Rapidinhas



Não pensem em besteiras após a leitura do título, senhoras e senhores.

Antes de dormir aqui em Berlim, após adiantar minha coluna deste domingo (espero que gostem do tema escolhido), algumas informações que soube aqui.

– O Brasil Kirin/Campinas renovou com os centrais André Heller e Gustavão e negocia agora com o ponta João Paulo Bravo. Se fechar com o especialista em passe, ganhará bastante para a temporada 2013/2014.

– O Kappesberg/Canoas confirmou a contratação do central Giovani, que estava no Volta Redonda. Bom nome.

– Na próxima semana, um importante encontro pode selar o acordo de patrocínio para mais um time. Vamos esperar.

– Também na próxima semana, reuniões entre CBV, atletas, treinadores e clubes deverão sacramentar o novo calendário do vôlei brasileiro. A versão inicial sofreu algumas modificações da TV Globo, mas a essência principal foi mantida:  Superliga maior, criação da Copa do Brasil e do Jogo das Estrelas…  Infelizmente, a final em jogo único será mantida. Mas um acordo está mais próximo de ser fechado.



  • daniel

    Já fui contra, mas hoje em dia acho bem legal a final em jogo único. E também acredito que dá mais visibilidade ao esporte. O maior torneio de futebol, a Liga dos Campeões da Europa, tem final em jogo único em lugar pré-determinado.

    • Robert Lopes Rj

      Não é válido porque a equipe se mantém bem durante todo o campeonato,pra chegar as finais em um dia ruim e perder o título sem ter ao menos jogado o seu melhor.O campeonato já tem um calendário super curto com pouco tempo de recuperação entre os jogos,isso que incomoda os atletas.

  • MVS

    Com a contratação do João Paulo Bravo, o Renato Russomano fica de fora dos planos do Campinas não é isso? Ele têm a mesma função…

  • Tom Vianna

    Um Absurdo , um campeonato do porte da Superliga ter a final em apenas um jogo!

  • paulo vinicius

    O futebol já tem seu lugar ao sol, ou melhor tem um sol inteiro só para ele. Nada pode ser comparado a uma final da liga dos campeões. Hoje tem a final da NBB e a globo começou a falar em todos os telejornais na quinta feira (feriado) sobre esse jogo, tenho certeza que muita gente nem sabia que já estava na final. Nosso país é muito centralizado no futebol, não se fala de outro esporte como se deveria, um pais de quase 200 milhões de pessoas e não consegue organizar uma liga decente (em termos de marketing) nem de basquete nem de vôlei, outra coisa, final de jogo único no sábado ou domingo de manha será que é tão atrativo. Na minha opinião não seria vergonha nenhuma copiar ou adaptar dos melhores, e nesse caso os americanos dão show, veja quantas ligas profissionais, NBA, NFL, MLB, NHL (somente NFL é final em jogo único)

    • JP

      Mas na Europa, um modelo clubístico como o nosso, não de franquias como nos EUA, temos finais europeias em jogo único em quase todos os esportes coletivos: handebol, basquete, futebol, rugby e até mesmo no volei. Eu acho que final em jogo único algo a ser discutido, pois se perde no aspecto técnico, mas emoção, divulgação e relacionamento com patrocinadores se ganha muito.

      • Rodrigo Costa

        Itália, Turquia, Rússia… apenas alguns exemplos de países em que a final é realizada em, no mínimo, melhor de 3 partidas!

  • Allan

    Daniel com há confirmação do joão paulo bravo campinas tem intenção de contratar algum estrangeiro e mais um central e oposto e libero reserva.
    Como curiosidade para que time foi o renato russomano, e o Wallace que jogou no sesi, e queria saber onde está jogando ponteiro piá que jogou nos montes claros e Volei futuro e se o Vinicius e o Alex(libero) do volta redonda fechou com algum clube.

  • Daniel_Sam

    O jeito é torcer para que pelo menos o essencial seja mantido, e torcer para dar certo pelo menos esse passo inicial, não critiquem sem torcer por favor pessoal, cruzem os dedinhos e torçam…

  • Diogo

    Tomara q o novo time seja o do Giovane

    • Leandro

      É o time de Lages de Santa Catarina.

  • Afonso RJ

    Não pude ver o jogo semifinal do torneio de Montreux entre Brasil e Rep. Dominicana ao vivo. Consegui assistir na íntegra por um vídeo postado no YouTube (vi na tela da minha tv LCD) gravado de uma TV asiática, não sei se chinesa ou coreana.

    Ainda não tinha visto as dominicanas jogarem, e parece que elas vieram com a selelção titular, ou pelo menos a maior parte dela. Não vi a escalação completa, mas reconheci figurinhas carimbadas como De La Cruz e Mambru.

    Foi um jogo mais difícil para a seleção brasileira, que dessa vez pegou advesárias experientes e com um estilo de jogo diferente das européias. O terceiro set foi dramático como Brasil fechando o set (e o jogo) em 32×30.

    Mas no jogo de hoje o que mais me chamou a atenção foi o “sangue frio” das atletas brasileiras, que souberam se portar com inteligência e paciência mesmo estando atrás no placar ou tendo set points contra, sem rifar a bola ou ter “brancos” em quadra. Parecia um time todo de veteranas.

    Todas as jogadoras foram bem. Pri Daroit e Adenísia a meu ver fizeram suas melhores partidas até aqui nessa competição. Fe Garay, como sempre uma monstra. A cada dia que passa gosto mais e mais do jogo da Dani Lins. O Zé nem tem feito mais a inversão do 5-1, pois a Fabíola esá a anos luz atrás. Hoje só entrou a Suellen para fazer fundo de quadra. E obrigado ao João Lucas pelo comentário, mas eu adoro a Camila Brait, mas ainda acho a Fabizinha um pouco melhor, apesar do defeito quase fatal de ser flamenguista.

    Amanhã pegamos a Russia na final. Se elas continuarem cometendo o número enorme de erros como nos jogos anteriores, dá Brasil com facilidade. De qualquer forma acho que o estilo europeu de bolas empinadas nas pontas que quase entram em órbita e jogadoras enormes e potentes mas sem agilidade e velocidade se encaixa bem com o entrosamento bloqueio/defesa e a rapidez das brasileiras com bolas chutadas e não empinadas. Deu Brasil na primeira fase, e amanhã deve dar Brasil de novo.

  • Afonso RJ

    Só deu para assistir ao vivo o terceiro set da final do torneio de Montreux. Vi depois na íntegra um post na internet de uma transmissão Chinesa. É duro, porque o meu chinês mandarim está um pouco enferrujado 🙂

    No primeiro set a Rússia ficou o tempo todo na frente do marcador, mas não conseguiram abrir uma vantagem significativa. As brasileiras viraram na reta final e fizeram 25×23. No segundo set, o Brasil abriu uma boa vantagem, mas queimou as gordurinhas no final do set, deixando as russas encostarem, mas fecharam em 25×23. O terceiro set foi o mais fácil, com o Brasil fazendo 20×12. Novamente deram uma relaxada no final, mas fecharam o set e o jogo com relativa facilidade.

    As Russas, como previsto erraram muito, com uma recepção que poderíamos classificar de desastrosa. Com isso, o block brasileiro deitou e rolou, sem contar com os erros de ataque russo. Elas só conseguiram equilibrar um pouco a coisa quando exploravam descaradamente o boqueio brasileiro. Do lado de cá, sem maiores novidades: Garay sobrando, Dani Lins jogando muito, e as demais também foram bem.

    Na verdade esse torneio foi “meia bomba”, e só Brasil e Rep. Dominicana trouxeram algumas titulares. China, Russia, Itália e Japão vieram com times B ou juvenis. Não vi Alemanha e a Suíça não conta. Assim, o “Brasil Misto” sobrou em quadra e praticamente atropelou todo o mundo, não perdendo nenhum set no torneio. Agora o Brasil fará alguns amistosos se não me engano na Itália, e depois vem o Grand Prix. Aí, acredito que o teste será pra valer.

  • Maira Gadu

    Li que os jogos da Superliga serão apenas nos fins de semana. Isso é péssimo. Porque isso acontecendo, provavelmente teremos 2 transmissões( uma masc e uma fem ) por semana. Amil, Unilever e Sollys terão a preferencia. Uma pena isso. Praia, Sesi, Pinheiros, Jacarei e outros terão que se contentar em, quem sabe, ser o escolhido pra tomar pancada em rede nacional dos 3 favoritos.

  • Ivan Cherchi

    Daniel , Você tem informação sobre a Jaqueline ? Ela continua ou sai do Osasco ?

  • meyre

    1)O torneio de Montreux não me empolgou em nenhum momento : fraco demais da conta.
    2)Gostaria de saber sobre o São Bernardo e o Volei Futuro, torço muito para que consigam disputar a proxima liga!!!
    3) Assisti a entrevista do presidente do Sada/Cruzeiro na ESPN, me pareceu uma pessoa correta e acho que ele nao disse o que disse por despeito( a derrota do Cruzeiro para o Rio de Janeiro ). O Juca Kfouri , destacou a reportagem do Daniel Bortoletto sobre o assunto. Inclusive ,na entrevista,ele demonstrou porque a conta do Sesi nao fecha …..o Sesi anunciou um gasto de 7 milhões.
    4)Em relação a liga mundial , quando que começam a venda de ingressos aqui no brasil ???
    Sobre os jogos contra a Russia que aconteceu neste final de semana, alguém sabe do resultado, quais os jogadores entraram em quadra ??
    O brasil joga contra a polonia no proximo final de semana, este será televisionado ??

    • feitosa

      o 1 º jogo do Brasil contra a Polonia será transmitido pelo sportv, proxima sexta as 12:30

    • João Paulo Lopes

      Todos os jogos do Brasil na Liga serão transmitidos pelo SporTV. Me lembro de quando a Globo transmitia. Ali pelos idos de 2000, antes da Sessão da Tarde. Bons tempos aqueles!!!

  • lucas alves

    O Sollys/Nestlé terá duas estrangeiras no elenco de 2013/14. Além da italiana Caterina Bosetti, a sérvia Malagurski vestirá a camisa laranja do atual campeão mundial. As duas jogaram juntas no Villa Cortese na última temporada.

    Campeã europeia em 2011, a ponteira/oposta de 22 anos e 1,93m acumula também passagens por equipes da Sérvia, Romênia e Eslovênia.

    Malagurski é considerada um dos grandes nomes da nova geração sérvia, e ela só não disputou os Jogos Olímpicos de Londres porque sofreu uma grave lesão no joelho.

    • Carla

      estao falando que a Sanja Malagurski vai ir para o osasco para ser banco,ja o caso da jaque só falta a aprovaçao do patrocinio e do murilo.

  • Vivian

    Altura não é tudo no Vôlei, habilidade conta muito!
    Esse torneio provou isso: República Dominicana e Rússia, equipes bem mais altas que a brasileira não conseguiram se dar bem perante a habilidade e ao volume de jogo das brasileiras.
    As irmãs PAVÃO são habilidade em pessoa, são jogadoras muito técnicas, completas, variam muito seus golpes e no fundo de quadra são muito ágeis, não deixam a bola cair, dão muito volume ao time.
    Pra mim a melhor do torneio foi a JUCIELY, como na SUPERLIGA ela manteve o ritmo do início ao fim do torneio, sem altos e baixos, a GARAY foi muito bem no ataque, mas deixou a desejar um pouco no passe.
    Daroit começou o torneio muito bem, mas caiu de rendimento nos dois últimos jogos.
    Queria saber o que Suelen está fazendo na seleção?
    Entrava só para sacar, o saque mais inofensivo do mundo, e ainda conseguia fazer a proeza de errar o saque peidinho…
    Não bastasse isso não ajudou nada na defesa pq não conseguia simplesmente se locomover com agilidade.
    Injustiça com jogadoras como Tássia e Michele Daldegan que fariam o fundo de quadra muito melhor que ela e NUNCA tiveram uma oportunidade de mostrar serviço na seleção.
    Suelen ganhou a medalha de oura mais injusta da MONTREAUX, pois não contribuiu em NADA para o time e ainda conseguiu errar uns saques peidinhos.
    Pra falar a verdade MONIQUE defende muito mais e é muito mais ágil que a Suelen no fundo de quadra, MONIQUE e CAMILA BRAIT fecharam o fundo de quadra brasileiro defendendo tudo e deram muito volume de jogo À seleção. SUELEN NÃO TEM UM MILÉSIMO DA AGILIDADE QUE MONIQUE E BRAIT demonstraram neste torneio!!!
    Pra mim a participação da República Dominicana foi um vexame, era a única equipe completa no torneio e perderam totalmente a cabeça, são loucas, descontroladas, sei lá… Não sabem usar a força que tem.
    As dominicanas tem um time alto, com uma impulsão e uma força física invejável, são as mais fortes atleticamente do campeonato, mas não sabem usar a força que tem.
    As dominicanas são como umas “MULAS”: tem muita força física, mas ZERO de inteligência!!!
    Se elas não errassem tanto poderiam até ser campeãs, mas só o que elas erram de saque é desanimador… Agora fica a dúvida, será que elas é que são BURRAS mesmo ou será que é a comissão técnica, ou será que são todos uns jumentos idiotas que não sabem usar a força que tem???

  • Guilherme

    Daniel este time que pode receber patrocínio é um clube paulista?e que está em problemas?rs

MaisRecentes

Bento fora da Superliga. Castro já comemora vaga



Continue Lendo

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo