Resposta da FIVB



Por intermédio da assessoria de imprensa, o presidente Ary Graça entrou em contato com o blog para dar um esclarecimento sobre o post que publiquei dias atrás sobre as mudanças na FIVB: http://blogs.lancenet.com.br/volei/2014/11/04/alteracoes-na-regra-com-o-jogo-em-andamento/

“Em relação à nota Alterações na regra com o jogo em andamento, o presidente da FIVB, Ary Graça Filho, esclarece que não procede a informação de que irá se beneficiar com a mudança no estatuto da entidade aprovada em seu congresso anual. Seu mandato vai até 2016, quando ocorrerá eleição para escolha do novo presidente – da qual Ary Graça poderá ou não participar -, que poderá ser disputada por outros candidatos de acordo com as regras da Federação.

Só a partir da próxima eleição é que valerá o mandato de oito anos. Consequentemente, é completamente diferente de FHC, que prolongou o seu próprio mandato”.

 



  • Jairo(RJ)

    Ih Daniel… FIVB “esclarecendo”? Sei não!
    Acho que o amigo não vai mais ser convidado pelo titio Ary para os eventos ! kkkkkk

    Viva a liberdade de imprensa !

    • VOLLEY WORLD

      Meu caro Jairo,
      Brincadeiras à parte (eu até o entendo), mas tem de ficar claro para todo o mundo do vôlei que o Daniel Bortoletto tem dignidade e não é em nada parecido com aquele cidadão que acaba de ser despedido de mais um emprego, no caso um Blog do UOL que dizia-se ser do vôlei mas era só de intrigas,futricas, mentiras etc., um pseudo jornalista (ele se diz ser, coitado!) que não vale sequer a pena escrever aqui o nome dele, tamanha a sua insignificância. Mais o pior mesmo Eé ele ser da “imprensa marrom” se vende para o Ary Desgraça por uma viagenzinha qualquer, um mau caráter! Um ser desprezível. Que gosta de alardear independência, transparência, substantivos que ele não pratica, é sim INCOERENTE!

  • queline

    Gente o ele não vai ser maluco de roubar a FIVB ele já ficou rico roubando a cbv, ele vai fazer a melhor administração da historia do volei mundial vide q ele conseguiu tirar a polôlina de uma fila de mais de 4o anos e agora ele vai fazer o mesmo com a russia pois o próximo campeonato mundial vai ser lá. o q tá em jogo é a vontade de prejudicar a seleção masculina em todos os campeonatos q disputar, em relação a seleção feminina ele mão vai fazer nada pois ele é amigo do zé bobão quem lembra do premio q ary desgraça criou pra o zé bobão fair play, o mais legal foi a vaia q ele tomou, então se bernadinho e cia quiserem ganhar alguma coisa vão ter q ralar muito.

  • Roberto

    Sr. Bortoletto, o maior time do Brasil, o mais fuderoso (no bom sentido) time da Superliga Feminina estreia a competição hoje, e nem uma linhazinha até agora, faz um bolão aí pra saber quem o povo acha que vai papar a Superliga Feminina nesta temporada, falar de coisas desagradáveis como esse sinhozinho aí só irrita.

    • Daniel Bortoletto

      já tem uma enquete no ar no L!Net, uma página publicada no L! hoje sobre a competição…
      a apresentação do blog entrará no ar mais tarde

  • perikito

    Eu juro que estou tentando entender a comparação feita pela assessoria de imprensa do Ary Graça com o Fernando Henrique Cardoso. Para mim, nessa caso, só cabe um comparativo de superioridade, já que, embora as circunstâncias se pareçam, a reeleição na FIVB dá direito a mais OITO anos . FHC, em seu primeiro mandato, implementou a reeleição e, de cara, se beneficiou disso ao ser escolhido pelo voto dos otários para mais QUATRO anos no poder. São dois calhordas que mudaram as regras com o jogo em andamento. Só que o Ary fez pior do que o nosso ex presidente da república.

  • “Doidinha por vôlei”

    Vá enganar outro (no meu caso outra) Ary Graça! Você e seus “amiguinhos” da FIVB estão alterando neste Congresso na Itália, vide o artigo abaixo (texto original em inglês da própria FIVB) da CONSTITUIÇÃO DA FIVB de 2012, ano que você foi empossado para um mandato de 4 anos, tendo você neste momento 73 anos e consequentemente 75 em 2016, é óbvio que pelo artigo 2.1.4 abaixo você não poderia mais sequer concorrer a eleição da FIVB em 2016. E vem dizer que o Bortoletto está equivocado, esta conversinha de comparações com FHC, nada a ver. Você (s) está (ão) alterando o regulamento para continuar presidente depois de 2016, OK! nenhum problema, mas assuma as coisas que você (s) faz (em).

    CONSTITUTION
    Article 2
    Institutions and members of the FIVB

    2.1.4 Age limit of FIVB Officials
    An age limit of 75 years shall apply to all officials of the FIVB elected or nominated to any
    position of responsibility at the world and continental level. Such age limit shall become
    effective on 31 December of the civil year during which they reach the age limit or at the
    latest at the end of their term of office during the following Congress.

MaisRecentes

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo

Corinthians faz melhor jogo na Superliga



Continue Lendo

Coluna: A imprevisível Superliga feminina



Continue Lendo