Um reencontro especial para William



O levantador William terá uma noite especial nesta quinta-feira. Às 19h, ele voltará ao Ginásio do Riacho, em Contagem, desta vez para encarar o Sada/Cruzeiro com a camisa do Sesi.

O campeão olímpico passou sete temporada no time mineiro. E conquistou todos os títulos possíveis e imagináveis: Mundial (três vezes), Sul-Americano (três), Superliga (cinco), além de Copas do Brasil, Supercopas e Mineiros.

Quando se despediu da Raposa, William definiu o time como o maior de todos os tempos. Inegável que a carreira do experiente levantador pode ser definida como A/C e D/C. Neste caso, nada ligado ao “Todo-Poderoso lá de cima”, mas sim ao Cruzeiro mesmo.

Ele deixou a Argentina, onde ganhou o apelido de Mago após defender o Bolívar, para buscar o reconhecimento nacional. Tinha sondagem para se naturalizar e defender o país vizinho. Ano após ano, ganhou espaço, fãs, vaga na Seleção e uma infinidade de títulos e prêmios individuais. Talvez bem mais do que ele tivesse como meta.

– Vai ser um jogo e um momento interessante pra mim. Terei um sentimento, agora do outro lado, de querer ganhar, independentemente de quem seja o adversário. Lógico, tenho um carinho enorme por todos do Cruzeiro, pela equipe, pela torcida, mas a vontade é de ganhar e de tentar conquistar as mesmas coisas, só que do outro lado da rede agora, pelo Sesi – disse William.

Quer ganhar um livro autografado pelo líbero Serginho Escadinha? Saiba como:
http://blogs.lance.com.br/volei/quer-um-livro-autografado-pelo-serginho-escadinha/



MaisRecentes

Itália, Sérvia, Holanda e China nas semifinais do Mundial



Continue Lendo

Sérvia e China mais perto das semifinais do Mundial



Continue Lendo

A Itália chegou mesmo para ficar



Continue Lendo