinventar após anos de ostracismo, ainda está longe dos seus tempos áureos mais é muito superior a nossa liga, pena que os clubes aqui são a favor do continuísmo dessa mediocridade.

  • rafael cruzeiro

    Dá uma tristeza ver os erros de passes dos dois times. Será que ninguém treina mais a recepção. Bernadinho ainda está penando para encontrar a melhor solução para a posição de oposta. O deslocamento da Natália para a posição quebrou o melhor do time carioca que era o ataque pelas pontas, defesa e bloqueio. Regis é uma boa jogadora, mas não é decisiva, sobrando para a jovem Gabi ter que solucionar o ataque, quando o passe não sai. O time perdeu fluidez e confiança, deixando aberta a decisão. O SESI passou a ser o time melhor equilibrado, favorito para o título.

    • AndersonRexona

      Concordo plenamente!

      • Rafael

        Perfeita colocação!
        podem falar o que quiser da Naty, mas acho muito corajosa na defesa e por incrível que pareça passa melhor que a Gabi e Régis.

    • Roberto

      Certíssimo, o Bernadinho errou na montagem do time no fim das contas e agora vai pagar por isso, sem contar que na inversão fica com Gabi, Régis e Andréia ou Bruna boa parte do set. Quem bota bola no chão com Gabi marcadíssima nessa hora, com Natália comendo banco, sendo ela a maior atacante do time. Errou feio, e tem um mundial pela frente. Se não contratar vai fazer feio frente aos Europeus

  • rafael cruzeiro

    A Fofão também já demonstra não estar em condições físicas que a permitam atuar com a maestria de sempre. Visivelmente, ela não teve boa atuação, pois suas bolas não tinham velocidade nem alcance ideal, e só posso entender que isso é fruto de sua condição atlética, que mostra, infelizmente, sinal do fim de sua brilhante carreira.

    • wms

      Quase 3 décadas jogando em alto nível cobram o seu preço, especialmente na terceira temporada de um time que nunca se resolve com o passe, nunca…
      O Rio, como tem feito já há algum tempo, vive de bloqueio e contra ataque a maior parte de jogos difíceis, o que é ótimo remédio essa insuficiência de side out que vem da anomalia de passe e da carência na posição de oposta.
      Apesar da admirável estabilidade do Sesi, o Rio ainda parece o favorito, seja com fofão desgastada, seja com sistema de passe deficiente, porque o fiel da balança permanece sendo a comissão técnica.

  • JOSE HERBERT DE ARAUJO

    Tanto o são caetano quanto o pinheiros estão de parabéns. Principalmente o pinheiros. Que jogo foi aquele.

    Acabaram as expectativas, o segundo convite para o mundial de clubes feminino de vôlei foi para a equipe do mirador , da Republica Dominicana. Saiu agora no site da FIVB.

    • Daniel Bortoletto

      já está no blog, Jose

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo