Rapha explica motivos da mudança para Taubaté



Vice-campeão mundial pelo Al-Rayyan, no sábado, o levantador Rapha explicou após a derrota para o Belgorod os motivos que o levaram a escolher o Funvic/Taubaté após uma década jogando fora do país.

Ele, que estava na Turquia, mas que marcou época no Trentino, apontou razões profissionais e pessoais para fechar com o clube paulista.

– Eu não pensava em voltar, sinceramente. Estou muito bem adaptado após 11 temporadas lá fora. Mas pintou a oportunidade, conversei muito com o pessoal de Taubaté e vi que é um projeto sério, com apoio da prefeitura, patrocinadores… Eles querem fazer um negócio bem bacana lá. Já contrataram um time muito bom e isso também ajudou. Outra coisa: meus pais moram em Resende, no Rio, que fica a 50 minutos dali. Tenho dois filhos pequenos, um de 5 meses e outro de 2 anos e meio, e estou feliz de dar chance a eles de viverem perto dos avós – comentou o levantador, eleito o melhor da posição no Mundial.

Em Taubaté, Rapha terá como companheiros o oposto Lorena, o ponta Dante, os centrais Sidão e Maurício e provavelmente o ponta Chupita, outro que está retornando da Turquia.

Nesta segunda-feira, Rapha se apresenta à Seleção em Saquarema, já pensando no Mundial da Polônia.

– No ano passado ganhamos título da Copa dos Campeões lá no Japão e foi muito bacana fazer parte. Agora temos um ano pesado, com Liga e Campeonato Mundial. O objetivo principal vai ser lá na Polônia e estou animado.



  • Edu

    Gostei muito das declarações do Rapha durante o Mundial.Parece ser um rapaz sereno que não aparenta nem um pouco seus trinta e quatro anos e tem uma facilidade de biomecânica de toque excelente e larga experiencia no vólei de elite.Demonstrou,na minha opinião, que tem condições de brigar forte com o Bernardinho pela vaga de levantador visando o Mundial e possuir mais recursos técnicos que o Willian.Dito isto, fico intrigado como o Taubaté que tem vinculo federativo com uma entidade fora do município e sediada na cidade de Mococa , conseguirá ter recursos suficientes para manter esse elenco.O Mauricio Jaú afirmou na transmissão da ESPN + , que numa conversa com o Ricardo Navajas, duas construtoras da cidade iriam garantir a sustentação financeira do time.O Rapha já cita a Prefeitura – que garantiu ótima infraestrutura para treinamento na ultima temporada e começo a desgostar, a principio,dessa proximidade do público e privado principalmente em áreas de interesse mutuo como a construção civil.No papel já é o segundo time de vólei do pais mas sem base e nenhuma perspectiva de formar algum jogador durante o projeto.

  • kleber

    Ótimo levantador!
    Tomara que tenha chance de jogar na seleção,pois faria a melhor dupla de levantadores para a seleçao com o Bruno.Tem mta bagagem internacional,foi campeão na Russia,italia,turquia,Brasil.No mundial vimos que ele deixou o william no bolso,principalmente no quesito bloqueio,pois o william na rede em jogos de seleção não da!So contra o cruzeiro nas semi o rapha fez 3 pontos nesse quesito,mais do q qualquer jogador do cruzeiro.

  • Bernardo

    Estive no Mineirinho para acompanhar o Mundial e pude ver de perto o quão talentoso e profissional é o Rapha!

    Não dá para acreditar que ele ainda não seja o pleno titular da seleção brasileira, ainda mais com um currículo invejável que ele tem. Simpatia em pessoa!

    Espero que o senhor Bernardo enxergue o óbvio: Rapha e Willian como levantadores. Simples assim!

    • Marcelo

      William so se for para jogar na Argentina. kkk

  • Osmar Cordeiro

    O projeto do Taubaté está sendo interessante já que o poder público está convocando o poder privado para investir na equipe da cidade e até agora contratações bem valorizadas , muito desses jogadores dificilmente retornariam para o Brasil , as vezes é o lado sentimental e do outro financeiro e quando casa neste caso pode ser sucesso , vamos aguardar essa temporada e ver se o projeto segue em frente , o Taubaté está trazendo reforços de primeira qualidade e vai deixar de ser coadjuvante para se ajuntar com Sada, Sesi , Kirin no pelotão da frente . O Minas e RJ se não aparecer investimentos vão cair na tabela comparado com as outras temporadas e equipes como Canoas e Maringá podem avançar para ótimas posições . Sucesso Rapha e ao projeto .

    • Edu

      O problema que esse poder privado anda se ocultando até o presente momento.E colocar tudo nas costas da prefeitura numa cidade que sofreu dois mil casos declarados de dengue é uma ausência absoluta de prioridade de gestão pública.Se colocar no papel é o segundo elenco do pais e coloca o Campinas – uma cidade cinco vezes mais rica – que tem maior parte em patrocinador privado e contratados de forma ponderada apenas sete jogadores, até o momento, para a próxima temporada.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo